WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara ilheus sufotur secom bahia secom bahia secom bahia prefeitura itabuna prefeitura ilheus sufotur secom bahia secom bahia

março 2023
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: mar/2023

SineBahia divulga vagas de emprego para Ilhéus nesta sexta-feira; confira lista de oportunidades

SineBahia tem vagas para auxiliar de laboratório para Ilhéus nesta sexta-feira (31). — Foto: Pexels

SineBahia tem vagas para auxiliar de laboratório para Ilhéus nesta sexta-feira (31). — Foto: Pexels

O SineBahia, órgão estadual de intermediação de mão-de-obra, divulgou oportunidades de emprego e estágio oferecidas nesta sexta-feira (31), na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia.

Há vagas para auxiliar de laboratório, encarregado civil, analista de marketing, entre outras profissões. [Confira lista de vagas completa no final da matéria]

Os interessados devem buscar atendimento em uma das unidades do órgão. Não é preciso agendar e as senhas serão distribuídas conforme disponibilidade e por ordem de chegada.

Todos devem levar carteira de trabalho física ou digital, RG, CPF, comprovante de residência, escolaridade e de vacinação contra a Covid-19, além dos documentos específicos pedidos por cada vaga.

Ainda de acordo com o SineBahia, estão listadas apenas algumas das vagas disponíveis e elas são sujeitas ao limite de encaminhamentos. Confira abaixo:

Vagas para Ilhéus

ANALISTA DE MARKETING
Ensino superior em Marketing
Experiência na função
1 VAGA

FISCAL CONTÁBIL
Ensino superior em Contabilidade
Experiência com exportação e importação, speed fiscal, dma, dmd e substituição tributária
1 VAGA

AUXILIAR CONTÁBIL
Ensino médio
Experiência na função
1 VAGA

VENDEDOR DE SERVIÇOS
Ensino médio
Experiência na função
Possuir CNH “A” e moto
1 VAGA

ANALISTA CONTÁBIL
Ensino superior cursando Contabilidade
Experiência em carteira
1 VAGA

VENDEDOR PRACISTA
Ensino médio
Experiência na função com instalação de placa solar
1 VAGA

ENCARREGADO CIVIL
Ensino médio
Experiência em carteira
1 VAGA

GARÇOM
Ensino médio
Experiência em carteira
Residir na Zona Sul
1 VAGA

AUXILIAR DE LABORATÓRIO
Ensino médio
Experiência na função
1 VAGA

AÇOUGUEIRO
Ensino fundamental
Experiência na função
1 VAGA

COZINHEIRO DE CABANA
Ensino fundamental
Experiência na função
1 VAGA

SERVENTE DE OBRAS
Ensino fundamental
Experiência na função
5 VAGAS

Justiça aceita denúncia, e Pedro Guimarães vira réu por 7 acusações de assédio sexual e 8 de importunação

Pedro Guimarães (à direita) durante anúncio de medidas econôiPresidente da Caixa Pedro Guimarães fala junto a Jair Bolsonaro em anúncio de medidas econômicas durante a pandemia de Covid — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters/Arquivo

Pedro Guimarães (à direita) durante anúncio de medidas econôiPresidente da Caixa Pedro Guimarães fala junto a Jair Bolsonaro em anúncio de medidas econômicas durante a pandemia de Covid — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters/Arquivo

A Justiça Federal aceitou a denúncia e transformou o ex-presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães – que chegou ao posto no governo Bolsonaro – por assédio e importunação sexual.

Guimarães vai responder por 7 acusações de assédio sexual e 8 de importunação, segundo o blog apurou.

O crime de assédio tem pena de 1 a 2 anos de prisão e o de importunação, de 1 a 5.

No caso do ex-presidente da Caixa, a denúncia prevê o agravamento das penas pelo fato de ele ter autoridade sobre as vítimas.

blog procurou a defesa das vítimas. A advogada Soraia Mendes confirmou o recebimento da denúncia após a divulgação do fato pelo site Metrópoles, mas diz não poder comentar o caso por estar sob sigilo para proteger a defesa das vítimas.

Em nota, o advogado de Pedro Guimarães, José Luis de Oliveira Lima, negou que o ex-presidente da Caixa tenha cometido crimes.

“A defesa de Pedro Guimarães nega taxativamente a prática de qualquer crime e tem certeza que durante a instrução a verdade virá à tona, com a sua absolvição”, diz a nota.

Queda

Denúncias de assédio sexual contra Guimarães vieram à tona no fim de junho de 2022 e tornaram inviável a permanência dele no comando da instituição.

Funcionárias da Caixa relataram à TV Globo episódios de assédio sexual e moral por parte de Guimarães, que ocorriam tanto em particular quanto na frente de outros colegas.

Segundo uma dessas vítimas, em viagem de trabalho, Guimarães colocou a mão no bolso de trás da calça dela. “Estava num momento de confraternização, ele ia me entregar alguns objetos e quando ele foi tentar colocar no meu bolso, minha mão estava ocupada, quando ele tentou colocar no meu bolso da frente, que meu bolso da frente era um bolso falso, ele colocou no bolso atrás, ele enfiou tentando já apalpar minha bunda e falou com esses termos: ‘Eu vou botar na frente.’”

Ainda em junho, Guimarães teve de pedir demissão. A essa altura, o inquérito sigiloso para apurar as denúncias já prosseguia no Ministério Público Federal.

STF pode derrubar nesta sexta prisão especial para quem tem curso superior; entenda

Sessão plenária do STF — Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) pode derrubar, nesta sexta-feira (31), um dispositivo do Código de Processo Penal (CPP) que garante a formados em cursos superiores o direito de ficarem presos, provisoriamente, em celas especiais.

O julgamento termina às 23h59 de sexta, se não houver interrupção por algum ministro. Até o fim da manhã, o placar era de 6 votos a 0 pra derrubar a regra.

Votaram nesse sentido Alexandre de Moraes (relator), Cármen Lúcia, Rosa Weber, Dias Toffoli, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso.

Entenda no texto abaixo 

O que diz o Código de Processo Penal?

Segundo o Código de Processo Penal (CPP), até a condenação definitiva, o preso diplomado por qualquer das faculdades superiores do país ficará preso provisoriamente em um local distinto dos presos comuns.

Além de presos provisórios com ensino superior, essa previsão também existe para outras categorias, como ministros de Estado, governadores, ministros de Tribunais de Conta entre outros.

O que significa prisão especial?

De acordo com o CPP, a prisão especial consiste exclusivamente no recolhimento do diplomado em local distinto da prisão comum.

E se não houver local distinto?

Caso não haja estabelecimento específico para o preso especial, ele será recolhido em cela distinta do mesmo estabelecimento, uma “cela especial”.

O que é a cela especial?

O CPP não traz características desta cela. Diz apenas que poderá ser um alojamento coletivo, “atendidos os requisitos de salubridade do ambiente, pela concorrência dos fatores de aeração, insolação e condicionamento térmico adequados à existência humana”.

Quais outros direitos do preso especial?

Ele tem o direito de não ser transportado juntamente com o preso comum. Os demais direitos e deveres do preso especial serão os mesmos do preso comum.

O que o STF decidiu?

O julgamento está em andamento, mas a Corte já formou maioria para derrubar o dispositivo que prevê a prisão especial para quem tem curso superior.

O voto do relator, ministro Alexandre de Moraes, foi seguido por Cármen Lúcia, Rosa Weber, Luiz Edson Fachin, Dias Toffoli e Luís Roberto Barros

Quais os argumentos?

Segundo Moraes, autor do voto vencedor, a norma é inconstitucional e fere o princípio da isonomia.

Em seu voto, o ministro afirmou que não há justificativa para manter um benefício que, segundo ele, transmite a ideia de que presos comuns não se tornaram pessoas dignas de tratamento especial por parte do Estado.

Para o ministro, “a extensão da prisão especial a essas pessoas caracteriza verdadeiro privilégio que, em última análise, materializa a desigualdade social e o viés seletivo do direito penal, e malfere preceito fundamental da Constituição que assegura a igualdade entre todos na lei e perante a lei”, escreveu.

Como fica a regra, se a decisão for confirmada?

Se o placar for mantido e o resultado for proclamado, a partir de agora, presos provisórios com curso superior serão encaminhados para celas comuns e não mais para locais distintos dos demais presos.

Nos votos, ministros ressaltaram que presos podem ser separados, inclusive os com diploma de curso superior, para garantir a proteção da integridade física, moral ou psicológica, como prevê a lei.

Escolas estaduais são pontos para a arrecadação de alimentos do Programa Bahia sem Fome

As 1.065 escolas da rede estadual de ensino em toda a Bahia são pontos de arrecadação de alimentos do Programa Bahia Sem Fome. As doações poderão ser feitas nos três turnos de funcionamento das unidades escolares: matutino, vespertino e noturno. Podem ser doados alimentos não perecíveis, como arroz, feijão, açúcar, óleo, farinha, macarrão, café, leite em pó, flocos de milho e tapioca, exceto sal.

Como parte das ações pedagógicas já implementadas na rede estadual de ensino, algumas unidades escolares também realizam gincanas e projetos solidários que envolvem a arrecadação de alimentos. Com o Bahia sem fome, os gêneros alimentícios arrecadados também serão destinados ao programa. E para estimular o engajamento do público externo também serão promovidos, nas escolas, eventos artísticos com apresentações de dança, música e teatro, além de sessões de cinema comunitário, com entrada mediante doação de 1 kg de alimento não perecível. Caberá cada unidade escolar realizar a sua própria programação.

*Alimentação escolar* – Com foco na segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias, o governo do Estado também tem investido em políticas públicas estruturantes. Um dos exemplos é o reforço na alimentação escolar, que teve investimentos próprios do executivo estadual de R$ 234 milhões, além do aporte recebido pelo governo federal, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Destaca-se, ainda, o Programa Bolsa Presença, destinado a famílias de estudantes matriculados na rede estadual de ensino, em condições de vulnerabilidade socioeconômica e cadastradas no CadÚnico, cujo objetivo é assegurar a presença dos estudantes na escola. Cada família beneficiada recebe R$ 150 por mês, acrescidos de R$ 50 a partir do segundo aluno matriculado. Para este ano, o Governo da Bahia destinou R$ 700 milhões ao programa.

*Sobre o Bahia sem Fome* – O Bahia Sem Fome é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Coordenação Geral das Ações Estratégicas de Combate à Fome, que tem entre seus principais objetivos superar as situações de insegurança alimentar e nutricional da população. A ação multissetorial e intersetorial envolve diversas secretarias de Estado. Mais informações sobre o programa podem ser obtidas no site www.bahiasemfome.ba.gov.br.

Nupraj da Faculdade de Ilhéus vai à comunidade e promove Direitos da Mulher

O Núcleo de Prática Jurídica (Nupraj) da Faculdade de Ilhéus promoveu uma série de atividades de extensão pela valorização dos Direitos da Mulher, no Centro Social Nossa Senhora da Vitória, unidade da Fundação Fé e Alegria, localizado no bairro Nossa Senhora da Vitória. As ações foram dirigidas às mulheres assistidas por aquele Centro Social, coordenado por Josefa Soares dos Santos, e contaram com serviços oferecidos pelos cursos de Odontologia, Gastronomia e Estética e Cosmética.

Participaram do evento, o professor Joilson Vasconcelos, coordenador do curso de Direito, a coordenadora do Nupraj, professora Cinthya Santos Silva, e os professores Lavínia Nascimento e Dartagnan Santos. Os estudantes do curso de Direito iniciaram as atividades com um bate-papo sobre Direito Previdenciário e explicaram a diferença entre Aposentadoria e o BPC – Benefício de Prestação Continuada, que não tem 13º salário e nem deixa pensão para dependentes.

 

Também foi dito que existem requisitos para ser segurado do INSS. Não basta iniciar a contribuir para ter direito ao auxílio-doença ou de incapacidade permanente, é preciso estar na qualidade de segurado, ter quitado 12 contribuições mensais e cumprir um período de carência, à exceção de acidentes decorrentes do trabalho ou doenças graves comprovadas em perícia médica. As contribuições podem ser feitas através de carteira assinada, que recolhe quando você é empregado; de forma autônoma; e pode ser de classe especial, voltada para a zona rural. Foram feitos esclarecimentos também sobre Pensão Alimentícia.

Leis – Convidada especial do evento, a delegada Camila França de Souza, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), falou sobre as leis que protegem as mulheres. “O mês de março serve para lembrar como foi a luta das mulheres para que a gente conquistasse os direitos que temos hoje. Há um projeto de lei, que a gente espera que passe pela votação do congresso, que iguala os salários de homens e mulheres que exercem o mesmo cargo, que têm mesma função e a mesma carga horária. A verdade é que até hoje há casos que a mulher que ganha bem menos que o homem exercendo o mesmo cargo”, afirmou.

A DEAM funciona de segunda a sexta-feira, em horário comercial, das 08h ao meio-dia, das 14h às 18h, e atende a todos os casos de violência contra a mulher. “Não só Maria da Penha, nós atendemos os casos de termos circunstanciados, que são crimes de menor potencial ofensivo, as brigas de vizinhos, brigas de trânsito (geralmente, quem faz é a outra delegacia, mas a gente também atende esses casos), casos de abuso sexual em crianças e adolescentes, e mulheres também. E atendemos também a importunação sexual, uma lei nova, que foi promulgada recentemente”, explica a delegada.

A delegada Camila França também deu explicações sobre violência doméstica. “É violência física (tapas, murros, esticões de cabelos, empurrões), violência psicologia (engloba ameaça), a violência sexual, a violência patrimonial (o que é seu, é seu. Você tem direito aos seus documentos, as suas coisas, aos seus pertences. A partir do momento que o outro toma, é como se fosse um furto, apropriação indébita”, esclareceu. E finalizou sua explanação com um convite a todas as participantes para visitarem a Delegacia da Mulher, localizada na Av. Litorânea Norte, ao lado do SAMU, no bairro do Malhado.

Professores Cinthya Santos e André Cabral, a delegada Camila França, os professores Joilson Vasconcelos e Dartagnan Santos

Serviços – Na oportunidade, o coordenador de Gastronomia, professor André Cabral, falou das oportunidades que a gastronomia oferece no mercado de trabalho, do aprimoramento de técnicas para aquelas que já trabalham na cozinha e do preparo da alimentação alternativa, acessível à população de baixa renda.  As mulheres tiveram a oportunidade de experimentar uma empada aberta de jaca, que elogiaram bastante.

Sob orientação da professora Kelly Papalardo, os estudantes de Estética e Cosmética ofereceram massagem na maca e quick massage, massagem rápida realizada em uma cadeira específica. Já os estudantes de Odontologia orientaram as participantes sobre a importância da escovação e da higiene bucal, além de encaminharem algumas mulheres para o atendimento na Clínica de Odontologia da Faculdade de Ilhéus.

Lagoa Encantada sedia etapa do Circuito de Travessias Equipadas da Bahia

Acontecerá neste sábado, dia 1 de abril às 10 horas, na Lagoa Encantada,  em  Ilhéus, a primeira etapa do Circuito de Travessias Equipadas da Bahia.

O evento, promovido pela M. S.A.S. Mix Sports Aquáticos e Subáquaticos, terá a participação de 110 atletas de nove cidades, representado dezesseis clubes esportivos.

De acordo com os organizadores, além da prática esportiva, o objetivo é gerar gerar renda para os moradores da Lagoa, incentivar a conservação ambiental e chamar a atenção das autoridades para a necessidade de recuperar a estrada que dá acesso  a um dos mais belos recantos naturais da região.

Informações:  (73) 99178-1659

Mário Alexandre prestigia abertura do “Origem Week”, maior festival de produtos gourmet da Bahia

 

Origem Week 2023; chocolate

Ao lado do vice-governador da Bahia, Geraldo Júnior, da deputada estadual Soane Galvão e demais autoridades, o prefeito Mário Alexandre participou da abertura oficial da 2ª edição do “Origem Week – Feira de Origem e Negócios”, na noite da última quinta-feira (30), em Salvador. Considerado o maior festival de produtos gourmet e de origem da Bahia, o evento reúne até o próximo domingo (2) o que há de melhor em produtos artesanais e da agricultura familiar, com expositores e representantes das principais marcas e produtores do setor.

“Ilhéus marca presença em um movimento importante, que leva o nosso cacau e chocolate para todo o Brasil. Agradeço ao governador Jerônimo, ao nosso vice-governador Geraldo Júnior, ao querido secretário Bacellar e toda a equipe do Governo da Bahia, que nos ajudam a promover um trabalho para garantir o desenvolvimento da nossa cidade e qualidade de vida ao nosso povo”, ressaltou o gestor.

 

Origem Week 2023; chocolate

A primeira edição, realizada em 2022, alcançou a cifra de quase R$ 2 milhões em negócios. Neste ano, o público contará com mais de 200 expositores e 250 marcas de diversos municípios baianos, além de outros estados convidados.

Conforme os organizadores, a proposta do Origem Week 2023 é fomentar a diversidade e promover os produtos associados às 13 zonas turísticas da Bahia, ocupando todo pavilhão de feiras do Centro de Convenções com a presença de chefs, empreendedores, produtores, atacadistas, varejistas, especialistas em gastronomia e consumidores em geral.

Tour pelo Origem Week – Em visita aos stands, soteropolitanos e turistas poderão degustar o que há de melhor em doces e geleias, cervejas artesanais, vinhos, cachaças, licores, gins, embutidos, biscoitos e tantos outros produtos.

O espaço conta ainda com ampla divulgação da cadeia produtiva dos derivados de chocolate, cacau e café, incluindo conhecimento de elementos culturais, com destaque para os destinos e as festas populares realizadas em diversas regiões da Bahia.

Integram o projeto os eventos já consagrados no mercado, como o Chocolat Salvador Festival, Salão do Café, Bahia Descobre a Bahia e Origem Brasil, bem como os lançamentos da Ilha do Mel e o Wine Road Show, apresentando marcas baianas, nacionais e importadas.

O Origem Week 2023 é uma realização da MVU Empreendimentos/Grupo M21, em parceria com o Governo da Bahia.  O projeto inovador faz parte do calendário de eventos do estado.

Em Salvador, prefeito Mário Alexandre é condecorado durante 55º Encontro do COPEDEM

 

COPEDEM; TJBA

Na última quinta-feira (30), o prefeito Mário Alexandre participou do 55º Encontro do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (COPEDEM), realizado no auditório Desembargadora Olny Silva, no edifício-sede do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA), em Salvador.

Acompanhado do vice-prefeito Bebeto e da deputada estadual Soane Galvão, o gestor foi condecorado com a outorga de diploma e medalha, honraria concedida às pessoas que prestam relevantes serviços ao aprimoramento do ensino jurídico.

“A palavra é gratidão. Levamos o nome da nossa amada Ilhéus para toda a Bahia e todo o Brasil. Encerramos a agenda recebendo mais um diploma que reconhece a participação e parceria do Município para promover um trabalho em prol do bem-estar do nosso povo. Vamos continuar lutando muito por nossa terra e unidos construiremos uma cidade digna para todos”, destacou o chefe do Executivo ilheense.

A abertura do encontro contou com as presenças do presidente do TJBA, desembargador Nilson Soares Castelo Branco; do diretor-geral da Universidade Corporativa do TJBA (Unicorp), desembargador Mário Albiani Alves Júnior; do diretor-geral da Escola de Magistrados da Bahia (Emab), juiz Marcelo José Santos Lagrota Félix; e do presidente do COPEDEM, desembargador Marco Villas Boas.

Sob o tema “O Papel das Escolas Híbridas na Transformação Digital do Poder Judiciário”, a programação segue até esta sexta-feira (31), abordando conferências educativas e de grande relevância para gestão das Escolas Estaduais e Judiciais da Magistratura.

Fruto de parceria entre o Copedem, o TJBA, a Unicorp e a Emab, o evento conta ainda com a solenidade de assunção dos presidentes dos Fóruns Permanentes da Unicorp, instituídos através da Instrução Normativa n° 01/2023.

Cerimônia de troca de placas celebra passagem do Costa Firenze por Ilhéus

Costa Firenze

Nesta quinta-feira (30), Ilhéus deu as boas-vindas ao Costa Firenze, maior navio da frota Costa a navegar em águas brasileiras. A passagem do transatlântico pela cidade foi marcada pela cerimônia de troca de placas, uma vez que o navio atracou pela primeira no Porto do Malhado. Das mãos do comandante Giovanni Cosini, o prefeito Mário Alexandre recebeu uma placa como forma de reconhecimento pelos serviços prestados durante a recepção aos turistas de cruzeiros no município.

Na mesma ocasião, a Prefeitura entregou uma placa à empresa, destacando a importância do transatlântico para a economia de toda a região. O ato aconteceu no deck 4 e contou com as presenças do vice-prefeito Bebeto, da deputada estadual, Soane Galvão, da ex-deputada Ângela Sousa, secretários e autoridades militares.

 

Costa Firenze

Durante a temporada de navios, a cidade recepcionou no Centro de Convenções cerca de 100 mil turistas, com um total de R$ 50 milhões injetados no comércio local, o que resultou na geração de emprego e renda para diversos segmentos. O chefe do Executivo ilheense agradeceu a parceria da Costa Firenze e reforçou o convite para que sempre retorne à cidade.

“Fico honrado em representar Ilhéus nesse momento de reconhecimento e congratulações pela parceria, no tratar bem ao nosso visitante. A previsão para a próxima temporada é de aumentarmos ainda mais essa atração de turistas e os investimentos no nosso município. Com fé em Deus e com muito trabalho assim será”, acrescentou.

O evento foi realizado graças ao trabalho desenvolvido por Avani Duran, dona da LR Turismo, agência responsável pelo receptivo da Costa em todo o Nordeste brasileiro. Em Ilhéus, o encontro foi organizado por Jussara Clement Ferreira, coordenadora da empresa na cidade.

A troca de placas é uma prática já conhecida na indústria de cruzeiros marítimos e acontece toda vez que um navio chega pela primeira vez a um porto marítimo. A mesma cerimônia já foi realizada em Salvador e no Rio de Janeiro. O Costa Firenze possui 2.163 cabines, 969 delas com varanda, 13 restaurantes e sete bares, possuindo capacidade para 5.260 passageiros.

PRÉ CANDIDATOS A PREFEITO DE ILHÉUS, VEREADOR JERBINHO (PSD) E JOÃO BARROS DISCUTEM ELEIÇÕES DE 2024

 

Na tarde de ontem quarta-feira (29), o vereador e pré candidato a prefeito de Ilhéus, Jerbinho (PSD), esteve com o também pré-candidato a prefeito João Barros, que disputou a última eleição municipal e já foi suplente de deputado federal pelo PSL, em um almoço para discutir sobre atual cenário político ilheense e as eleições de 2024. No encontro, estiveram presentes também o presidente da Câmara de Vereadores, Abraão (PDT), e o empresário Adilson Neves.

De olho na sucessão municipal, Jerbinho tem realizado encontros com grupos políticos distintos para tratar sobre o futuro político de Ilhéus. Segundo o atual vereador, essas reuniões fazem parte do processo de quem quer gerir um município, “dialogar com diversos grupos e partidos”, explicou.

 

informações Ipolitica

Artistas grapiúnas celebram requalificação do Centro Cultural Adonias Filho

 

O Governo da Bahia está concluindo as obras de requalificação do Centro Cultural Adonias Filho, em Itabuna. As intervenções, com investimentos de R$ 3,6 milhões na estrutura física, incluem a reforma completa no auditório com capacidade para 300 pessoas, que recebeu novas poltronas de couro em substituição aos assentos de plástico, iluminação cênica e ar condicionado central, além da recuperação do telhado, pintura e substituição das instalações elétricas e hidráulicas.

“O Centro de Cultura é a nossa casa. Para nós artistas, esse é um espaço fundamental para que a gente possa apresentar nossa produção e receber artistas de outras regiões. É uma referência para todos os que amam a cultura grapiúna”, afirma o músico Jaffet Ornellas. Para o ator Lucas Oliveira “precisamos do retorno das atividades do centro cultural para a permanência das atividades culturais e a volta das oficinas e cursos tão importantes à nossa cidadania”

O Centro Cultural de Itabuna possui auditório para peças teatrais e shows musicais, foyer para exposições, três salas multiuso para aulas da dança, capoeira e reuniões, um anfiteatro para apresentações ao ar livre e uma área externa onde são realizadas atividades como feiras, festivais literários etc.

 

TEMPLO DA ARTE REGIONAL

De acordo com o poeta Walmir do Carmo, “o Centro de Cultura é um templo da arte regional está fazendo muita falta para a produção de espetáculos. Essa requalificação é muito importante para que os artistas voltem a ocupar um espaço fundamental para a arte e a cultura em Itabuna”.

“Todo artista deve estar onde o povo está, cantou Milton Nascimento. Por estar localizado no centro da cidade, esse espaço se torna mais acessível para o público. Faço reverência a essa reabertura, porque valoriza a arte e os artistas grapiúnas”, ressalta a atriz Alba Cristina.

O produtor cultural Claudio Lyrio afirma que “o Centro de Cultura Adonias Filho é um importante equipamento cultural do estado, vários artistas já passaram por aquele palco. Além disso, tem a questão da amplitude territorial que abrange todas as cidades do litoral sul. Seu retorno às atividades é esperado por gestores e toda comunidade artística cultural grapiúna”.

“Estamos no processo final de requalificação desse importante equipamento cultural do nosso estado para entregá-lo à população reformado e modernizado como espaço fundamental de produção e realização da nossa cultura e que integra a política dessa gestão de ampliar a territorialização da cultura, possibilitando apoio, investimentos e todo tipo de política pública que fortaleça as expressões culturais que acontecem nos municípios e nos territórios de identidade”, afirma o secretário de Cultura Bruno Monteiro

Saúde amplia para seis mil número de vagas do Mais Médicos

Anúncio foi feito durante a 24ª Marcha dos Prefeitos

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou nesta quarta-feira (29) que o número de vagas do Programa Mais Médicos para o Brasil, cuja retomada foi anunciada na última semana, será ampliado em mais mil postos abertos ainda no primeiro edital. Em debate na 24ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, a ministra destacou o Movimento Nacional pela Vacinação e investimentos importantes que o governo federal pretende colocar na atenção primária à saúde e no cuidado integral, reduzindo as hospitalizações de longo prazo.

“Nós pactuamos na Comissão Tripartite o Mais Médicos com todas as inovações que pudemos associar pela avaliação e experiência. Infelizmente, nós tínhamos brasileiros fora dessa cobertura no país, o que ocasionou retrocessos importantes nesse programa. E com o relançamento, nós vamos abrir seis mil vagas. Anunciamos [na semana passada] cinco mil, mas vai ser possível, neste momento, ampliar para seis mil vagas”, detalhou.

Ao todo, 16 mil vagas serão abertas até o final deste ano para profissionais que serão responsáveis pela atenção primária em milhares de cidades brasileiras, especialmente nas áreas de extrema pobreza. As outras 10 mil oportunidades serão oferecidas em formato de contrapartida dos municípios e que garante às prefeituras menor custo, viabilização das contratações, maior agilidade na reposição do profissional e permanência nessas localidades.

Marcha

A retomada do diálogo com os entes federativos, das políticas públicas sociais, como o Mais Médicos, de obras importantes e a reabertura das portas dos ministérios do governo federal para os municípios estiveram entre os principais pontos destacados pelos representantes do Poder Executivo), durante a Marcha, ocorrida em Brasília (DF).

Organizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o evento reuniu hoje quatro ministros da Área Social do governo para o painel “Debate com Ministros”. Eles elencaram os principais programas de interesse dos prefeitos e se comprometeram com pautas importantes para os municípios.

Educação

O ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou que o governo está retomando políticas importantes do país como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Ele lembrou que o Pnae foi uma importante política que auxiliou o Brasil a sair do Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2014, e que não era reajustado há pelo menos cinco anos.

Camilo Santana elencou outros reajustes que serão anunciados no repasse de valores, como o programa de apoio ao transporte escolar, o Programa Dinheiro Direto na Escola e as medições de obras pactuadas com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). “A determinação do presidente Lula é que nenhuma obra mais seja paralisada por falta de pagamento do FNDE”, enfatizou o ministro. “Nos municípios com contratos encerrados, vamos reativá-los para garantir que todas as obras de creches e escolas sejam concluída”, anunciou.

“Queremos abrir as portas do MEC para os municípios e os estados brasileiros, construir todas as políticas a partir do diálogo e da parceria e fortalecer o regime de colaboração entre os entes federados. É nos unirmos num processo de reconstrução do nosso país e de valorização e reconhecimento da educação pública, com equidade e qualidade para população brasileira”, defendeu Camilo Santana.

Pacto federativo

Já o ministro das Cidades, Jader Filho, ressaltou a importância do diálogo e da recomposição do pacto federativo com os entes federativos. Ele colocou o ministério à disposição dos prefeitos, apresentou a estrutura de cada uma das secretarias e fez um diagnóstico da situação encontrada pelo governo federal nessa área em janeiro de 2023.

“O Minha Casa, Minha Vida [MCMV] tinha 186,7 mil unidades habitacionais não concluídas. São 186 mil famílias que não estão sendo atendidas. É prioridade que a gente tire essas obras do status de paralisadas ou lentas”, declarou.

Segundo ele, das 82 mil construções de residências que estavam completamente paradas, seis mil foram retomadas. Dentre as novidades da Faixa 1 do MCMV – dedicada às famílias mais pobres, com renda mensal de até R$ 2,6 mil -, está a localização das unidades. “Não será mais permitida a escolha de territórios distantes dos centros das cidades. Nós queremos terrenos mais próximos”, disse Jader Filho, acrescentando que, apesar de continuar comprando terrenos, o governo dará prioridade aos municípios que puderem doar algumas áreas para o programa, o que fará que os recursos sejam investidos em mais residências.

No mesmo painel, o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, anunciou a liberação de R$ 400 milhões em repasse aos municípios para serem utilizados na Busca Ativa do Cadastro Único (CadUnico).



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia