WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia bahiatursa carnaval 2023 embasa bahia secom bahia gas secom bahia

janeiro 2023
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 5/jan/2023 . 12:56

Prefeito Mário Alexandre prestigia solenidade de passagem de comando da 69ª CIPM ao lado da Deputada Estadual , Soane Galvão e o Vereador Kaique Souza

 

pmm

O prefeito de Ilhéus Mário Alexandre participou da solenidade da troca de comando da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (69ª CIPM), realizada na manhã desta quinta-feira (5), ao  lado da Deputada Estadual, Soane Galvão e o Vereador Kaique Souza. A responsabilidade do policiamento estava sob as mãos do major PM Cláudio Lopes. Quem assume o comando agora é o major PM Reinaldo Soeiro. O ato militar contou com as presenças da deputada estadual Soane Galvão e do coronel PM Vanderval Meneses, comandante do CPR-Sul.

 

pm

 

O prefeito desejou boas-vindas ao novo comandante e agradeceu pelo profissionalismo, dedicação e comprometimento demonstrados ao longo dos anos que esteve à frente da unidade. O gestor ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela Polícia Militar para garantir mais paz e tranquilidade aos munícipes.

“A Prefeitura é parceira da PM. Trabalhamos de forma integrada nas ações diárias de combate à violência, na organização e fiscalização de eventos e promoção da ordem e da paz social. Faço votos de que o novo comandante tenha uma excelente passagem à frente desta unidade de policiamento”.

 

pmm

Meningite C: Ilhéus vacina trabalhadores da Saúde e pessoas entre 1 e 19 anos até 30 de janeiro

 

Vacinação Meningite

Foto: Agência Saúde

 

A Secretaria de Saúde (Sesau) vai intensificar nos próximos dias a vacinação contra a Meningite C, indicada para pessoas na faixa de 1 a 19 anos e trabalhadores e acadêmicos da área da Saúde. A população deve procurar a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência. A medida segue a recomendação do Ministério da Saúde.

A proteção do público-alvo evita o adoecimento e surtos da doença. No decorrer do mês, o público pode comparecer às salas de imunização do município, conforme horário de funcionamento de cada local. É importante a apresentação da caderneta de vacinação, do cartão do SUS e CPF. Ressalta-se que as pessoas com menos de 20 anos receberão a dose contra a Meningite C após verificação da caderneta e da situação vacinal.

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, podendo ser causada por bactérias, vírus, fungos e parasitas. As meningites virais e bacterianas são as de maior importância para a saúde pública, considerando a magnitude de sua ocorrência e o potencial de produzir surtos.

Serviço

Campanha Nacional contra a Meningite C

Público-alvo: pessoas na faixa de 1 a 19 anos e trabalhadores e acadêmicos da área da Saúde

Data: até 30 de janeiro

Procure a unidade de saúde mais próxima da sua casa

Enterro do Papa Bento XVI acontece neste momento; Entenda aqui, 3 razões pela quis será um funeral inédito

O funeral de Bento 16 será realizado nesta quinta-feira — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

O funeral de Bento 16 será realizado nesta quinta-feira — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

A Basílica de São Pedro, em Roma, será palco nesta quinta-feira (05/01) de um acontecimento inédito na longa história da Igreja Católica: um papa se encarregará de celebrar o funeral de outro papa.

Francisco, o atual líder da Igreja Católica, presidirá as honras fúnebres do papa emérito Bento 16, que morreu aos 95 anos no último sábado (31).

Nascido na Alemanha, Bento 16 — cujo nome de batismo era Joseph Ratzinger — foi eleito papa em maio de 2005 para suceder João Paulo 2º. No entanto, em fevereiro de 2013, ele renunciou ao cargo, algo que não acontecia desde o século 15.

Por isso, tanto o velório do papa emérito quanto seu sepultamento nesta quinta-feira não têm precedentes.

“Será um funeral solene, mas sóbrio, porque Bento 16 solicitou assim em seu testamento”, informou o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni.

Ele também anunciou que o corpo do religioso, que está sendo velado em uma capela desde segunda-feira, será enterrado em uma cripta especial sob a Basílica de São Pedro.

