WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

embasa camara de ilheus prefeitura de ilheus embasa prefeitura ilheus secom bahia faculdade ilheus

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: 28/abr/2020 . 18:58

Governo do Estado amplia número de leitos de UTI no Hospital da Costa do Cacau e reforça ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19

Para enfrentar o avanço acelerado do novo coronavírus no Sul da Bahia, o Governo do Estado está reforçando e ampliado a estrutura de atendimento da população. Na manhã desta terça-feira (28), durante entrevista à TV Santa Cruz, o secretário da Saúde (Sesab), Fábio Vilas Boas, anunciou a implantação de 41 novos leitos de UTI no Hospital Costa do Cacau, que já contava com 30 leitos em funcionamento.

“A região Sul da Bahia vive uma situação muito preocupante, com um taxa de contágio muito maior que no resto da Bahia. E em função desse crescimento, o Governo do Estado está dobrando o número de leitos de UTI para atender ao crescente número de infectados”, afirma o secretário.

Além do Hospital da Costa do Cacau, a estrutura de atendimento da região conta com 10 leitos de UTI no Hospital de Ilhéus. Em Itabuna, a Santa Casa de Misericórdia oferece dez leitos adultos no Hospital Calixto Midlej, três leitos infantis de UTI no Hospital Manuel Novaes; além de 40 leitos clínicos.

Ilhéus aguarda ainda o credenciamento de mais 13 leitos no Hospital São José e outros 30 na montagem de um hospital de campanha.

Já Itabuna, terá a habilitação do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, que poderá ofertar até 21 leitos de UTI e 38 clínicos.

*Unidades de Retaguarda*

Na segunda-feira (27), graças a uma parceria entre o Governo do Estado e a prefeitura de Ilhéus, entrou em funcionamento a Unidade de Atendimento Covid-19 no Centro de Convenções da cidade para acolher, estabilizar e encaminhar pacientes suspeitos de infecção. Com 22 leitos, o espaço irá receber casos leves de pessoas com suspeita de infecção e pacientes que apresentam a progressão dos sintomas, como falta de ar.

O Centro foi adaptado para operar 24 horas por dia com uma equipe de 20 profissionais de saúde, entre médicos, técnicos de enfermagem, enfermeiros, maqueiros, serviços gerais e atendimento.

Os pacientes que apresentarem evolução dos agravos vão ser regulados pela Central Integrada de Comando e Controle da Saúde do Estado da Bahia para um dos hospitais de referência.
Em Itabuna, a o Centro de Triagem foi instalado da UPA no bairro Monte Cristo, com 10 leitos clínicos que podem se tornarem semi intensivos e três de estabilização, com cerca de 80 profissionais de saúde, 25 diariamente. A UPA do bairro Fonseca também está sendo estruturada para funcionar como centro de triagem.

*Entrega de equipamentos de proteção*

O Governo do Estado entregou para a região, 5,5 mil litros de álcool 70%, 8,2 mil máscaras de TNT e duas mil máscaras acrílicas de proteção facial do tipo Face Shield, para utilização em unidades de saúde, além de cinco mil máscaras de tecido para estudantes. Os materiais foram entregues para a Prefeitura Municipal de Ilhéus, Santa Casa de Misericórdia (Itabuna), Hospital de Base (Itabuna), Hospital Regional Costa do Cacau (Ilhéus) e Núcleo Territorial de Educação (NTE) de Itabuna.

Bombeiros militares especialistas em defesa química, biológica, radiológica e nuclear (QBRN) estão fazendo a descontaminação de estruturas e ambientes do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus.

193 casos de COVID-19 em Ilhéus

Ilhéus registra 193 casos de Covid-19, de acordo com o boletim da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Estado, devulgado durante essa terça-feira. O município se aproxima dos 200 casos e preocupa autoridades. Epicentro da pandemia no interior da Bahia, Ilhéus pode ser palco de uma catastrófica situação na qual a sociedade pode perder totalmente o controle da disseminação do vírus.

Fonte: Blog Chico Andrade

Câmara de Ilhéus cria propostas para combate à pandemia do coronavírus

MS

O vereador Makrisi Sá, foi indicado pelo Presidente da Câmara de Ilhéus, César Porto, para representar a instituição no Gabinete de Crise da Pandemia do Covid-19. Na segunda-feira (20), o vereador apresentou algumas sugestões ao Coordenador do Gabinete para minimizar a disseminação do vírus na cidade.

Foram apresentadas propostas como solicitar auxílio às autoridades sanitárias do Governo do Estado a fim de colaborar para gerir o sistema de atendimento hospitalar dos casos graves de Covid-19; definir qual a quantidade de equipamentos/leitos/UTI’s para garantir o atendimento exclusivo da sua população; aplicar o reteste para os profissionais de saúde que irão retornar aos postos de trabalho; utilizar a força policial para disciplinar as filas nas lotéricas e bancos mantendo o distanciamento mínimo e evitar aglomerações.

Além destas, a Câmara também propôs o fechamento de bares para dispersar aglomerações; criação de barreiras sanitárias e de acesso aos bairros com maiores índices de infecção; comunicar a população os hospitais e Unidades de Saúde que atenderão as doenças não relacionadas como Covid-19. Segundo o vereador Makrisi, a Secretaria de Assistência Social faria verificação de quem já recebeu Auxílio Emergencial para que esta pessoa adote o isolamento social.

A proposta visa também fiscalizar os hospitais para verificar se os médicos, enfermeiros e funcionários estão usando os Equipamentos de segurança; ofertar seguro de vida para todos os trabalhadores da saúde; analisar como o Programa Melhor em Casa pode acompanhar paciente e levantar barreiras sanitárias e de controle de acesso nas entradas do município, evitando o acesso de pessoas que venham de cidades que já tenham casos de contágio e/ou de doentes já sintomáticos.

Tomógrafos computadorizados chegam a hospitais destinados a tratar a Covid-19

1587996210IMG_20200427_105533_1
O Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas, que vai receber pacientes infectados com a Covid-19, já conta com um tomógrafo computadorizado, entregue na unidade na manhã desta segunda-feira (27). O equipamento é o segundo de seis que foram comprados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) no início deste mês, ao custo total de R$ 9,2 milhões. O primeiro dos equipamentos foi entregue na sexta-feira (24), no Hospital de Campanha Arena Fonte Nova. Os seis aparelhos vão ajudar no tratamento de pessoas contaminadas com o novo coronavírus.
Segundo o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, os novos equipamentos asseguram um tratamento mais preciso. “Estamos trabalhando para garantir que os pacientes sejam diagnosticados e tratados da forma mais adequada. Temos o compromisso de investir em inovação e tecnologia, reduzindo o tempo de espera por exames de imagem de alta complexidade e melhorar os níveis de qualidade no atendimento dos pacientes”, afirma o Secretário.
A subsecretária da Saúde, Tereza Paim, explica a importância dos tomógrafos para o tratamento da Covid-19. “A tomografia computadorizada de tórax é um exame muito esclarecedor, é bem sensível para pacientes que apresentam insuficiência respiratória por causa da Covid-19. O exame traduz anatomicamente a condição do pulmão e faz com que esse diagnóstico fique mais preciso. É também um exame de rastreio intermitente da melhora ou piora clínica do paciente. É um equipamento imprescindível”.
Tereza Paim informa que quando o surto estiver controlado, os equipamentos serão realocados para reforçar outras unidades. “Quando passar essa fase, os equipamentos serão destinados a outros hospitais que estamos montando, que estão sendo terminados, e serão incluídos também em ampliações de leitos que nós já temos dentro da própria rede de saúde. São equipamentos que não deixarão de ser utilizados, todos serão aproveitados em locais onde é necessário se manter a assistência à saúde, independente da pandemia”.
Próximas entregas

Ainda serão entregues tomógrafos no Hospital Mater Dei, nesta terça-feira (28), e, na quarta-feira (29), no Hospital Espanhol e no Hospital Municipal de Caetité. O Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, em breve, também vai receber um tomógrafo.


Fotos: Carol Garcia/ GOVBA
 


Bolsonaro nomeia André Mendonça para a Justiça e Ramagem para a PF

Os decretos com as nomeações são publicados no Diário Oficial

 Por Agência Brasil – Brasília

André Luiz de Almeida Mendonça e Alexandre Ramagem Rodrigues são nomeados ministro da Justiça e Segurança Pública e diretor-geral da Polícia Federal (PF), respectivamente. Os decretos assinados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, estão publicados no Diário Oficial da União desta terça-feira (28). André Mendonça passa a ocupar o comando do ministério com a saída de Sergio Moro e Alexandre Ramagem a chefia da PF no lugar de Maurício Valeixo.

André Mendonça, de 46 anos, é natural de Santos, em São Paulo, advogado, formado pela faculdade de direito de Bauru (SP). Ele também é doutor em estado de direito e governança global e mestre em estratégias anticorrupção e políticas de integridade pela Universidade de Salamanca, na Espanha; é pós-graduado em direito público pela Universidade de Brasília.

É advogado da União desde 2000, tendo exercido, na instituição, os cargos de corregedor-geral da Advocacia da União e de diretor de Patrimônio e Probidade, dentre outros. Recentemente, na Controladoria-Geral da União (CGU), como assessor especial do ministro, coordenou equipes de negociação de acordos de leniência celebrados pela União e empresas privadas.

Solenidade de posse do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem
Alexandre Ramagem é noemado diretor-geral da Polícia Federal – Valter Campanato/Agência Brasil

Alexandre Ramagem, que exercia o cargo de diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), é graduado em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Ingressou na Polícia Federal (PF) em 2005 e atualmente é delegado de classe especial. Sua primeira lotação foi na Superintendência Regional da PF no estado de Roraima.

Em 2007, ele foi nomeado delegado regional de Combate ao Crime Organizado. Ramagem foi transferido, em 2011, para a sede do PF em Brasília, com a missão de criar e chefiar Unidade de Repressão a Crimes contra a Pessoa. Em 2013, assumiu a chefia da Divisão de Administração de Recursos Humanos e, a partir de 2016, passou a chefiar a Divisão de Estudos, Legislações e Pareceres da PFl.

Em 2017, tendo em conta a evolução dos trabalhos da operação Lava-Jato no Rio de Janeiro, Ramagem foi convidado a integrar a equipe de policiais federais responsável pela investigação e Inteligência de polícia judiciária no âmbito dessa operação. A partir das atividades desenvolvidas, passou a coordenar o trabalho da PF junto ao Tribunal Regional Federal da 2ª Regional, com sede no Rio de Janeiro.

Em 2018, assumiu a Coordenação de Recursos Humanos da Polícia Federal, na condição de substituto do diretor de Gestão de Pessoal. Em razão de seus conhecimentos operacionais nas áreas de segurança e Inteligência, assumiu, ainda em 2018, a Coordenação de Segurança do então candidato e atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

 

 

Por Agência Brasil – Brasília

Edição: Aécio Amado

Caixa paga 1ª parcela do auxílio emergencial a 5,1 milhões de pessoas

Serão creditados R$ 3,6 bilhões para mais de 3,2 milhões de inscritos

A Caixa paga hoje (28) mais R$ 3,6 bilhões do auxílio emergencial para 5,1 milhões de beneficiários. Deste total, R$ 2,1 bilhões serão destinados para mais 3,26 milhões do total de elegíveis que se inscreveram pelo aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial e pelo site. Mais de R$ 1,7 bilhão serão creditados em contas da Caixa e R$ 341.409.600 em contas de outros bancos.

Segundo a Caixa, desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do auxílio emergencial do governo federal, o total de pessoas que tiveram o benefício creditado pelo banco somam 44,3 milhões, num total de R$ 31,3 bilhões. Dentre os inscritos pelo aplicativo e site, 15,2 milhões já receberam o auxílio e totalizarão 18,4 milhões de pessoas com esse novo pagamento.

Até a noite dessa segunda-feira (27), 48,5 milhões de cidadãos já se cadastraram para recebimento do benefício. O site superou a marca de 406,2 milhões de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 90,6 milhões de ligações. O aplicativo Auxílio Emergencial Caixa soma 63,8, milhões de downloads e o aplicativo Caixa Tem, para movimentação da poupança digital, supera 52,7 milhões de downloads.

Poupança e Bolsa Família

A Caixa esclarece que os beneficiários do auxílio emergencial que receberam o crédito em poupança do banco podem movimentar o valor digitalmente pelo Internet Banking ou utilizar o cartão de débito em suas compras. Aqueles que receberam o crédito por meio da poupança digital do banco podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, bem como fazer transferências para outras instituições financeiras por meio do aplicativo Caixa Tem.

Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para receber o auxílio receberão o crédito no mesmo calendário e na mesma forma do benefício regular. Segue o calendário dos próximos pagamentos para este público:

Terça-feira (28):

1.917.991 pessoas – NIS final 8

Quarta-feira (29):

1.920.953 pessoas – NIS final 9

Quinta-feira (30):

1.918.047 pessoas – NIS final 0

Saque em espécie

Desde ontem (27), os beneficiários que receberam o crédito do auxílio emergencial na poupança social digital já têm a possibilidade de saque do benefício em espécie. O saque pode ser realizado nos caixas eletrônicos da Caixa, nas unidades lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, de forma escalonada, de acordo com o mês de nascimento.

Na data prevista, conforme o calendário abaixo, os cidadãos terão esta opção habilitada no aplicativo Caixa Tem, para geração de um código autorizador de saque.

Confira o calendário

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril – nascidos em março e abril

29 de abril – nascidos em maio e junho

30 de abril – nascidos julho e agosto

4 de maio – nascidos em setembro e outubro

5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Segundo a Caixa, o calendário do saque em espécie foi instituído com o objetivo de evitar aglomerações nos pontos de atendimento, o que exporia empregados, parceiros e clientes ao risco de contágio do novo coronavírus (covid-19).

Para realizar o saque, é preciso atualizar o aplicativo Caixa Tem, fazer o login, selecionar a opção “saque sem cartão” e informar o valor a ser retirado. O aplicativo vai gerar um código autorizador para saque, com validade de duas horas, que deve ser utilizado nos caixas eletrônicos, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

Nova versão do aplicativo Caixa Tem

Para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, a Caixa liberou uma nova versão do aplicativo. A atualização já está disponível para download. Além da funcionalidade “saque sem cartão”, a nova versão do aplicativo também traz ampliação da capacidade de acessos simultâneos, disponibilizando uma previsão de atendimento aos usuários que não conseguirem acesso imediato nos horários de maior utilização.

O banco lembra que o Caixa Tem está disponível exclusivamente para clientes da poupança digital. Os beneficiários do Bolsa Família, pessoas que já têm poupança na Caixa e correntistas de outros bancos não precisam baixar o aplicativo.

 

 

Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil – Brasília

SecultBA apresenta balanço dos Editais Setoriais 2019

Card_90Territorios_editaisSetoriais
A relação das propostas selecionadas nos Editais Setoriais 2019, divulgada na última sexta-feira (24), é fruto do trabalho criterioso da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) com o intuito de democratizar o acesso aos recursos públicos para o fomento de projetos em 19 segmentos culturais. Com isso, mais de 90% dos Territórios de Identidade da Bahia tiveram projetos selecionados.
Card_60
Foram aprovadas 230 propostas que receberão um aporte total de 15 milhões do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA) e representam a diversidade da produção cultural do estado, nas seguintes áreas: Apoio a Grupos e Coletivos Culturais; Apoio à Publicação de Livros por Editoras Baianas; Apoio às Bibliotecas Comunitárias; Artes Visuais; Circo; Culturas Identitárias; Culturas Populares (Capoeira, Versão Simplificada e Versão Padrão); Dança; Economia Criativa; Incentivo à leitura – Formação de Leitores e Mediadores; Literatura; Museus; Música; Patrimônio Cultural – Arquitetura e Urbanismo; Restauração, Digitalização e Promoção de Acervos Privados de Interesse Público; Teatro e Territórios Culturais.
“Os Editais Setoriais são um reconhecimento do protagonismo da sociedade civil na política pública cultural, tanto apresentando propostas, quanto avaliando o mérito, ajudando a reafirmar o papel do Governo do Estado de fomentar as diversas linguagens artísticas e estimular a difusão do fazer cultural. O investimento nos 19 editais setoriais vai movimentar a economia da cultura, algo imprescindível aos artistas baianos”, destaca a secretária estadual da Cultura, Arany Santana.

Avaliação de Mérito – Para análise dos projetos, foram formadas 15 comissões temáticas, cada uma delas com cinco a sete especialistas da área de cultura, do setor público e da sociedade civil, não só de Salvador, mas também do interior do estado e de outras cidades do país, como Recife, São Paulo e Brasília. A composição mista conferiu mais transparência ao processo e privilegiou o conhecimento técnico. A seleção dos profissionais foi realizada por meio de consulta pública, que verificou atuação no campo do edital específico, experiência em projetos, em gestão cultural e a capacidade de avaliar as propostas.

No julgamento do mérito, as comissões analisaram as 1.217 propostas inscritas a partir de três critérios previstos nos editais. O primeiro deles, valor cultural, levou em consideração aspectos como criatividade, inovação, singularidade, relevância no contexto sociocultural e estímulo à diversidade. O segundo parâmetro foi a consonância com as políticas estaduais de cultura, em especial a afinidade com a Lei Orgânica da Cultura e com o Plano Estadual de Cultura.  Por fim, os membros observaram a viabilidade técnica, por meio da clareza, consistência das informações e coerência na composição da proposta.

Territorialização – Como forma de efetivar umas das diretrizes da política cultural da Bahia, o aprofundamento da territorialização da cultura, foi considerada adicionalmente a regra de territorialização. Assim, entre as propostas melhor avaliadas nos critérios de mérito, as comissões temáticas buscaram contemplar o maior número possível de regiões do estado.

O resultado dessa análise rigorosa foi a seleção de propostas de 26 territórios de identidade. Entre os aprovados, 141 projetos, mais de 60% do total, são de proponentes de fora do Território Metropolitano de Salvador, que receberão R$ 8.095.164,01.

O fortalecimento da interiorização dos projetos foi uma premissa desde o início do processo, com a realização de atividades de capacitação em todos os territórios de identidade da Bahia, nos meses de setembro e outubro do ano passado. “As oficinas de elaboração de projetos foram determinantes para apresentar as políticas culturais do Governo do Estado aos municípios do interior e à periferia de Salvador e contribuíram para que propostas de diversos territórios de identidade fossem contempladas nos certames. Além disso, a Central de Atendimento Integrado também teve um papel fundamental, esclarecendo dúvidas dos interessados em submeterem propostas. Foram cerca de 600 atendimentos, seja de forma presencial, por e-mail ou telefone”, destaca o superintendente estadual de Promoção Cultural, Alexandre Simões.

Para um próximo certame a SecultBA estuda a possibilidade de realizar uma pré-seleção a partir dos Macro Territórios de Identidade. Também a Sudecult apresentará, em breve, propostas de aprofundamento da Política Territorial.

Recursos – O prazo para interposição de recursos da Análise de Mérito dos Editais Setoriais segue até 04 de maio.  Em função do período de isolamento social para combater a pandemia do Covid-19, dúvidas sobre o resultado serão esclarecidas exclusivamente por e-mail e telefone, de 9 às 18h, com prazo médio de 48 horas para resposta, nos canais de atendimento criados para cada Unidade Executora.  São eles:

 

CENTRAL DE ATENDIMENTO INTEGRADO – SUPROCULT / SECULT

Telefone: (71) 98355-3999

E-mail: secult.setoriais2019@cultura.ba.gov.br

 

FUNCEB

Telefone: (71) 99716-5514

E-mail: funceb.setoriais2019@cultura.ba.gov.br

 

FUNDAÇÃO PEDRO CALMON – FPC

Telefone: (71) 99719-1354

E-mail: fpc.setoriais2019@cultura.ba.gov.br

 

CENTRO DE CULTURAS POPULARES E IDENTITÁRIAS – CCPI

Telefone: (71) 99613-3285

E-mail: ccpi.setoriais2019@cultura.ba.gov.br

 

IPAC

Telefone: (71) 99676-7875

E-mail:ipac.setoriais2019@cultura.ba.gov.br

Papo Correria desta terça é exclusivo sobre coronavírus

 

Nesta terça-feira, a partir das 18h30, o governador Rui Costa, acompanhado do secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, conversa com os internautas no #PapoCorreria. Durante o programa, que é transmitido ao vivo nas suas redes sociais, Rui Costa vai falar sobre as medidas adotadas pelo governo de prevenção e combate ao coronavírus nas diferentes regiões do estado e, junto com o secretário, responder às perguntas do público sobre a doença.

O #PapoCorreria é transmitido ao vivo, por meio das redes sociais de Rui Costa, no Facebook, Instagram e Youtube. Os internautas podem interagir com perguntas nos comentários.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia