WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

soane galvao camara de ilheus camara de ilheus prefeitura de ilheus prefeitura ilheus secom bahia faculdade ilheus

junho 2021
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: jun/2021

Covid-19: Secretário de Saúde da BA anuncia chegada de mais de 264 mil doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer

Bahia receberá lote com novas doses da vacina contra a Covid-19 — Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Bahia receberá lote com novas doses da vacina contra a Covid-19 — Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou a chegada de 264.520 doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer. A previsão é de que as vacinas cheguem nesta tarde.

De acordo com Vilas-Boas, as doses são distribuídas entre: 228.250 doses da Astrazeneca, que devem chegar às 13h50, e 36.270 doses da Pfizer, que chegarão às 16h20.

A secretaria ainda não detalhou como as doses serão distribuídas, mas as remessas anteriores foram enviadas para municípios que já aplicaram 85% das doses, por decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Secretário de Saúde da BA anuncia chegada de mais de 264 mil doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Secretário de Saúde da BA anuncia chegada de mais de 264 mil doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Protesto de índios fecha a rodovia Ilhéus/Olivença

Índios protestam na manhã de hoje (30) na Rodovia BA-001, em Olivença. A pista está totalmente interditada nos dois sentidos pelos manifestantes que usaram pneus e madeiras e fecharam a via. O ato é organizado pelos líderes tupinambás.

Os manifestantes são contra a aprovação do Projeto de Lei 490, de 2007. Ele prevê mudanças no reconhecimento da demarcação das terras e do acesso a povos isolados.

É o terceiro protesto em menos de 2 semanas em Ilhéus realizado pelos indígenas. Prepostos da polícia rodoviária estadual já estão no local tentando negociar com os índios, no sentido de liberar o fluxo de pista.

Ilhéus: Policia apreende arma de fogo e drogas em Sambaituba

Ontem (29), por volta das 07h, as guarnições do PETO e da ROTAM foram acionadas através do Dique-Denúncia da 70ª CIPM, informando sobre indivíduos homiziados em uma casa abandonada no distrito de Sambaituba, indivíduos esses, contumaz na prática de roubo de celular e outros.

Os policiais, ao chegarem no local, encontraram duas pessoas, um deles estava em posse de uma arma de fogo, certa quantidade de drogas e objetos roubados.

Os envolvidos e o material apreendido foram apresentados na delegacia para adoção das medidas cabíveis.

Ponte Jorge Amado melhora mobilidade urbana e vira “cartão-postal” em Ilhéus

Foto_Mateus Pereira_GOVBA (1)

Inaugurada pelo Governo do Estado há um ano, a ponte Jorge Amado, que liga o centro à zona sul de Ilhéus, melhorou a mobilidade urbana na cidade e se transformou em um verdadeiro cartão-postal, na belíssima paisagem natural da Baia do Pontal, onde o Rio Cacheira se encontra com o mar.

Primeira ponte estaiada da Bahia, a obra recebeu investimentos de cerca de R$ 100 milhões. Com 533 metros de extensão, a ponte possui 25 metros de largura, abrange um sistema viário com 2,7 quilômetros e é dotada de quatro pistas de rolamento para veículos, uma ciclofaixa e faixa para pedestres. A obra beneficia aproximadamente 511 mil pessoas que moram nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

Anselmo Clemente

Anselmo Clemente

Para a população ilheense, o primeiro ano de entrega da ponte é motivo de orgulho e satisfação, numa cidade repleta de encantos naturais, grande patrimônio cultural e arquitetônico e agora um promissor polo de produção de chocolates de origem que conquistam mercado no Brasil e no exterior.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus, Anselmo Clemente, destaca que o impacto da ponte “foi totalmente positivo, porque havia uma única ponte que travava o trânsito pela manhã e final de tarde, com prejuízos para o comércio. Hoje tudo ficou mais ágil. As pessoas se deslocam com rapidez. A nova ponte era o que faltava para a cidade deslanchar como polo comercial, industrial, turístico e prestador de serviços. É um divisor de águas na história da cidade”.

O fluxo médio é de 8 mil veículos/dia durante a semana e de 10 mil veículos/dia nos finais de semana, sem o registro de congestionamentos. “Esperamos por essa ponte há mais de 30 anos. Ela desafogou o tráfego na cidade e agora a ligação entre o centro e a zona sul ficou muito mais rápida. Trata-se de uma grande obra do Governo do Estado”, afirma o profissional liberal Jorge Guerra.

José Humberto Sá Nery

José Humberto Sá Nery

Nilson dos Santos Carneiro, que trabalha em uma cabana de praia, ressalta que “com a ponte, melhorou muito o movimento, já que as pessoas que frequentam o litoral não perdem mais tempo em congestionamentos”.

Mobilidade e turismo pós pandemia

Para o operador de turismo José Humberto Sá Nery, “além de melhorar a autoestima do ilheense, a ponte é um grande vetor de desenvolvimento, com a valorização das áreas próximas, o impulso na construção civil e as perspectivas para o turismo, no pós pandemia, quando a cidade certamente terá um grande impulso no setor que gera milhares de empregos”.

Altran Lima

Altran Lima

O motoboy Altran Lima diz que “o nosso trabalho melhorou muito porque podemos atender mais clientes. O trajeto ficou mais rápido, mas os benefícios são para toda a população. Ilhéus só tem a agradecer ao Governo do Estado pela concretização de um projeto tão importante”. Segundo o taxista Lindon Johnson Almeida, “a gente enfrentava grandes engarrafamentos, porque havia um único acesso que causava transtornos que hoje deixaram de existir. A melhora na mobilidade urbana é visível para os ilheenses e moradores de outras cidades”.

Para o estudante Pedro Hora, “a ponte melhorou a vida de quem mora na zona sul e precisa se deslocar diariamente para o centro e vice-versa, facilitando também o acesso às praias. O transito hoje flui normalmente em qualquer horário. Além disso, a ponte deixou a cidade ainda mais bonita. As pessoas param e tiram fotos. Ilhéus ganhou um cartão-postal que é orgulho para todos nós”.

 

Como obra complementar do acesso à ponte, o Governo do Estado realizou a recuperação e duplicação da rodovia BA-001, no trecho entre as proximidades do Hotel Opaba e o entroncamento da BR-251. Com extensão de 5,4 quilômetros, a duplicação teve um investimento de R$ 10,5 milhões.

Em Ilhéus, ministros dialogam sobre retomada do turismo na região sul da Bahia

Visita dos ministros

O prefeito Mário Alexandre, o vice-prefeito Bebeto Galvão, gestores de cidades do sul da Bahia e representantes do trade turístico participaram na terça-feira (29) de audiência com os ministros do Turismo, Gilson Machado e da Cidadania, João Roma, realizada no auditório do Hotel Aldeia da Praia, em Ilhéus.

Atendendo o convite feito pelo chefe do Executivo ilheense, a comitiva realizou um passeio pelo Centro Histórico da cidade, com paradas no Palácio do Paranaguá, Teatro Municipal e na Catedral de São Sebastião. Os ministros se comprometeram a prestar auxílio, com anúncio de investimentos no setor turístico para alavancar a economia da região.

Mário Alexandre ressaltou que o apoio na captação de recursos é necessário para promover a retomada econômica dos municípios. “A união entre os diversos setores é fundamental para dar impulso ao desenvolvimento da nossa cidade e das cidades que fazem parte da nossa região. Então, a gente acredita que esse trabalho de parceria é necessário para fortalecer a atividade, atender as demandas do setor e oferecer conforto e bem-estar aos visitantes e melhor qualidade de vida ao nosso povo”.

O evento também contou com as presenças do Secretário Especial de Cultura, Mário Frias; da Presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Larissa Peixoto; dos deputados federais João Carlos Bacelar e Júlio César Ribeiro; secretários; assessores e autoridades civis e militares.

A audiência abordou os desafios no pós-pandemia, com o início de estudos sobre o potencial turístico do sul do estado. A melhoria estrutural do aeroporto Jorge Amado e ampliação da oferta de voos também foram pautas do encontro.

Na ocasião, foi apresentado o projeto “Ilhéus Rumo aos 500 Anos”, iniciativa que faz parte da estruturação do Museu da Capitania, ambiente que terá como missão salvaguardar o acervo que testemunha meio milênio da formação cultural, social e econômica de uma das cidades mais importantes dentro da história do Brasil. A visita dos ministros também integra as comemorações do aniversário de 487 anos do município, celebrado na segunda-feira (28).

Grupo Adaptalia chega à Bahia e atua na Proteção de Dados Pessoais

O Grupo Adaptalia é uma das empresas líderes quando se trata da Proteção de Dados Pessoais, um setor de extrema importância no cenário mundial atual. Com sede em Madrid, na Espanha, o Grupo vem ampliando sua área de atuação para países como Portugal, México e Bolívia e, em outubro de 2020, iniciou suas atividades em Salvador, na Bahia, com a proposta de atender o mercado brasileiro.

Focada na assessoria de pequenas e médias empresas no processo de adequação à LGPD, possui uma metodologia descomplicada e ágil, que contempla todos os requisitos exigidos pela Lei, tais como a nomeação de Encarregado de Tratamento (“Data Protection Officer” – DPO, em inglês), coleta do consentimento, formação para funcionários, elaboração do Registro de Operações de Tratamento, entre outros.

Possui, hoje, uma carteira internacional com mais de 8.000 clientes. Na Bahia, conta com clientes como hospitais, administradoras de condomínio, shopping center, clínicas médicas e, recentemente, firmou um convênio com a Associação Baiana dos Notários e Registradores (ABNR) para a adequação dos cartórios associados.

LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS

Em Setembro de 2020 entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei nº 13.709/2018), que estabelece diversas regras quanto à coleta, uso, armazenamento e compartilhamento, por parte das empresas públicas e privadas, dos dados pessoais dos seus clientes/usuários.

A consultora sênior do Grupo Adaptalia no Brasil, Larissa Aguiar, destaca que a LGPD foi inspirada no Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia, também conhecido pela sigla GDPR, em inglês.

“Com a entrada em vigor da LGPD, o Brasil passa a integrar a relação dos países que se preocupam e valorizam a proteção de dados pessoais”.

Com a nova legislação, os titulares, identificados como as pessoas naturais que cedem os seus dados pessoais para tratamento, passam a ter diversos direitos, garantindo mais transparência e segurança quando da utilização dos seus dados pelas empresas. Larissa Aguiar cita, como exemplo, o direito de acesso aos dados – ou seja, as empresas passam a ter de informar quais dados possui daquele cidadão, bem como para qual finalidade são coletados.

A LGPD faz parte do nosso cotidiano e podemos observar sua utilização com a necessidade de aceitação da Política de Privacidade e a Política de Cookies ao ingressar em diversos websites ou aplicativos.

MARCO LEGAL

Larissa Aguiar aponta ainda que a entrada em vigor da LGPD cria um marco legal para o desenvolvimento das novas tecnologias no Brasil.

“Os novos produtos, especialmente aqueles que possuem inteligência artificial, têm como base a coleta de inúmeros dados pessoais – incluídos o IP de um celular ou computador, imagens coletadas por câmeras e identificadores biométricos”, afirma.

A coleta de dados pessoais deverá crescer exponencialmente com a implementação do 5G, o que exigirá maior transparência, segurança e privacidade para os seus usuários, obrigando às empresas que possuam processos de gestão muito bem estabelecidos quanto à LGPD.

“Neste sentido, é importante relembrar que a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais dá grande importância e atenção às transferências internacionais de dados, exigindo que os países possuam legislação sobre o seu tratamento, sendo indiscutível o aumento destas transferências com o advento da rede de 5G”, diz Larissa.

NOVA UNIDADE DA FARMÁCIA INDIANA É INAUGURADA NA ZONA SUL DE ILHÉUS

Na manhã desta segunda-feira (28), data que marca o aniversário de 487 anos de Ilhéus, mais uma unidade da Farmácia Indiana foi inaugurada na cidade, dessa vez, na Avenida Tancredo Neves, 982, próximo à Faculdade de Ilhéus, na Zona Sul.

Com estacionamento amplo, um ambiente moderno e climatizado a segunda loja da rede farmacêutica iniciou as atividades em clima de festa, oferecendo aos clientes inúmeras ofertas especiais de inauguração.

“É com muita alegria que trazemos esse presente para Ilhéus nesse dia tão especial”, disse o Diretor Geral das Farmácias Indiana, Alexandre Mattar. “Temos um mix de produtos altamente diversificado: cosméticos, dermocosméticos, conveniências em geral, ou seja, o cliente vai encontrar tudo que precisar. Desde já convidamos toda a população pra vir conhecer”.

O Supervisor Regional, Carlos Sampaio destacou que a unidade funcionará todos os dias das 7 às 23 horas, com disponibilidade de farmacêutico em tempo integral, aplicação de injetáveis, aferição de pressão arterial e teste rápido do Covid-19. “Outro diferencial que estamos trazendo é o serviço de Tele Entrega e o ‘Compre e Retire’ que vai facilitar muito para clientes que moram mais distante. O cliente compra pelo site e passa na loja apenas para fazer a retirada”

Ao comemorar o momento, a Diretora Comercial, Mácia Magalhães destacou que “é um dia de grande felicidade para toda a equipe da Farmácia Indiana. Trazemos para os ilheenses mais uma bela loja, recheada dos melhores produtos com preço atrativo, qualidade, além de todo o acolhimento que a Indiana faz questão de oferecer para todos os nossos clientes”.

Há mais de 86 anos no mercado, a rede de Farmácias Indiana é hoje uma das maiores empresas do ramo farmacêutico do país. Nascida no nordeste Mineiro na cidade Teófilo Otoni, a rede de Farmácias Indiana é composta hoje por mais de 130 lojas distribuídas nas regiões de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo.

Acidente agora de manhã, na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus tira a vida da Jovem Brenda

 

brenda pricesa Isabel

No inicio da manhã de hoje , um veiculo, segudo informações transitando em alta velocidade perdeu o controle e colidiu com um poste, sendo afetado diretamente o lado da passageira, onde estava a jovem Brenda e a levou a morte imediata. Moradora da Princesa Isabel, ela era  muito querida pela comunidade, em Ilhéus.

Ainda de acordo nos informaram o motorista foi levado para o Hospital Costa do Cacau, com suspeita de fratura na clavicula, sendo que ela teve morte instantanea. Mais informações a qualquer momento.

Mais um aumento na conta de luz: Diante da crise, a Aneel implementou a bandeira vermelha 2 no mês de junho.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) deverá aprovar um reajuste de bandeiras tarifárias na próxima semana. Um valor adicional que deixa as contas mais caras sempre que o custo de geração sofre alta.

Segundo técnicos, a tendência é que o conselho diretor da agência aprove aumento que varia entre 40% e 60% das bandeiras, o que representa aumento entre 15% e 20% na conta de luz.

 

Os números devem vigorar a partir de julho e a tendência é que permaneçam até o final do ano. O sistema de bandeiras é reflexo do sistema elétrico que é dependente das hidrelétricas, que hoje enfrentam a pior seca dos últimos 91 anos.

Diante da crise, a Aneel implementou a bandeira vermelha 2 no mês de junho.

ILHÉUS SUSPENDE APLICAÇÃO DA 1ª DOSE E AGUARDA NOVA REMESSA DO IMUNIZANTE; 2ª DOSE SEGUE NO CMAE

Com a chegada de nova remessa, a imunização do público 40+ será retomada

A Prefeitura de Ilhéus informa que a vacinação da primeira dose (D1) contra a Covid-19 está suspensa no município a partir desta quarta-feira (23). De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesau), a cidade zerou o estoque de D1 e aguarda nova remessa da vacina para dar continuidade à imunização por faixa etária, que nesta semana contemplou pessoas com idade igual ou superior a 40 anos.

 

Conforme a Sesau, Ilhéus recebeu 2.500 doses, aplicadas em sua totalidade ontem (22), nos pontos fixos e de drive-thru espalhados pela cidade. Com a chegada de novo lote, a imunização do público 40+ será retomada. A segunda dose, por sua vez, segue sendo aplicada normalmente no CMAE, antigo Colégio Fênix, das 8h às 12h e das 13h às 15h, de segunda a sexta-feira, com exceção do feriado junino.

 

Pessoas com dose de reforço tanto da CoronaVac quanto da vacina de Oxford/AstraZeneca devem se dirigir ao ponto fixo, portando CPF e cartão de vacinação constando a primeira aplicação do imunizante.

Cinco municpios baianos são apontados pelo Ipea como mais violentos do Brasil numa avaliação de 120


Imagem Ilustrativa.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicou,  uma nota técnica que traz um levantamento que ordena os 120 municípios mais violentos do país. Os dados serão utilizados para orientar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) em relação ao Programa Nacional de Enfrentamento de Homicídios e Roubos, que objetiva combater a violência urbana, ao articular iniciativas de prevenção e repressão à criminalidade, nas áreas que concentram as maiores taxas de homicídios no território nacional.

De modo a organizar a ordem de entrada dos municípios no programa, o indicador produzido pelos pesquisadores do Ipea prioriza os 120 municípios com maiores números de homicídios dolosos entre 2018 e 2020, segundo os dados do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

O instituto propôs duas formas alternativas de classificar os municípios. A primeira atribui uma nota geral, com base na média anual de homicídios e na taxa dessa média por 100 mil habitantes entre 2018 e 2020, de modo que é possível conhecer a relação dos 15 mais violentos, conforme demonstrado na tabela abaixo:

Ordenação dos 15 municípios mais violentos em relação à nota geral baseado no total e na taxa média de homicídios dolosos entre 2018 e 2020.

Como se observa, entre os 15 municípios com notas gerais mais altas, apenas cinco estão localizados fora da região Nordeste. A distribuição desses 15 municípios por estado é a seguinte: Ceará com quatro, Bahia com três, Acre com dois, Pará com dois e Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Sul com um cada.

“A ordenação dos municípios por essa nota geral trata de forma complementar o número e a taxa de homicídios. Ao dar um peso maior aos municípios com maiores taxas de homicídios, garante que o programa comece nos locais em que a situação é mais grave”, explicam os pesquisadores do Ipea Danilo Coelho, Alexandre Cunha, Henrique Alves e Erivelton Pires Guedes, autores do estudo.

A segunda forma de classificar os municípios é baseada apenas na taxa média de homicídio dolosos entre 2018 e 2020. Nesse caso, entre os 15 municípios com taxas mais altas, apenas dois estão localizados fora da região Nordeste e ambos ficam no Acre. A distribuição desses 15 municípios por estado é a seguinte: Ceará com seis, Bahia, Rio Grande do Norte e Acre com dois, e Pernambuco com um, conforme demonstrado na tabela abaixo:

Ordenação dos 15 municípios mais violentos em relação à taxa de homicídios dolosos segundo os dados do SENASP/MJSP.

“A ordenação pela nota geral torna mais rápida a redução do homicídio total na medida em que o programa seja bem sucedido e avance, enquanto que a ordenação pela taxa garante prioridade para os municípios em que o problema é mais grave”, esclarecem os pesquisadores.

Além desses critérios, o estudo também sugere levar em conta aspectos institucionais, relacionados ao envolvimento, cooperação e adesão aos esforços de enfrentamento da criminalidade violenta nos níveis subnacionais. Nesse sentindo, os pesquisadores mencionam a existência de um plano estadual e municipal de segurança pública, o envolvimento pessoal do governador e do prefeito com a política de segurança pública e a existência de uma arquitetura institucional – nos níveis estadual e municipal – que permita a governança das ações intersetoriais focadas na prevenção à violência.

Eles ainda elencam a oferta, por parte de governos estaduais e municipais, de contrapartidas orçamentárias e técnicas focadas no plano para a prevenção à criminalidade violenta, a partir de um diálogo e negociação tripartite entre as esferas governamentais, e o envolvimento do Judiciário e do Ministério Público nos esforços dos poderes executivos para contenção da violência.

Bahia recebe primeiras doses da vacina Janssen

A Bahia recebeu na manhã de ontem (24) as primeiras doses de vacinas contra a Covid-19 fabricadas pelo laboratório Janssen. A remessa com 92.100 doses chegou ao aeroporto de Salvador às 9h35, trazidas em um voo comercial. O quantitativo será destinado 50% para a capital e a outra metade será distribuída proporcionalmente para os demais municípios da região metropolitana de Salvador, além de Santo Amaro, Conde e Saubara. As vacinas serão utilizadas para dar prosseguimento ao plano de vacinação que está sendo executado pelos municípios.

Essa distribuição, que deve começar ainda nesta quinta-feira, ficou acordada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa da saúde que reúne representantes dos 417 municípios e o Estado. O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, esclarece que nas próximas remessas haverá um ajuste para que as vacinas continuem sendo distribuídas de forma proporcional. “Todos os municípios baianos continuarão a receber equitativamente as vacinas, tendo como referência a população local”, afirma.

O secretário da Saúde da Bahia destaca que “a grande diferença da vacina do laboratório Janssen das demais que estão sendo utilizadas até o momento no Brasil é que é dose única”.

Mais vacinas

Além das doses da Janssen, chegaram no mesmo voo 181 mil doses de imunizantes Coronavac. Outras 162.630 doses da vacina Pfizer/BioNTech estão previstas para chegarem em um voo com pouso programado para às 15h no aeroporto de Salvador.

Os imunizantes Coronavac e da Pfizer/BioNTech começarão a ser enviados na sexta-feira (25) para as regionais de saúde em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador, após conferência da equipe da Coordenação de Imunização do Estado. Elas serão remetidas para os 417 municípios baianos. As vacinas da Pfizer/BioNTech serão encaminhadas em sua totalidade enquanto que metade do quantitativo da Coronavac será reservada para a segunda aplicação.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia