WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia bahiatursa carnaval 2023 embasa bahia secom bahia gas secom bahia

janeiro 2023
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 14/jan/2023 . 14:39

CPF passa a ser número único de identificação, define nova lei

 

 

O Cadastro de Pessoa Física (CPF) passará a ser adotado como um documento suficiente para identificar um cidadão no Brasil e promete facilitar o acesso das pessoas aos serviços públicos e ao cumprimento de algumas obrigações. A mudança ocorre após a sanção da Lei 14.534/2023, assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas passará a valer depois de adequações.

A nova lei determina que fornecimento do número do CPF seja o suficiente para uma pessoa conseguir utilizar alguns serviços, como acessar os prontuários no Sistema Único de Saúde (SUS), informações fiscais e tributárias, se inscrever em programas de transferência de renda e, inclusive, votar. Na prática, ela vai substituir outras numerações de identificações utilizadas e exigidas por diferentes órgãos.

“A numeração do CPF será protagonista, e os indivíduos não mais terão que se recordar ou valer-se de diferentes números”, afirma o senador Esperidião Amin (PP-SC), relator do projeto que originou a lei. “Um número único capaz de interligar todas as dimensões do relacionamento do indivíduo com o Estado e com todas as suas manifestações”, diz.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Caixa suspende empréstimo consignado do Auxílio Brasil; entenda

Por Marta Cavallini, g1

Governo vai renegociar dívidas do consignado do Auxílio Brasil

Governo vai renegociar dívidas do consignado do Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal suspendeu na última quinta-feira (12) a concessão de novos empréstimos consignados a beneficiários do Auxílio Brasil. O anúncio foi feito pela recém-empossada presidente da Caixa, Rita Serrano.

Em nota, o banco estatal informou que a contratação está suspensa e que a linha de crédito passará por uma revisão completa de parâmetros e critérios.

“Para quem já contratou, nada muda. As parcelas serão debitadas de maneira regular e de acordo com cada contrato”, ressaltou o banco.

 

“Eu já posso anunciar para vocês que nós estamos suspendendo o consignado do Auxílio [Brasil], por duas razões. A primeira é porque o Ministério do Desenvolvimento Social vai revisar o cadastro, então, como o ministério vai revisar o cadastro, não é de bom tom que a gente mantenha, porque nós não sabemos quem ficará nesse cadastro ou não”, afirmou Rita Serrano.

“E a outra razão é que de fato os juros para essa modalidade consignada é um juros muito alto, então nós estamos também suspendendo para reavaliar essa questão dos juros e ver as possibilidades que existem para tentar baixar esses juros”, acrescentou.

As declarações foram dadas à imprensa após a cerimônia de posse de Serrano como presidente da Caixa.

Questionada se haverá perdão da dívida das pessoas que já contrataram o consignado, Rita disse que há a possibilidade de tentar negociar com o governo “formatos para baixar os juros”.

“Nós não trabalhamos com essa perspectiva [perdão da dívida], até porque, perdão dos devedores, o banco não tem como fazer isso”, reforçou.

 

No começo deste mês, o governo anunciou que os endividados do consignado do Auxílio Brasil serão incluídos no programa Desenrola Brasil, promessa de campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para resolver o problema do alto nível de endividamento dos brasileiros.

Caixa Econômica Federal não é o único banco que oferece o crédito consignado para beneficiários do Auxílio Brasil. Mas, segundo o Ministério da Cidadania, R$ 7,64 bilhões (80% do total) foram feitos via Caixa, segundo balanço até 1º de novembro.

Há pelo menos outras 11 instituições financeiras autorizadas pelo governo anterior a realizar os empréstimos – veja aqui a lista.

Como funciona o empréstimo

 

empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil foi disponibilizado no início de outubro. O valor máximo do consignado é limitado a 40% do valor mensal do Auxílio Brasil. Para o cálculo, são considerados R$ 400, e não o valor mínimo mensal de R$ 600 pago para as famílias. Assim, o valor da parcela é, no máximo, de R$ 160.

Foi estabelecido um limite de juros de 3,5% ao mês, mas cada instituição financeira pode adotar uma taxa diferente, respeitando esse teto. No caso da Caixa, o banco estabeleceu uma taxa de 3,45% ao mês.

Se o benefício for cancelado, o empréstimo não será cancelado. Ou seja, mesmo se deixar de receber o Auxílio Brasil, o beneficiário precisa se organizar para pagar todos os meses o empréstimo até o final do prazo do contrato.

No empréstimo consignado, o desconto é feito direto na fonte. Ou seja, durante o prazo contratado, a parcela é descontada diretamente do valor mensal do benefício.

No ato da contratação, as instituições financeiras devem informar ao beneficiário as seguintes condições:

  • Valor total contratado com e sem juros;
  • Taxa efetiva mensal e anual de juros;
  • Valor, quantidade e periodicidade das prestações;
  • Soma do total a pagar ao final do empréstimo;
  • Data do início e fim do desconto;
  • Valor líquido do benefício restante após a contratação

Justiça do RJ concede liberdade condicional ao ex-goleiro Bruno

Por Marco Antônio Martins, g1 Defesa de ex-goleiro Bruno Souza entrou com pedido de liberdade condicional na Justiça do Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Defesa de ex-goleiro Bruno Souza entrou com pedido de liberdade condicional na Justiça do Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

A Justiça fluminense concedeu liberdade condicional ao ex-goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza. A defesa tinha entrado com o pedido em abril do ano passado. Na última quinta-feira (12), a juíza Ana Paula Abreu Filgueiras, da Vara de Execuções Penais, concedeu a progressão do regime.

Na decisão, a magistrada afirmou que “não há qualquer óbice [obstáculo] concreto à concessão do livramento condicional ao apenado, na medida em que ele preenche o requisito objetivo necessário desde abril de 2022, conforme cálculo do atestado de pena atualizado”.

“O apenado [Bruno] desempenhou atividades laborativas após a concessão da progressão de regime e cumpriu regularmente as condições da prisão domiciliar”, continuou.

O Ministério Público havia se manifestado pelo indeferimento da liberdade condicional.

Goleiro Bruno recepcionou convidados e atendeu servindo lanches na loja de açaí em São Pedro da Aldeia — Foto: Arquivo Pessoal

Goleiro Bruno recepcionou convidados e atendeu servindo lanches na loja de açaí em São Pedro da Aldeia — Foto: Arquivo Pessoal

Condenação

 

Bruno foi condenado a mais de 20 anos de prisão por participação na morte da modelo Eliza Samudio, em 2010. Ele cumpria pena em regime semiaberto domiciliar desde 2019. Atualmente, ele tem uma loja de açaí em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos.

No regime de liberdade condicional, o réu fica obrigado apenas a cumprir algumas condições impostas pela VEP, como ter uma ocupação lícita e comparecer periodicamente à Justiça. Na prisão domiciliar, o réu tem restrições de horários para voltar para casa.

Anderson Torres é preso pela Polícia Federal após chegar a Brasília

Por Gioconda Brasil, Iana Caramori, Isabela Camargo e José Vianna, TV Globo, GloboNews e g1 — Brasília

Ex-ministro da Justiça, Anderson Torres é preso em Brasília

Ex-ministro da Justiça, Anderson Torres é preso em Brasília

Ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres foi preso na manhã deste sábado (14) pela Polícia Federal.

A prisão ocorreu após ele desembarcar em Brasília, vindo dos EUA.

De acordo com a GloboNews, ele foi levado para um batalhão da Polícia Militar, no Guará. A audiência de custódia está marcada para 12h30 deste sábado e será realizada por vídeo conferência.

Anderson Torres em foto de arquivo — Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Anderson Torres em foto de arquivo — Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Torres era secretário de Segurança Pública do Distrito Federal quando ocorreram a invasão e depredação do Palácio do Planalto, do Congresso e do STF por bolsonaristas radicais que defendem um golpe para derrubar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A suspeita é que Torres, em conjunto com setores da Polícia Militar do DF e de militares, tenha atuado para facilitar a ação dos terroristas bolsonaristas. O ex-ministro nega (leia mais abaixo).

Ele estava em Miami, nos Estados Unidos, e comprou passagem usando apenas os dois primeiros nomes, Anderson Gustavo, como noticiado pelo blog de Natuza Nery.

Um vídeo obtido pelos produtores Luigi Sofio e Patricia Marques mostra Torres embarcando no aeroporto de Miami na sexta-feira (13). Assista abaixo:

Com prisão decretada, Anderson Torres embarca de volta para o Brasil

A prisão de Torres foi determinada na terça-feira (10), por Moraes. A decisão foi depois confirmada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF).

Logo após a decisão se tornar pública, Torres disse, pelas redes sociais, que se entregaria.

Alexandre de Moraes determina prisão do ex-ministro da Justiça Anderson Torres
Alexandre de Moraes determina prisão do ex-ministro da Justiça Anderson Torres

Torres assumiu a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal depois de deixar o Ministério da Justiça, com o fim do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Ele foi nomeado por Ibaneis Rocha (MDB), governador do DF que também foi afastado do cargo pela Justiça após os atos terroristas de bolsonaristas em Brasília.

Torres era o responsável pelo comando da segurança pública do DF quando a depredação de 8 de janeiro aconteceu.

O então comandante da PM do DF, coronel Fábio Augusto Vieira, também teve a prisão decretada por Moraes e já se entregou.

Torres nega conivência com terroristas

 

Horas após os atos terroristas em Brasília, na madrugada do dia 9 de janeiro, Anderson Torres se pronunciou pelas redes sociais, repudiou os ataques e negou conivência com os vândalos bolsonaristas.

“Lamento profundamente que sejam levantadas hipóteses absurdas de qualquer tipo de conivência minha com as barbáries que assistimos”, escreveu.

Na oportunidade, ele chamou os atos antidemocráticos de “execrável episódio”. “Em um caso de insanidade coletiva como esse, há que se buscar soluções coerentes com a importância da democracia brasileira”, disse.

“Hoje (10/01), recebi notícia de que o Min Alexandre de Moraes do STF determinou minha prisão e autorizou busca em minha residência. Tomei a decisão de interromper minhas férias e retornar ao Brasil. Irei me apresentar à Justiça e cuidar da minha defesa”, afirma Torres.

“Sempre pautei minhas ações pela ética e pela legalidade. Acredito na justiça brasileira e na força das instituições. Estou certo de que a verdade prevalecerá”, declarou.

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de Torres, em Brasília. No local, foi encontrada uma minuta de um decreto para instaurar estado de defesa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e mudar o resultado das eleições de 2022.

Alisson Gonçalves é nomeado em cargo importante no Governo do estado 

Diário Oficial do Estado deste sábado (14), traz a nomeação do ilheense Alisson Gonçalves na Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Ex-chefe de Gabinete na Seagri, Gonçalves agora ocupará o cargo de Superintendente de Gestão Patrimonial para o Desenvolvimento Produtivo, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Conhecido pela competência, Alisson é cota do PSB e foi bastante elogiado pelo sua passagem pla Seagri, e pela passagem pela assessoria da deputada Lídice da Mata (PSB), sendo um dos responsáveis pela articulação do mandato em toda a Bahia.

 

Por 

Lista dos sorteados para o colégio e a creche da Polícia Militar na BA é divulgada

Lista dos sorteados para o colégio e a creche da Polícia Militar na BA é divulgada — Foto: Divulgação/PM

Lista dos sorteados para o colégio e a creche da Polícia Militar na BA é divulgada — Foto: Divulgação/PM

A Polícia Militar da Bahia divulgou, na manhã desta sexta-feira (13), a lista com os nomes dos 3.666 alunos contemplados para as vagas da Creche Nossa Senhora das Graças (CMEI) e das 16 unidades do Colégio da Polícia Militar (CPM).

O sorteio eletrônico das vagas foi realizado às 10h no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT), na capital baiana, e transmitido ao vivo pela internet.

Para conferir a lista dos alunos sorteados é necessário acessar este link. Após a confirmação, os pais ou responsável legal pelo candidato deverão se dirigir à unidade escolar escolhida no ato da inscrição (CPM ou creche), entre os dias 16 a 19 de janeiro de 2023, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e, excepcionalmente, no dia 20 de janeiro, das 8h às 12h.

Ao todo, 47.047 se inscreveram para concorrer ao sorteio de vagas, sendo que 42.239 para as unidades do Colégio da Polícia Militar (CPM) e 4.808 para a creche da PM.

O processo de elaboração de edital até a divulgação dos resultados foi realizado pela Polícia Militar, através do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP) e do Departamento de Modernização e Tecnologia (DMT).

A mesa de abertura da audiência pública foi composta pelo diretor adjunto do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP) da PM, tenente coronel Jutamar, o defensor público Clériston Cavalcante de Macedo, o procurador do Estado da Bahia Carlos Augusto Ahringsmann, o representante da OAB Fabiano Pimentel, a representante da Secretaria Estadual de Educação (SEC) Jurema Oliveira e o tenente Alisson de Jesus, da Associação de Oficiais Força Invicta.

De acordo com a Polícia MIlitar, 14.562 alunos estudam nas 16 unidades de ensino da PM. Além das cinco unidades em Salvador (Dendezeiros, Luiz Tarquínio, Ribeira, Lobato e Cajazeiras), a Polícia Militar dispõe de colégios nas cidades de Teixeira de FreitasAlagoinhasIlhéusItabunaFeira de SantanaVitória da ConquistaCandeiasJuazeiroJequiéBarreiras e Bom Jesus da Lapa, este último inaugurado em maio de 2022.

Gatos são encontrados mortos e polícia investiga envenenamento

Por g1 BA e TV Santa Cruz

Gatos são encontrados mortos em Teixeira de Freitas

Gatos são encontrados mortos em Teixeira de Freitas

Seis gatos do projeto União Protetora de Animais Carentes (UPAC), em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, foram encontrados mortos neste mês de janeiro. A Polícia Civil da cidade investiga o caso, já que testemunhas revelaram que os animais apresentaram sinais de envenenamento.

Os gatos foram achados na parte externa do abrigo, já que a área é aberta e permite que os animais possam sair e voltar ao local. Quatro pessoas foram ouvidas.

”Os vizinhos mais próximos, das casas que têm contato com o abrigo, foram ouvidos. Tivemos informações, algumas relevantes, para chegar no autor do crime. Como não têm câmeras no local, os depoimentos são fundamentais. Outras pessoas serão intimadas”, detalhou o policial Marcos Dal Bello.

O policial ressaltou que a pena para quem mata animais domésticos é de cinco anos.

”Por mais que a vizinhança se incomode, não pode envenenar e matar os animais. É uma situação absurda”, disse.

 

A protetora de animais Ketylla Pereira, foi quem encontrou os gatos mortos. Ela detalhou que os óbitos ocorreram em dias distintos.

”Eu vinha pela parte da tarde fazer a limpeza e quase sempre encontrava eles mortos. Não sabia nem qual reação esboçar”, disse.

 

O abrigo cuida de 130 gatos e 13 cães com o apoio de doações da população.  — Foto: TV Santa Cruz

O abrigo cuida de 130 gatos e 13 cães com o apoio de doações da população. — Foto: TV Santa Cruz

O abrigo cuida de 130 gatos e 13 cães com o apoio de doações da população. Cassiana Delissi, presidente da UPAC, trabalha no projeto há 15 anos. Segundo ela, foi a primeira vez que se deparou com esse tipo de caso.

”Tem muito tempo que cuidamos desses animais e nunca aconteceu uma chacina dessa. Nós ficamos preocupadas com os outros, eles ficam soltos e durante a noite a gente prende para eles dormirem”, contou.

Cassiana revelou tristeza e impotência após a morte dos gatos.

”Quando eles chegam [no abrigo] é uma situação muito crítica. Para eles ficarem saudáveis temos muito trabalho e despesas com medicamentos, veterinários, tempo de dedicação. E em uma questão de segundos alguém tira a vida deles”, lamentou.

 

Animais que fazem parte do abrigo e estão vivos — Foto: TV Santa Cruz

Animais que fazem parte do abrigo e estão vivos — Foto: TV Santa Cruz

Preço da gasolina nos postos cai a R$ 5,04 o litro, mostra ANP

Por g1

Carro sendo abastecido com gasolina no ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Carro sendo abastecido com gasolina no ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

preço médio do litro da gasolina vendido nos postos do país recuou após duas altas consecutivas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (13) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O preço médio do combustível caiu de R$ 5,12 para R$ 5,04 na semana de 8 a 14 de janeiro – um recuo de 1,56%. O valor mais caro encontrado pela ANP foi de R$ 6,99 o litro.

litro do etanol hidratado caiu de R$ 4,01 para R$ 3,94 – uma queda de 1,74%. O valor mais alto encontrado pela agência nesta semana foi de R$ 6,37.

Já o preço médio do diesel passou de R$ 6,41 para R$ 6,36 o litro – recuo de 0,78%. O valor mais alto encontrado nesta semana foi de R$ 7,95.

Investigação sobre preços

 

O presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Macedo, determinou, no dia 4 de janeiro, a abertura de inquérito para investigar o aumento nos combustíveis em postos pelo Brasil.

Na primeira semana do ano, o preço médio do litro da gasolina subiu de R$ 4,96 para R$ 5,12, uma alta de 3,23%. O etanol e o diesel também ficaram mais caros, com aumentos de 3,62% e 2,56%, respectivamente.

No documento, o presidente do Cade sugere que a conduta praticada pelos postos poderia se enquadrar como “infração concorrencial da classe colusiva, ou seja, assemelhada a cartel e, portanto, possuindo os mesmos efeitos danosos à concorrência.”

Segundo Macedo, os aumentos, “às vésperas do período de transição do governo”, foram “evidentes”.

Desoneração de combustíveis

 

Medidas provisórias têm força de lei assim que são publicadas pelo Executivo, mas o Congresso precisa analisar e validar a proposta em até 120 dias para que as regras passem a vigorar em definitivo.

O governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) havia zerado os impostos federais sobre os combustíveis, mas somente até 31 de dezembro de 2022. Para que a medida continuasse em vigor neste ano, era necessária a edição de uma nova MP.

Pelo texto da MP:

  • ficam reduzidas a zero, até 31 de dezembro de 2023, as alíquotas dos impostos federais PIS/Pasep e Cofins que incidem sobre o diesel, biodiesel, gás natural e gás de cozinha;
  • ficam reduzidas a zero, até 28 de fevereiro de 2023, as alíquotas dos impostos federais PIS/Pasep e Cofins que incidem sobre gasolina, álcool, querosene de aviação e gás natural veicular;
  • no caso da gasolina, a Cide, outro tributo federal, também foi zerado até 28 de fevereiro.

 

“Essa decisão [de aumentar os tributos sobre combustíveis] só será tomada quando estivermos à frente da Petrobras e no momento adequado. É o que a lei hoje está prevendo. Que a desoneração da gasolina até o final de fevereiro e do óleo diesel e gás até o fim do ano. Está na forma da lei atual, isso não impede o presidente da república de reavaliar esses prazos”, declarou.

Moraes acolhe pedido da PGR e inclui Bolsonaro na investigação sobre atos terroristas em Brasília

Por g1 — Brasília

PGR pede ao STF que Bolsonaro seja investigado como um dos autores intelectuais por incitação dos atos golpistas

PGR pede ao STF que Bolsonaro seja investigado como um dos autores intelectuais por incitação dos atos golpistas

O pedido para incluir Bolsonaro na investigação foi feito mais cedo ao STF pela PGR. O inquérito mira “autores intelectuais” e instigadores dos atos do último domingo (8), quando vândalos bolsonaristas invadiram e depredaram as sedes dos Três Poderes da República, em Brasília.

Moraes entendeu que um pronunciamento de Bolsonaro, postado e depois apagado das redes sociais no dia 10 de janeiro, foi mais uma das situações em que o ex-presidente se posicionou, “em tese”, de forma criminosa contra as instituições.

“O pronunciamento do ex-presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, se revelou como mais uma das ocasiões em que o então mandatário se posicionou de forma, em tese, criminosa e atentatória às instituições, em especial o Supremo Tribunal Federal – imputando aos seus ministros a fraude das eleições para favorecer eventual candidato – e o Tribunal Superior Eleitoral –, sustentando, sem quaisquer indícios, que o resultado das Eleições foi é fraudado”, escreveu o ministro.

Moraes também afirmou que, oportunamente, será analisado o pedido de interrogatório de Bolsonaro, já que, no momento, ele está fora do país.

Ainda segundo o ministro, o pedido do Ministério Público “apontou indício real de fato típico [crime] praticado pelo requerido [Jair Bolsonaro], a indicação dos meios que o mesmo teria empregado em relação às condutas objeto de investigação, e ainda, o malefício que produziu”, concluiu o ministro.

Mais cedo, o advogado de Jair Bolsonaro divulgou uma nota em que afirmou que o ex-presidente sempre repudiou atos ilegais e criminosos e foi um defensor da Constituição e da democracia.

A defesa de Bolsonaro afirmou também que o ex-presidente jamais teve qualquer participação naquilo que chamou de “movimentos sociais espontâneos” (veja íntegra mais abaixo).

 

Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes — Foto: JN

Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes — Foto: JN

Diligências

Moraes também determinou algumas medidas dentro do inquérito:

  • que seja ouvido um especialista em comunicação política de movimentos extremistas para “aferir os potenciais efeitos de postagens em grupos de apoiadores”;
  • que sejam ouvidos especialistas em monitoramento de grupos de apoiadores de Jair Bolsonaro nas redes sociais e nas plataformas WhatsApp e Telegram, a fim de colher evidências do eventual impacto do vídeo, se neles circulou, sobre a organização de atos com motivação antidemocrática e sobre discursos que demandam rupturas institucionais.

 

Nota defesa Bolsonaro

“O presidente Jair Bolsonaro sempre repudiou todos os atos ilegais e criminosos, e sempre falou publicamente ser contra tais condutas ilícitas, assim como sempre foi um defensor da Constituição e da democracia. Em todo o seu governo, sempre atuou dentro das quatro linhas da Constituição.

O presidente Jair Bolsonaro repudia veementemente os atos de vandalismo e depredação do patrimônio público cometido pelos infiltrados na manifestação. Ele jamais teve qualquer relação ou participação nestes movimentos sociais espontâneos realizados pela população.”

Casos suspeitos de dengue aumentam e Prefeitura de Ilhéus intensifica ações nos bairros

 

dengue

A Prefeitura de Ilhéus segue intensificando as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika vírus e Chikungunya. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesau), as equipes de agentes de combate às endemias realizam visitas diárias às residências, principalmente nos bairros com maiores índices de infestação.

A Sesau explica que no ano passado, a Vigilância Epidemiológica notificou cerca de dois mil casos suspeitos de arboviroses. Destes, oito casos foram confirmados para dengue, nos bairros do Pontal, Nelson Costa, São Francisco, Conquista, Jardim Atlântico e Jardim Savóia. Em 2023, já existe a ocorrência de 76 casos suspeitos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

O objetivo do trabalho é averiguar possíveis criadouros do mosquito para eliminação de focos, bem como realizar a coleta de amostras de larvas para serem analisadas. A secretaria destaca a importância de a população contribuir com o trabalho preventivo realizado pelos agentes, que inclui autorização para inspeção dos imóveis. A UPA da Esperança e o PA da Zona Sul são unidades de referência para os casos no município.

 

dengue

“Os cuidados para evitar a proliferação do mosquito devem ser mantidos o ano inteiro, mas precisam ser redobrados no verão. É importante que a comunidade faça a sua parte, porque o combate depende da conscientização de todos. Se não houver comprometimento da população, os casos continuarão aumentando”, explica André Cezário, titular da Sesau.

O setor de Vigilância Epidemiológica (VIEP) aponta algumas localidades que registraram aumento do número de casos de dengue e estão em situação de alerta, com destaque para o Teotônio Vilela. O bloqueio costal acontece em todo bairro, com apoio do Núcleo Sul, onde quatro máquinas estão sendo utilizadas.

A comunidade tem papel central na prevenção da doença. Os munícipes devem cobrir tanques e tonéis, evitando o acúmulo de garrafas, copos descartáveis, latas, pneus, dentre outros objetos que ficam a céu aberto com água parada.

Disque-dengue – A população pode efetuar denúncias de possíveis criadouros do mosquito em terrenos baldios, casas abandonadas e áreas mais críticas, através do número (73) 3231-4519.  O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Por videoconferência, Jerônimo Rodrigues se reúne com ministro e governadores para discutir relação entre Estados e União

Na tarde desta quinta-feira (12), o governador Jerônimo Rodrigues se reuniu, por videoconferência, com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e alguns governadores representantes de consórcios regionais para discutir a retomada da relação federativa entre Estados e União. O encontro antecede a reunião agendada para o próximo dia 27 com o presidente Lula.

Além de Jerônimo, participaram da reunião a governadora em exercício do Distrito Federal e presidente do Consórcio Brasil Central, Celina Leão; o governador do Pará e presidente do Consórcio Amazônia, Helder Barbalho; o do Rio de Janeiro, Claudio Castro e o governador da Paraíba e atual presidente do Consórcio Nordeste, João Azevêdo. O objetivo dos Estados é estabelecer um calendário de reuniões frequentes e temáticas, sempre valorizando a perspectiva regional, e estabelecer um calendário de parcerias e investimentos do governo federal para avançar na solução de questões como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), obras de saúde, educação, infraestrutura, entre outros setores. Também há a intenção de montar um banco de projetos para serem realizados com brevidade e apoio federal.

Vitória x Itabuna e Jacuipense x Bahia domingo na TVE

No domingo (15) tem mais uma rodada dupla do Baianão na TVE. Vitória e Itabuna, às 16h, direto do Barradão, em Salvador, e Jacuipense enfrenta o Bahia, às 18h30, no Estádio Eliel Martins. Além da TV, os torcedores também podem acompanhar pelo Youtube.com/tvebahia e Facebook.com/tvebahia da emissora.

 

O Rubro Negro Baiano, que empatou com o Bahia de Feira na estreia, busca a primeira vitória. Já o Dragão do Sul vem de um triunfo em sua partida de estreia, e busca permanecer na disputa pela liderança.

 

Na partida seguinte, o Leão do Sisal, que saiu vitorioso no primeiro jogo contra o Doce Mel, vai enfrentar o Bahia em casa, enquanto o Esquadrão de Aço, líder da competição, busca manter a posição.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia