Com um aporte inicial de R$ 400 milhões em investimentos privados e a estimativa de promover mais de 8 mil empregos diretos e indiretos, a Usina São Francisco vai instalar a terceira usina sucroalcooleira do Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco, destinada a produção de etanol anidro e hidratado, ração animal e energia elétrica, no município de Barra. O compromisso foi firmado nesta sexta-feira (21), via protocolo de intenções, assinado com o Governo do Estado, por meio das Secretarias do Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (SDE).

O vice-governador João Leão, secretário do Planejamento e entusiasta do projeto, comemora o crescimento do Polo: “O nosso objetivo é criar 11 usinas, com capacidade produtiva para suprir toda a Bahia. As pessoas que sempre abastecem seus carros com álcool carburante, irão abastecê-los a partir de agora com álcool produzido aqui no Estado. O plano é deixar de importar etanol de outros estados e sermos competitivos no mercado, além de desenvolver a região onde estão os municípios sede deste projeto: Barra, Muquém do São Francisco e Xique-Xique”.

O grupo investidor, que pretende montar a usina sucroenergética, esteve na comitiva da missão institucional do governo baiano que visitou a região essa semana. A nova usina prevê um capacidade de produção de 2 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano, 80 mil litros de etanol anidro/ano e 85 mil litros de etanol hidratado/ano.