WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

embasa camara de ilheus prefeitura de ilheus embasa prefeitura ilheus secom bahia faculdade ilheus

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: 23/abr/2020 . 18:51

ILHÉUS: 127 pessoas contaminadas pelo COVID-19

Agora a noite 23/04 Boletim Oficial da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia confirma os 127 casos de pessoas contaminadas com o Coronavírus.


Prefeitura de Ilhéus recebe repasse da Câmara para enfrentamento à Covid-19

Diante do avanço da pandemia global do novo coronavírus (Covid-19), a Câmara de Municipal de Ilhéus realizou o repasse no valor R$ 100 mil para auxiliar a Prefeitura nos custos referentes às ações de enfrentamento à Covid-19 na cidade. A verba é correspondente ao adiantamento do duodécimo e será aplicada na aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as equipes que atuam na linha de frente do combate à doença.

O prefeito Mário Alexandre parabenizou a Câmara pela iniciativa e frisou que o momento exige o entendimento e a mobilização de todos. “Avançamos dentro da proposta de enfrentamento ao coronavírus, com a criação de um plano efetivo e com a organização do fluxo de atendimento da rede de saúde. A cidade abrigará o primeiro centro de atendimento Covid-19 do interior da Bahia para a população. O repasse revela a preocupação do Poder Legislativo em auxiliar na execução das ações diante desse cenário de crise”.

O vereador César Porto, presidente da Câmara, explicou que o Legislativo também cedeu dois veículos e oito servidores para colaborar com as ações. Segundo ele, a Câmara participa ativamente do Gabinete de Crise instituído pelo prefeito Mário Alexandre para definir as medidas de combate ao coronavírus. O órgão também implantará sessões virtuais para deliberar sobre assuntos de maior relevância.

Vereadores de Ilhéus se unem no combate à Covid-19

A Câmara de Ilhéus, por meio dos representantes do povo, tem realizados ações para ajudar o município no enfrentamento à Covid-19.⠀

Para auxiliar, a Câmara repassou R$ 100 mil ao Município, correspondente ao adiantamento do duodécimo para compra de EPIs para profissionais de saúde e cedeu dois veículos e oito servidores para auxiliar no combate à Covid-19.

Além disso, a instituição adotou medidas de prevenção segundo as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e converteu as atividades presenciais em atividades virtuais, estabelecendo o teletrabalho e o atendimento ao público online via site e e-mail.

A Câmara tem participado ativamente do Gabinete de Crise criado pela Prefeitura de Ilhéus para enfrentar a pandemia. Também foram criadas campanhas por meio de ‘spots’, que são divulgadas diariamente em emissoras de rádio FM e AM da cidade. Além destas, foram criadas campanhas informativas para veiculação nas redes sociais.

Em poucos dias, a Casa Legislativa vai implantar sessões virtuais para deliberar assuntos de maior relevância para o momento.

A Câmara também propôs uma emenda no valor de R$ 300 mil para compra de cinco respiradores artificiais e por meio das comissões parlamentares têm fiscalizado comércios para evitar a prática de preços abusivos.⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Fabrício Nascimento solicita EPIs para profissionais de saúde de Ilhéus

O vereador Fabrício Nascimento (PSB) solicita ao Executivo Municipal por meio as Secretaria Municipal de Saúde e às direções dos hospitais do município, a aquisição e distribuição de EPIS para os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do enfrentamento à Covid-19.

O parlamentar também solicita que sejam aplicados testes para detectar o vírus não só nesses profissionais, mas também em motoristas, coveiros e todos que estiverem envolvidos de alguma forma na luta contra a doença.

Fabrício, que é fisioterapeuta, está preocupado como a disseminação do coronavírus na região sul da Bahia. “Espero que essa solicitação seja atendida com rapidez, pois o número de profissionais da área infectados é muito grande e precisamos dessas pessoas para cuidar da nossa população”.

O vereador propõe também que sejam disponibilizados alojamentos em hotéis ou pousadas da cidade, para que esses profissionais possam ficar para não correr o risco de contaminar familiares. Caso o pedido seja, Fabrício também vai solicitar atendimento psicológico para ajudar essas pessoas a lidar com as dificuldades e problemas que a exaustão e o afastamento da família podem trazer.

Governador Rui Costa anuncia compra de 10 milhões de máscaras para distribuição

“Nós queremos comprar até 10 milhões de máscaras para distribuir para toda a população, porque, se todo mundo estiver usando a máscara, nós vamos conseguir derrubar a taxa de infecção”. A declaração foi dada pelo governador Rui Costa durante live nas redes sociais, na noite desta quarta-feira (22).
De acordo com o chefe do Executivo, já foram compradas 3 milhões de máscaras e a distribuição deve ter início nos próximos dias. Em Salvador, acrescentou o governador, serão distribuídas máscaras nas estações de metrô, onde será exigido – após a distribuição ser iniciada – que todos os passageiros utilizem a proteção facial.
Rui pediu que empresários, prefeitos e toda a sociedade se unam em torno de um grande mutirão para fortalecer a produção e distribuição de máscaras no estado. “Com isso, a gente vai poder acelerar a volta à normalidade. Voltar à normalidade significa salvar vidas humanas e, para isso, o uso da mascara é fundamental”, acrescentou o governador durante o pronunciamento ao vivo no Facebook e Instagram.
Edital

No último dia 14, foi divulgado o resultado do edital do Governo do Estado que habilitou fabricantes de máscaras artesanais de proteção facial. No total, 603 empreendimentos foram cadastrados, em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia. A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) responsável pelo edital, identificou 6.338 máquinas de costura apropriadas a este tipo simplificado de confecção, com 9.969 costureiras e costureiros em condições de trabalharem na fabricação desse equipamento de proteção individual (EPI).

Bahia tem mais 7 cidades com transporte intermunicipal suspenso

Os municípios de Acajutiba, Candeias, Cravolândia, Ibicaraí, Paulo Afonso, Rio Real e Serra Preta terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sexta-feira (24). A medida, que visa conter o avanço da pandemia do novo coronavírus na Bahia, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (23) e é válida até 3 de maio.
Com a decisão, a Bahia passa a ter de 83 municípios com a restrição no transporte intermunicipal. A determinação considera a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.
O decreto também autoriza a retomada do transporte em Barra, Barra do Choça, Campo Formoso, Ibotirama e Santa Maria da Vitória, municípios com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19 confirmados.

As outras cidades com transporte suspenso são: Abaíra, Aiquara, Alagoinhas, Amélia Rodrigues, Araci, Aurelino Leal, Barro Preto, Belmonte, Brumado, Buerarema, Camacã, Camaçari, Canavieiras, Cansanção, Capim Grosso, Castro Alves, Catu, Coaraci, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Cravolândia, Dias D’Ávila, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Floresta Azul, Gongogi, Ibirataia, Ilhéus, Ipiaú, Ipirá, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagi, Itagibá, Itajuípe, Itamari, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itatim, Ituberá, Jaguaquara, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Mirante, Morpará, Mucugê, Paramirim, Porto Seguro, Ribeira do Pombal, Rio do Pires, Salvador, Santa Cruz Cabrália, Santa Luzia, Santa Teresinha, São Francisco do Conde, Serra do Ramalho, Serrinha, Simões Filho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Ubatã, Una, Uruçuca, Valença, Valente, Vera Cruz e Vitória da Conquista.

Prefeitura de Ilhéus quadruplicou o número de profissionais para investigar Covid-19

#Ilhéuscontraocoronavírus – A Prefeitura de Ilhéus aumentou em quatro vezes o número de profissionais para atuação na Vigilância Epidemiológica para o combate ao coronavírus, informou o cardiologista e coordenador do Comitê Operacional de Emergência (COE) da Secretaria de Saúde (Sesau), André Cezário, num bate-papo com o infectologista Gustavo Cunha. Os médicos abordaram temas como testagem, estrutura da saúde para atender casos de coronavírus e a quantidade de casos.

De acordo com Cezário, “tem municípios que mantiveram a mesma equipe e quantidade de profissionais na investigação dos casos Covid-19, o que reflete em uma testagem baixa e uma quantidade de casos que não foram notificados. O prefeito Mário Alexandre preparou a cidade não apenas com a montagem do Centro de Triagem, como também se antecipou a realizar a contratualização de leitos junto ao Estado, tanto no Hospital de Ilhéus, como no Hospital Regional Costa do Cacau”, acrescentou.

O infectologista Gustavo Cunha, também integrante do COE, concordou e disse que “o prefeito Mário Alexandre utilizou muito bem esse tempo da fase de mitigação pedindo para as pessoas ficarem em casa para criar a estrutura e poder receber os pacientes quando houver o pico da doença”.

Na opinião do coordenador do COE, não se analisa se o município está melhor ou pior somente pelo número de casos positivos. “A quantidade de casos registrados em Ilhéus, não deve ser visto como algo negativo, mas demonstra o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde, ao testar o maior número possível de pessoas de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde. Aqui as pessoas estão sendo testadas até mais do que na maioria dos municípios”, ressaltou.

O infectologista acrescenta ainda que “quanto mais testes realizados, mais capacidade teremos para criar medidas específicas de combate ao Covid-19”.

Outro fator abordado foi sobre a taxa de mortalidade em Ilhéus. “Num cenário em que estamos próximos de cem casos positivos, e quatro óbitos são registrados, significa dizer que temos uma média de 4% de óbito. Um cenário positivo se compararmos com o coronavírus SARS, que matou 11% dos infectados, e o coronavírus MERS, em que a média de óbito foi de 34%”.

Ao final, Cunha enfatizou que não adiantam todos os esforços se a população não colaborar. Por isso a necessidade de ser mantido o isolamento social e os cuidados de higiene.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia