#IlhéusRealiza – A nova ponte de Ilhéus trará benefícios econômico-sociais, ordenamento de tráfego e mais conforto para os diferentes públicos que trafegam diariamente na cidade. Com a chegada, fez a Prefeitura colocar em execução o projeto de mobilidade urbana para a área atendida e do entorno. A Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) vem realizando uma série de intervenções com o objetivo de modernizar a cidade para os próximos anos.

O prefeito Mário Alexandre constata que o empreendimento vai representar não apenas um novo ciclo econômico para a região, mas também novos investimentos. “A obra, a mais importante até agora da história de Ilhéus, tem atuação do Governo Municipal e integra o novo desenho de mobilidade e urbanização. Desde quando assumimos a cidade, pensamos na melhoria de todo o sistema viário”, afirmou.

Em razão do novo empreendimento, a Prefeitura vai alterar o fluxo de algumas vias do Centro da cidade. O motorista que trafega pela Avenida Princesa Isabel e que deseja ir para o Pontal, tem a opção de subir a ladeira da ponte, ou, seguir o fluxo por baixo da ponte Lomanto Junior, na Rua Ramiro Castro. Poderá seguir pela Avenida Almirante Linhares, que vai passar a ter o fluxo somente de ida, no sentido 2 de Julho com acesso à nova ponte.

Agora, para o motorista que sai da Avenida 2 de Julho, que antes seguia na Avenida Almirante Linhares, poderá percorrer a rotatória principal e seguir na Rua Eustáquio Bastos, que passará a ter sentido contrário, no fluxo para a Cairu. Continua como antes para o motorista que vem da Avenida Princesa Isabel e quer acessar a Cairu, através da Rua José Cândido, via que passa em frente ao Mercado de Artesanato e Justiça Federal.

De acordo com Gilson Nascimento, diretor da Sutram, os problemas de mobilidade urbana vão além das fronteiras municipais. “Estão em todo o Brasil e se repetem há anos. Em Ilhéus, colocamos em prática por determinação do prefeito Mário Alexandre, um projeto que muda a cara da cidade. O resultado vai ser comprovado com o passar dos dias, quando perceberemos uma maior fluidez no trânsito, promovendo mais conforto para moradores e turistas”, ressaltou.

Nascimento salientou que as alterações se devem em razão do fluxo viário da nova ponte e destaca que a Avenida Almirante Linhares, será a via principal de ligação entre a ponte antiga e a nova, formando com a Rua Eustáquio Bastos, o chamado binário de trânsito. O diretor informou que a Rua Barão do Rio Branco, no Pontal, se tornou uma via local de entrada e saída de moradores, sendo seccionada com o novo eixo sul da nova ponte.

Zona norte – A Prefeitura destinou em 2018 investimentos para região. A Avenida Litorânea Norte, por exemplo, ganhou ciclofaixa, sinalização, iluminação, corredor exclusivo para ônibus, faixa para automóveis e estacionamento rotativo à esquerda. A via possui dois quilômetros e meio de extensão e compreende o trecho entre o Parque Infantil e o início do bairro Cidade Nova. A segunda fase do projeto contempla a construção de uma alça de retorno na região do Tamarineiro para ligar o fluxo que vem da Avenida Soares Lopes para a Avenida Canavieiras. Obras de pavimentação com asfalto serão realizadas neste trecho de influência do tráfego.