Vários especialistas apontaram que os protocolos fúnebres para o papa emérito têm sido muito semelhantes aos usados ​​para os bispos eméritos.

Em entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera, o cardeal Gerhard Müller, que foi prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé até 2017, explicou que “não temos dois papas, há apenas um, Francisco”. “Se diz papa emérito por cortesia, mas na realidade Bento 16 é um bispo emérito”, observou.

Em mais de 800 anos, não houve dois papas convivendo no Vaticano — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Em seu testamento, o papa emérito pediu para ser enterrado no local em que repousava o corpo de João Paulo 2º até 2011, até seus restos mortais serem levados para uma capela dentro da Basílica de São Pedro.

A BBC News Mundo, serviço de notícias em espanhol da BBC, lista a seguir três razões pelas quais o funeral de Bento 16 será inédito.

1. Será celebrado por um papa

 

Em geral, os funerais de um papa recém-falecido são presididos por uma figura chamada “carmalengo”, que se encarrega de conduzir a Igreja Católica nos momentos em que não há um sumo pontífice em exercício.

A questão é que desta vez, como Bento 16 renunciou em fevereiro de 2013, quase dez anos antes de sua morte, há um papa: Francisco.

E será ele quem se encarregará, pela primeira vez na história, de celebrar o funeral de outro papa.

Na história do Vaticano, apenas um papa havia renunciado voluntariamente ao trono de São Pedro da mesma forma que Bento 16.

Foi no século 14, quando Pietro Angeleri di Murrone, um sacerdote conhecido por suas práticas de eremita, foi eleito papa em uma decisão incomum até para a época, já que Murrone não era cardeal.

Assim, ele se tornou Celestino 6º. Porém, logo viu que não poderia governar, e depois de quase seis meses, após assinar um decreto papal, renunciou às suas funções e retomou a vida de eremita.

Gregório 12, o último papa a renunciar antes de Bento 16 — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Gregório 12, o último papa a renunciar antes de Bento 16 — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Mas sua morte ocorreu de maneira muito diferente da de Bento 16 — Bonifácio 8º, seu sucessor, temeroso com a fama de santidade que Celestino 6º já tinha em vida e diante da possibilidade de que isso levaria a um cisma dentro da Igreja, mandou prendê-lo.

Celestino 6º morreu dentro de uma torre após dez meses de confinamento e foi canonizado quase um século depois.

Claro que não houve funeral de Estado, nem Bonifácio 8º celebrou as suas exéquias, como acontecerá quando Francisco presidir a missa em homenagem a seu antecessor.

As outras renúncias de papas registradas na história não ocorreram voluntariamente — algumas resultaram de lutas internas.

A última renúncia formal data do ano de 1415, quando Gregório 12, em meio ao chamado Cisma do Ocidente, renunciou ao papado por pressão política — e só quando morreu, em 1417, que seu sucessor, o papa Martinho 5º, foi eleito.

2. Não haverá eleição de um papa

 

Um dos principais acontecimentos após a morte de um papa é a eleição de um sucessor, realizada sempre no menor tempo possível.

Nos primeiros anos do cristianismo, os sucessores de Pedro foram escolhidos entre os próprios apóstolos e os fundadores das igrejas à medida que a cristianização avançava.

Mas, pouco a pouco, começou a prevalecer a prática do conclave (do latim cum clavis, que significa “fechado a chaves”), em que os cardeais se trancam em um recinto para nomear um novo papa.

Essa prática variou muito ao longo dos séculos (alguns conclaves duraram anos), mas o protocolo padrão prevê que os cardeais se reúnam na famosa Capela Sistina do Vaticano e ali, durante várias sessões, se encarreguem de eleger um novo papa.

A fumaça branca quando foi anunciada a eleição de Francisco em 2013 — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

A fumaça branca quando foi anunciada a eleição de Francisco em 2013 — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

Quando a maioria necessária é alcançada após uma votação, se queima uma substância que gera uma fumaça branca — é o que anuncia ao mundo que há um novo pontífice.

Desta vez, esse procedimento não será realizado, porque já foi concluído quando Bento 16 renunciou em 2013 — e levou à eleição de Jorge Bergoglio como novo bispo de Roma.

O fato é que a saída de Bento 16, como apontaram vários especialistas, abriu caminho para possíveis renúncias de papas no futuro.

O próprio Francisco admitiu ter assinado uma carta de renúncia em 2013 para ser usada caso sua saúde não o permitisse exercer suas funções.

“Já assinei minha renúncia. O secretário de Estado na época era Tarcisio Bertone. Eu assinei e disse: ‘Caso eu me encontre debilitado por questões médicas ou algo assim, aqui está minha renúncia'”, revelou Francisco à rede de televisão americana ABC.

3. A destruição do anel do pescador

 

Após ser eleito, um papa se distingue dos outros clérigos por três aspectos do seu vestuário: a batina branca, a férula ou báculo papal e o chamado anel do pescador.

O anel do pescador que Bento 16 usou durante seu pontificado — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

O anel do pescador que Bento 16 usou durante seu pontificado — Foto: GETTY IMAGES/via BBC

A batina branca foi usada por todos os papas recentes, enquanto a férula papal não é exclusiva de um pontífice — por exemplo, Francisco utiliza às vezes a mesma usada por Paulo 6º e João Paulo 2º.

No entanto, o anel do pescador é desenhado exclusivamente para cada papa, uma vez escolhido.

Quando se confirma a morte do sumo pontífice, há um ritual no qual ele é chamado três vezes pelo nome — o Vaticano não confirmou se o mesmo foi realizado com Bento 16. E, na sequência, se seguem vários protocolos, como destruir com um martelo o anel do pescador.

Mas, desta vez, com a morte de Bento 16, esse protocolo não foi seguido, pois o anel de pescador que havia sido dado a ele em 2005 foi “anulado” no momento em que sua renúncia se tornou efetiva, em 28 de fevereiro de 2013.

Tradicionalmente, este objeto seria destruído após a morte do sumo pontífice, mas no caso do anel de Bento 16, foi marcado com uma cruz, como indicou o então porta-voz Federico Lombardi.

Uma vez que renunciou, no entanto, Bento 16 foi autorizado a usar uma batina branca simples — diferente da que Francisco usa — para indicar sua condição de papa emérito. Vestimenta que usou até sua morte.

Mulher é presa suspeita de contratar pistoleiro para executar cunhada ; homem errou alvo e matou jovem de 19 anos

A jovem de 19 anos estava no balcão porque a cunhada da suspeita precisou sair da loja e a deixou no local. A polícia informou que a suspeita teria contratado um pistoleiro para matar a cunhada por causa de uma rixa familiar, que não foi especificada.

Vítima foi identificada como Érica Souza Santos e trabalhava na loja no momento do crime — Foto: Reprodução/TV São Francisco

Vítima foi identificada como Érica Souza Santos e trabalhava na loja no momento do crime — Foto: Reprodução/TV São Francisco

A polícia ainda contou que, inicialmente, a linha de investigação apontou para o crime de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. Porém, o suspeito de atirar não levou nenhum item da loja, nem mesmo o celular que a vítima entregou sem resistência, o que levantou suspeita.

“A forma como o atirador agiu, executando, de pronto, a mulher, ainda se dando o trabalho de efetuar um último disparo já com a vítima ao solo, apontou um novo caminho para a investigação”, disse o titular da delegacia Capim Grosso, Jaime Jose de Britto Andrade.

Com o cumprimento da ordem judicial, a suspeita fez o exame de lesão corporal e está presa no Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP) em Capim Grosso.

Lula tem 19 projetos para sancionar ou vetar durante o recesso parlamentar

Os textos foram aprovados pelo Congresso antes do período de afastamento dos parlamentares, que se iniciou no dia 23 de dezembro e se encerra em 31 de janeiro.

Lula tem 15 dias úteis, contados da aprovação do projeto no Congresso, para sancionar ou vetar as propostas que aguardam sua avaliação. Caso não o faça, o projeto é sancionado tacitamente (entenda mais abaixo).

Entre os projetos que ainda dependem de análise do presidente estão o texto que inclui a injúria racial na Lei do Racismo e o Orçamento de 2023.

Veja abaixo as propostas que aguardam sanção ou veto do presidente:

  • Projeto de lei que define o Orçamento de 2023. Prazo para sanção: 20/01/2023;
  • Projeto de lei que inclui o crime de injúria racial na Lei do Racismo e tipifica o crime de injúria racial coletiva. O texto também aumenta a pena para atos racistas em atividades esportivas, religiosas, artísticas ou culturais destinadas ao público. Prazo para sanção: 11/01/2023;
  • Projeto de lei que coloca agentes comunitários e de Combate às Endemias como profissionais de saúde e, assim, os permite acumular dois cargos públicos. Prazo para sanção: 20/01/2023;
  • Projeto de lei que torna o CPF o único número de identificação geral no país. Prazo para sanção: 11/01/2023;
  • Projeto de lei que institui a Política Nacional de Educação Digital e estabelece estratégias para desenvolvimento de inclusão digital. Entre outros pontos, a proposta inclui programação e robótica no currículo da educação básica desde o ensino fundamental. Prazo para sanção: 11/01/2023;
  • Projeto de lei que trata da implementação de ações de assistência social, saúde mental e prevenção ao suicídio entre profissionais de segurança pública e defesa social. Prazo para sanção: 10/01/2023;
  • Projeto de lei que trata da prorrogação da prestação de contas à União relativa aos recursos recebidos pelos entes federativos para a cultura. Prazo para sanção: 10/01/2023;
  • Projeto de lei que institui o Dia Nacional dos Trabalhadores em Entidades Culturais, Recreativas e Conexas. Prazo para sanção: 05/01/2023;
  • Projeto de lei que inscreve o nome de Antonieta de Barros no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. Prazo para sanção: 05/01/2023;
  • Projeto de lei que busca facilitar a localização de doadores voluntários de medula óssea. Prazo para sanção: 10/01/2023;
  • Projeto de lei que institui o Dia Nacional das Tradições das Raízes de Matrizes Africanas e Nações do Candomblé. Prazo para sanção: 11/01/2023.

Município informa pontos de fiscalização eletrônica em Ilhéus

Nova Iluminação da avenida Soares Lopes - Secom Clodoaldo Ribeiro (2)

 

A Autarquia de Transporte e Trânsito (Sutram) publicou na última segunda-feira (2) informativo referente à localização de equipamentos medidores de velocidade na cidade de Ilhéus. Conforme o órgão, os radares têm o objetivo de reduzir as lesões e mortes no trânsito e visam garantir maior segurança aos pedestres e condutores.

A divulgação atende à resolução nº 798/2020 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que dispõe sobre requisitos técnicos mínimos para a fiscalização, com vistas à redução dos índices de acidentes, principalmente nas vias com maior fluxo de veículos e próximo às unidades escolares.

Confira abaixo os locais.

– Avenida Soares Lopes, na altura do número 1.100 (no local o limite máximo de velocidade é de 50 km/h);

– Avenida Raymundo Sá Barreto, na altura dos números 944 e 1.354 (em ambos os trechos o limite máximo de velocidade é de 50 km/h);

– Avenida Lomanto Júnior, próximo ao número 950 (no local o limite máximo de velocidade é de 50 km/h);

–  Avenida Lomanto Júnior, entrada da Sapetinga (no local o limite máximo de velocidade é de 50 km/h);

–  Avenida Canavieiras, em frente ao CMAE, antigo Colégio Fênix (no local o limite máximo de velocidade é de 40 km/h)

– Avenida Princesa Isabel, próximo à Escola Municipal Princesa Isabel (no local o limite máximo de velocidade é de 40 km/h);

–  Avenida Vereador Amilton Castro, na altura do número 958 (no local o limite máximo de velocidade é de 50 km/h);

– Avenida Itabuna, próximo ao número 2.575, em frente à Rodoviária (no local o limite máximo de velocidade é de 50 km/h);

–  Avenida Soares Lopes, próximo ao Centro de Convenções (no local o limite máximo de velocidade é de 40 km/h)



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia