cemitério

#Ilhéuscontraocoronavírus – A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb), orienta frequentemente a população sobre as novas normas estabelecidas para realização de velórios e sepultamentos, no período de duração da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O Município segue as determinações do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o chefe dos cemitérios de Ilhéus, Rigerson Silva de Jesus, “removemos os cadáveres dos hospitais, transferimos direto para o sepultamento, dentro de saco plástico e com o caixão lacrado, sem velório ou aglomeração de pessoas”, ao se referir aos falecidos confirmados com a Covid-19 ou suspeitos de infecção.

Para os velórios e sepultamentos de falecidos não infectados por Covid-19, “orientamos às funerárias que mantenham até dez pessoas num ambiente ventilado, com distanciamento social, de forma que o local seja higienizado a cada hora. O velório deve durar no máximo cinco horas e o sepultamento ocorrer no mesmo dia”, explicou Rigerson ao complementar que as famílias têm compreendido bem a situação, porque sabem que a finalidade é evitar o aumento dos casos de contaminação na cidade.

“O governo Mário Alexandre tem nos dado todo o suporte. Por meio do Gabinete de Crise, da atuação do vereador Luis Carlos (Escuta) e do 5º Grupamento de Bombeiros Militar de Ilhéus, foram conseguidos e disponibilizados equipamentos de proteção individual para a segurança dos coveiros”, destacou. Ilhéus possui 32 cemitérios, sendo oito situados na cidade e 24 nos distritos. O Município conta com 38 coveiros, sendo que 30 estão na ativa e 8 afastados das atividades por integrarem o grupo de risco.