A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) recomendou que cidades da Bahia não utilizem doses da CoronaVac para iniciar o esquema de vacinação contra a Covid-19. A recomendação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (20) e tem como objetivo garantir que todas as pessoas que receberam a primeira dose do imunizante consigam completar o esquema vacinal.

De acordo com a Sesab, 100% das doses de CoronaVac necessárias para completar os esquemas de segundas doses foram enviadas aos municípios baianos, conforme levantamento realizado nas 417 cidades, com o apoio do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (COSEMS).

Dessa forma, não serão enviadas remessas de segundas doses para completar este esquema, segundo a Sesab. Portanto, é importante garantir que os que receberam a primeira dose vão receber a segunda, em vez de o imunizante ser disponibilizado para novos vacinados.

Ainda na publicação, a Sesab informou que os municípios devem devolver possíveis saldos para a Central Regional de Referência, que fará os ajustes necessários a fim de favorecer que todos o maior número possível de pessoas sejam imunizadas e aqueles que receberam primeira dose completem os esquemas de vacina.