WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus prefeitura ilheus secom bahia

maio 2021
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 24/maio/2021 . 16:55

Sebrae Bahia abre processo seletivo com salários de até R$ 7 mil

O Sebrae Bahia abriu processo seletivo para espaços ocupacionais de Analista I e II. As inscrições podem ser feitas até 13/06 no site http://bit.ly/selecaosebrae2021. A seleção será realizada pela Fundação CEFET Bahia.

As vagas são para as áreas de: Compras e Licitação; Administrativo e Financeiro; Gestão de Projetos/Atividades; Atendimento e Orientação Empresarial; e Tecnologia da Informação e Comunicação – Sistemas e Infraestrutura de TI.

O edital completo pode ser acessado também no site. Os salários vão até R$ 7 mil e incluem benefícios.

“Lula vai buscar um nome empresarial para vice”, diz Jaques Wagner

wagnert

O senador Jaques Wagner, um dos melhores amigos do ex-presidente Lula, aponta o caminho que será percorrido pelo líder petista na busca de um vice, em entrevista concedida a Andrea Jubé, no Valor Econômico. “Pra mim sempre será poderoso o binômio operário-empresário que houve em 2002. Já em 2018 eu propus o nome do Josué, mas as coisas aconteceram de outra forma, e hoje ele está trabalhando para ser presidente da Fiesp [Federação das Indústrias de São Paulo]. O Lula inevitavelmente vai buscar uma pessoa que seja complementar: como ele representa o social, vai buscar alguém que represente o empresarial”, diz ele.

“Lula já é de centro, ele é de centro-esquerda. É uma injustiça querer contrapor um cara como o Lula ao atual presidente, um contrassenso. Lula foi um conciliador. Quando foi que o Lula propôs a fissura da sociedade brasileira?”, questiona. Wagner também afirma que Bolsonaro tende a ser derrotado por seu radicalismo.

Vacinação em Ilhéus: Cerca de 70 mil doses contra a Covid-19 foram aplicadas nos grupos prioritários

Balanço semanal

Ilhéus aplicou 67.956 doses da vacina contra a Covid-19 até o momento, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). Desse total, 45.405 doses correspondem ao primeiro ciclo (D1) e 22.551 referem-se ao segundo ciclo (D2) do esquema vacinal dos grupos prioritários. Os dados também são divulgados diariamente no painel de acompanhamento da cobertura vacinal Covid-19 da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Balanço – Conforme a Sesau, dos dias 17 a 21 de maio foram ministradas 699 unidades da vacina referentes à primeira dose e 4.139 doses de reforço. No total, foram imunizadas 4.838 pessoas, entre pacientes com hipertensão arterial sistêmica; obesidade mórbida; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; transplantados; pacientes diabéticos; renais crônicos e com cirrose hepática.

No período mencionado também foram imunizados portadores de Síndrome de Down; hemoglobinopatia; pneumopatia; trabalhadores do transporte coletivo; profissionais da Educação Básica e do Ensino Superior; servidores da limpeza pública; profissionais das forças de segurança e salvamento; puérperas; idosos; pessoas com deficiência e imunossuprimidos.

A Sesau reitera que mesmo com o início da vacinação de parcela da população, é necessário manter as medidas de prevenção, com uso de máscara de proteção, higienização das mãos e distanciamento físico (social).

Balanço semanal da vacinação contra a Covid-19 em Ilhéus

Data 17/05 18/05 19/05 20/05 21/05
Dose D1 D2 D1 D2 D1 D2 D1 D2 D1 D2 Total
Oxford/AstraZeneca 317 2 219 84 7 47 10 15 44 745
CoronaVac 1 3.139 9 470 187 7 233 47 4.093
Total 318 3.141 228 470 84 194 54 243 15 91 4.838
Fonte: Secretaria Municipal de Saúde (Sesau)

“Tudo depende do fluxo de vacinas”, afirma Rui sobre realização do carnaval e outros eventos públicos

rui alerta (1)

Frisando que ainda aposta na liberação da vacina russa Sputinik V pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o governador da Bahia, Rui Costa, disse que a realização do carnaval 2022 depende do fluxo desses imunizantes no estado.

 

Em entrevista à Bandnews TV nesta segunda-feira (24) ele disse que espera vacinar boa parte da população com a doses da Sputinik e retomar o turismo e outras diversas atividades econômicas a partir do final deste ano, gerando emprego e renda.

Toque de recolher é prorrogado até 1º de junho em toda a Bahia

19-25-27-9274654_x240.jpg

 

O Governo do Estado decidiu manter a restrição da locomoção noturna de pessoas das 21h às 5h, em toda a Bahia e em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos decretos municipais, até o dia 1º de junho. Nas regiões da Chapada, Oeste, Sudoeste e Extremo-Sul, as medidas de restrição de locomoção tem validade das 20h às 5h.

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção será válida das 22h às 5h.

O funcionamento de bares e restaurantes deve ficar limitado às 19h todos os dias, até 1º de junho. No final de semana, o funcionamento dos bares e restaurantes deve estar restrito à comercialização de alimentos e bebidas não alcoólicas, pois das 18h de 28 maio até as 5h de 31 de maio, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos fica proibida, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), com exceção apenas para as regiões de saúde que alcancem a taxa de 75% ou menos de ocupação de leitos de UTI, durante cinco dias consecutivos

A circulação das lanchinhas deve ser suspensa das 22h30 às 5h, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação durante o fim de semana.
Região Metropolitana

O toque de recolher nas cidades da região metropolitana tem validade das 20h do dia 28 às 5h de 31 de maio. Com isso, o funcionamento dos meios de transporte metropolitanos e ferry boat fica suspenso no período das 20h30 às 5h, de 28 até 30 de maio, sendo proibido o funcionamento do ferry boat nos dias 29 e 30.

De acordo com o decreto, a comercialização de bebidas alcoólicas nos municípios desta região fica proibida das 20h do dia 28 às 5h do dia 31 de maio.

*Aulas*

As unidades de ensino públicas e particulares podem manter as atividades de forma semipresencial. Para que isso ocorra, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid esteja abaixo de 75%, por cinco dias consecutivos, nas regiões de saúde.

Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.

Eventos e shows

Os eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas continuam proibidos, em todo o território da Bahia, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados.

Segue suspensa ainda a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes, além de atividades esportivas amadoras em todos os municípios baianos, até 1º de junho.

A atualização do decreto determina ainda a permissão de eventos profissionais e científicos com até 50 pessoas; além de atos religiosos litúrgicos desde que esses ocorram com 25% da ocupação dos espaços. Academias também podem manter o funcionamento, desde que limitem a 50% da capacidade.

Bahia pode atingir a marca de 10 milhões de vacinados até o fim de julho, afirma Rui

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), acredita que é possível que o estado atinja a marca de 10 milhões de vacinados contra a Covid-19 até o fim de julho deste ano. Previsão, no entanto, depende da regularização das entregas de imunizantes produzidos pelo Instituto Butantan e Fiocruz, além da Anvisa aprovar a vacina russa Sputnik V.

“Nós podemos receber aqui no Nordeste sete milhões de doses [da Sputnik V] e a Bahia já receberia duas milhões de doses já nesse mês de maio, porque nós compramos 10 milhões de vacina para receber até julho. Então, nós teríamos capacidade de imunizar até julho, cinco milhões de baianos”, contou o governador.

Na previsão do petista, com os três milhões de baianos já vacinados, mais os cinco milhões que seriam vacinados com o imunizante russo, além de outros dois milhões que seriam vacinados com as vacinas AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer, o estado deve totalizar até o fim de julho dez milhões de imunizados contra o coronavírus.

Fiscalização encerra festa clandestina no litoral norte de Ilhéus

Fiscalização encerra festa clandestina

Agentes do setor de Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Ilhéus, efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) e guarnições da Polícia Militar encerraram na noite do sábado (22) uma festa no estilo “paredão” na localidade conhecida como Prainha, litoral norte da cidade. O evento clandestino também aconteceu no dia anterior, no Morro de Pernambuco, e cerca de 200 pessoas sem máscara foram dispersadas dos locais, após descumprirem as normas de prevenção à Covid-19 estabelecidas no município, com toque de recolher e proibição de eventos que envolvam aglomeração.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) explica que o momento é de alerta, visto que a taxa de ocupação de leitos de UTI na região voltou a apresentar curva crescente, bem como o número de casos confirmados. Ademais, foi identificada a variante indiana do coronavírus na última semana, no estado do Maranhão. A Administração Municipal conta com a colaboração da população para cumprir os protocolos de saúde e explica que denúncias de aglomerações podem ser feitas através do número 190.

Fiscalização encerra festa clandestina

A operação contou com reforço das guarnições da 70ª Companhia Independente de Polícia Militar (70ª CIPM), Companhia Independente de Policiamento Especializado Cacaueira (CIPE/Cacaueira) e da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), que apreendeu equipamentos na Prainha. Além das festas de paredão de som, os agentes também dispersaram o público na Passarela do Álcool, no Pontal, na última sexta-feira.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado pela Sesau na sexta-feira (21), Ilhéus possui 16.904 pacientes curados da Covid-19 e 228 pacientes infectados pela doença, dos quais 30 estão internados em UTI. Dos 81 leitos exclusivos para tratamento do coronavírus, 31 estão ocupados com pacientes oriundos de outros municípios.

Governador vai fechar cervejarias para evitar aglomeração na Bahia

A Bahia avalia fechar cervejarias no estado como medida de combate a um novo crescimento de casos a agravamento da pandemia da Covid-19. A possibilidade foi reconhecida pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, nesta segunda-feira (24). Tem sido recorrente a dispersão de aglomerações em festas clandestinas nos fins de semana tanto no interior quanto na capital, e o fato tem preocupado a gestão estadual.

 

Na avaliação do secretário, a bebida é o grande “vilão”, principalmente a cerveja. Ele acredita que estão entre os maiores responsáveis pelas aglomerações causadas por festas clandestinas. “Ninguém faz um reggae desse aí sem estar movido a cerveja, que é a bebida mais consumida na Bahia”, sinalizou.

 

Diante disso, Vilas-Boas afirmou “vai chegar o dia que nós teremos que fechar fábricas de cerveja na Bahia”. O secretário fez a afirmação durante entrevista ao Jornal da Manhã, na TV Bahia.

 

O titular da Sesab reforçou o argumento citando dados divulgados neste fim de semana que mostram que o volume de vendas de cerveja no Brasil em 2020 foi o maior dos últimos 6 anos. Foram comercializados 13,3 bilhões de litros, perdendo só para 2014, ano em que o país sediou a Copa do Mundo.

 

Na Bahia estão instaladas cervejarias como a do grupo Petrópolis, Ambev, Heineken, entre outras.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia