WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

soane galvao camara de ilheus camara de ilheus prefeitura de ilheus prefeitura ilheus secom bahia faculdade ilheus

outubro 2016
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 26/out/2016 . 16:58

Na França, Rui diz que Bahia quer ser referência no Brasil para produção de chocolate finos

governador-e-marco-lessa
 
 
O governador Rui Costa chegou nesta quarta-feira (26), em Paris. Seu primeiro compromisso foi um almoço com empresários da cadeia do cacau e do chocolate do Brasil que estão na capital francesa para participar do 22º Salon du Chocolat, maior evento do mundial do setor. Durante a reunião foram discutidas ações relacionadas ao desenvolvimento da cadeia. Em seguida, o governador Rui Costa participou de um encontro com representantes dos trades turísticos baiano e francês, na Embaixada do Brasil na França.
 
No encontro com os empresários da cadeia do cacau e do chocolate, Rui reforçou que é preciso agregar mais valor ao produto feito tanto por grandes cacauicultores como por agricultores familiares.
governador-na-franca
 
Presente ao evento, o coordenador do Stand da Bahia no Salon du Chocolat, o produtor de cacau e chocolate Marco Lessa, classificou o encontro como muito produtivo. “Foram discutidos pontos que consideramos estratégicos e fundamentais para atingirmos metas importantes até 2020. Entre esses pontos estão o investimento em tecnologia e a divulgação do nosso produto que vão contribuir para o desenvolvimento do cacau e chocolate de origem da Bahia conquistar o mundo”, afirmou Lessa.
 
Turismo e chocolate
 
Na Embaixada brasileira, que vem dando suporte às ações do Governo da Bahia na França, o enfoque foi a divulgação do Destino Bahia, com destaque para a Costa do Cacau. Durante o evento, o governador concedeu uma entrevista à Rádio França Internacional (RFI). Os temas abordados foram os setores cacau e turismo, principais destaques da viagem de Rui.
 
Ele ressaltou que na Bahia, turismo e chocolate formam um casamento perfeito. “Falar de cacau na Bahia é falar da história, do processo de desenvolvimento e urbanização da região sul do nosso estado. Estamos aqui para apoiar esse produto tão importante para a economia baiana que já sustentou o estado e hoje se recupera. Nossa meta é verticalizar a cadeia produtiva do cacau, com produção de chocolate fino”, disse à emissora francesa.
 
Antes do encontro de Rui com o trade, o Governo do Estado promoveu, na Embaixada, uma capacitação para cerca de 40 operadoras francesas sobre as atrações do turismo na Bahia, em especial da Costa do Cacau. O objetivo é atrair um público cada vez maior de franceses que já formam um dos principais grupos turistas a visitar todos os anos o estado.
 
Na rota do cacau
 
O secretário estadual de Turismo, José Alves, que faz parte da comitiva do governador, disse que um evento voltado à cadeia do chocolate é uma grande oportunidade para divulgar o estado e atrair visitantes franceses.
 
“O Salon du Chocolat é uma porta de entrada para nós divulgarmos a Costa do Cacau. Temos famílias que produzem amêndoas selecionadas, de alta qualidade. A cada colheita o produto vem ganhando mais qualidade. Isso é importante porque vai gerar um chocolate melhor ainda”, disse o secretário.
 
Ele destacou que, além do chocolate, a Costa do Cacau dispõe de belas praias e da cultura divulgada na França pelo escritor Jorge Amado. “Na rota do cacau que passa por diversos municípios o turista pode visitar antigas fazendas, degustar e comprar o chocolate. Estamos divulgando esse roteiro e todo o estado, que é pródigo em belezas naturais”.

Fabricio Nascimento poderá disputar a Presidência do Legislativo Ilheense

fabricio-nascimento

O jovem vereador recém eleito Fabrício Nascimento, entra na disputa para concorrer à presidência do Legislativo ilheense.

Fabrício Nascimento, é nome mais cotado no partido (PSB), tem o comando do Deputado Federal Bebeto Galvão e outras lideranças política da Bahia como Lídíce da Mata.

Segundo informações o  Deputado Bebeto Galvão , recebeu a visita do prefeito eleito Mario Alexandre, em Brasília e discutiram a possibilidade  o apoio  da bancada do partido (PSD). O partido será composta por três  vereadores a partir do dia 1 de janeiro de 2017.

“No caso ocorra  o apoio juntamente como votos de outras bancadas ficará marcada na   historia  de Ilhéus, o  presidente mais novo no legislativo ilheense.

Matéria do Reclame Boca

Fraude na Caixa Econômica de Ilhéus e Itabuna

download

Chega a R$ 3,5 milhões segundo a ação 0003891-93.2016.4.01.3301 do Ministério Público Federal em Ilhéus. Ele denunciou 7 pessoas por causar um prejuízo de mais de R$ 3,5 milhões à Caixa Econômica Federal. Os acusados abriram 17 empresas “de fachada” para obter 32 empréstimos por fraude. Nenhum dos empréstimos, nas agências de Ilhéus e Itabuna, foram pagos. O líder, Paulo Henrico Almeida de Melo Santos, se juntou a outras 5 pessoas, Aline Félix Nascimento, Fabiana Vieira dos Santos, Jaqueline Santana Felix de Jesus, Nadja Almeida de Melo e Tayana Frutuoso de Souza.
Eles abriram 17 empresas fantasmas em 2012 e 2013, usando documentos falsos, para pegar vários empréstimos de até R$ 100 mil na Caixa. Gerson Bernardo Alves dos Santos, gerente de atendimento pessoa jurídica das agências de Ilhéus e Itabuna, foi cúmplice. Segundo o MPF, ele autorizou os 32 contratos dessas empresas. Um processo disciplinar da Caixa também atestou a fraude e a irregularidade dos empréstimos, tendo concluído que o então gerente agiu intencionalmente para favorecer Paulo Henrico Santos.
Ex-esposas e mãe 
O procurador Tiago Modesto Rabelo, explica que os outros cinco réus, entre os quais figuram a mãe e duas ex-esposas de Paulo Henrico Santos, estavam cientes das ilegalidades cometidas e receberam parte dos recursos, usados até para pagar dívidas pessoais. Os empréstimos eram na modalidade Giro-Caixa Fácil, de fomento à atividade empresarial. As investigações concluíram que as empresas não existiam. A maioria das empresas foram constituídas no mesmo dia e grande parte dos empréstimos foram em um único dia ou em dias sucessivos.

:: LEIA MAIS »

Cerca de 790 mil alunos ainda não renovaram o Fies; prazo termina dia 31

Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de educação superior. Em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa ainda levar a documentação comprobatória ao agente financeiro para finalizar a renovação.

Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema on-line.

Os aditamentos, normalmente feitos no início do semestre, ficaram congelados devido a falta de recursos. No entanto, após a aprovação de crédito suplementar para o programa pelo Congresso Nacional, o sistema foi liberado para renovações.

O investimento nos financiamentos é de R$ 8,6 bilhões, já garantidos no orçamento, de acordo com o Ministério da Educação. A pasta assegura que, para 2017, o governo federal já enviou ao Congresso Nacional Projeto de Lei Orçamentária que contempla R$ 21 bilhões para o Fies, o que garantirá a continuidade dos financiamentos e a manutenção dos contratos com os agentes financeiros do fundo.

Ministra Rosa Weber vota a favor da desaposentação

 Sessão no STF da Primeira Turma presidida pelo ministra Rosa Weber para análise de ação penal contra o deputado Paulinho da Força (José Cruz/Agência Brasil)

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou hoje (26) a favor da desaposentação, – a possibilidade de o aposentado pedir a revisão do seu benefício por ter voltado a trabalhar e a contribuir para a Previdência. Com o voto da ministra, o placar de votação está em três votos a favor do recálculo e dois, contra. O julgamento prossegue no STF com os votos dos demais ministros.

Em seu voto, Rosa Weber entendeu que os segurados têm direito de serem reinseridos no regime da Previdência ao voltarem a fazer os pagamentos. Para ela, o caráter contributivo entre todos os segurados, uma das características do sistema de aposentadoria pública, e a legislação previdenciária, não vedam a desaposentação. Os argumentos foram citados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no processo para impedir o recálculo do benefício.

“Essa relação de custeio não se confunde com a relação de Previdência Social, inclusive pelos polos distintos que ostenta. De um lado, nós temos a pessoa do segurado, que se torna um sujeito de direitos, podendo buscar junto à Previdência aqueles serviços e prestações a que faça jus”, argumentou a ministra.

A decisão do Supremo é aguardada por cerca de 180 mil pessoas em todo o país. Até o momento, o plenário do STF está dividido em relação à validade do benefício, que não é reconhecido na legislação da Previdência Social, mas segurados têm ganhado ações na Justiça para obter a revisão da aposentadoria.

Para o INSS, o segurado deve devolver todos os valores que foram pagos, em parcela única, para ter direito ao recálculo do benefício. E, de acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), uma eventual decisão desfavorável à Previdência terá impacto de R$ 7,7 bilhões por ano nos cofres da Previdência.

Câmara dos Deputados aprova em segundo turno a PEC 241

Imagem: G1.

Imagem: G1.

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada dessa quarta-feira (26) a Proposta de Emenda Constitucional 241, por 359 votos a 116. A PEC seguirá para a avaliação do Senado.

Proposta pelo governo Temer, a medida pretende limitar as despesas primárias do Estado em setores como os de saúde e educação, por 20 anos. Nesse período o investimento de cada ano não poderá ser reajustado acima da inflação acumulada no anterior. Na prática, se for aprovada em definitivo, a nova regra vai “congelar” o orçamento. 

O governo federal argumenta que a “PEC do Teto” é necessária para reequilibrar as contas públicas.

Legislação autoriza Ilhéus a ter 21 Vereadores

câmara de ilhéus destA Constituição Federal e a Emenda número 58/2009permitem que municípios com população entre 160 mil e 300 mil pessoas tenham até vinte e um vereadores. Conforme o IBGE, Ilhéus tem por volta de 184 mil habitantes. O último levantamento é de 2013.

No mandato anterior a própria Câmara de Vereadores de Ilhéus definiu a composição da Casa com dezenove cadeiras. A Constituição autoriza número maior, mas os vereadores têm autonomia para defini-lo dentro do limite constitucional, por meio da Lei Orgânica do Município.

19 milhões de idosos com mais de 80 anos em 2060, estima IBGE o Brasil terá

 

População brasileira com mais de 80 anos pode chegar a 19 milhões em 2060, estima IBGEArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

População brasileira com mais de 80 anos pode chegar a 19 milhões em 2060, estima IBGEArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

A população brasileira está envelhecendo e, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pode chegar a 19 milhões de pessoas com mais de 80 anos em 2060. Esse contingente, se comparado aos dados atuais, perderia apenas para a população total de São Paulo e Minas Gerais.

De acordo com o instituto, em 1980, o Brasil tinha menos de 1 milhão de pessoas nessa faixa etária (684.789 pessoas) e chegou a 3.458.279 na projeção para 2016.

Crianças

Enquanto a estimativa para o número de idosos é de crescimento, a quantidade de crianças de até 4 anos em 2060 deve representar praticamente a metade do total registrado na década de 80.

Em 1980, o Brasil tinha 16.942.583 de crianças de 0 a 4 anos, segundo o IBGE. A previsão é que esse número mantenha a queda iniciada no fim daquela década e chegue a 8.935.080 em 2060.

Atualmente, segundo projeções do órgão, o país tem 14.545.488 crianças de 0 a 4 anos (2016).

A diferença no número de crianças é reflexo de outro dado demográfico que vem caindo: o número de filhos por mulher. Em 1980, a média era de 4,12 filhos por mulher, taxa que já tinha diminuído para 2,39 em 2000 e deve chegar a 1,50 em 2060. ( Agência Brasil)

Prefeito eleito de Itacaré se reúne com CIPE para discutir ações de combate à violência

 

dsc03719-640x360

O prefeito eleito de Itacaré, Antônio de Anízio, acompanhado dos vereadores eleitos Val do Cacau e Seu Luís e do advogado Dimitri Andrade, se reuniu na manhã desta terça-feira com o comandante da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE-Cacaueira), Major PM Ferreira Lopes, para discutir a realização de um plano integrado de combate à violência no município envolvendo os mais diversos segmentos da comunidade ligados à área de segurança pública. Durante o encontro o prefeito eleito falou da onda de violência que tomou conta da cidade, trazendo prejuízos para a economia local e a insegurança para os itacareenses e turistas. De acordo com ele, buscar meios de combater a violência é um dos seus compromissos.

A proposta de Antônio de Anízio e do Major Ferreira Lopes é a da elaboração imediata de um plano de integração de Segurança Pública envolvendo a CIPE-Cacaueira, a 1ª Companhia de Polícia Rodoviária, a 72ª Companhia Independente da Polícia Militar e a CIPA, a Guarda Municipal, o Conselho Comunitário de Segurança de Itacaré, a Polícia Civil, o Ministério Público Estadual e o Poder Judiciário. Inicialmente esses órgãos e entidades irão elaborar um plano conjunto de segurança, com a contribuição de todos esses segmentos, e em seguida será apresentado à comunidade de Itacaré.

O prefeito Antônio de Anízio fez questão de relatar os prejuízos que a violência traz para o município de Itacaré, em especial para os setores do comércio e do turismo. Tudo isso sem contar que segurança é um direito de todos, daí a necessidade de se buscar formas e parcerias nesse trabalho de combate à violência. O prefeito eleito também garantiu que a Prefeitura será uma constante parceira das polícias nesse trabalho de combate a violência em Itacaré. “Sabemos das dificuldades que as polícias enfrentam para realizar seu trabalho, por esse motivo é que seremos parceiros, naquilo que for possível, para assegurar aos itacareenses e turistas mais segurança e tranquilidade”, finalizou Antônio de Anízio.

Voluntárias Sociais levam crianças de creches ao Zoológico

Alunos de creches de Salvador tiveram um dia especial de muita diversão, na manhã desta terça-feira (25). O grupo fez um passeio pelo Parque Zoobotânico e participou de atividades recreativas no Palácio de Ondina, com apresentações de música, dança, brincadeiras e lanches. A ação integra a programação que as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), em parceria Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás), elaboraram para celebrar o mês dedicado às crianças, de forma educativa, recebendo aproximadamente mil crianças em cinco encontros ao longo de outubro.

Os meninos e meninas – aproximadamente 200 – aprenderam sobre a natureza e tiveram a oportunidade de ver animais que só conheciam pela televisão. Raisa Santos, 4 anos, disse que adorou o que viu. “Eu gostei de tudo, mas os meus preferidos foram os macacos, a foca, a tartaruga e a zebra”. Talisson Sousa, 5, ficou encantado com os peixes. “Eles são bem coloridos”.

Esse foi o quarto encontro e a VSBA já programaram para esta quarta (27) mais um passeio pelo zoológico, com a participação de outras creches. “Nosso objetivo com essas ações é dar um dia diferente para essas crianças, com alegria e descontração. Hoje, estamos contando com o apoio do animador Geraldo Pita, que está apresentando diversas atividades pra elas, e temos o encontro com os animais, que também é muito legal”, afirmou a assistente social da instituição, Linda Cristina.
A presidente da creche escola Filho da Comunidade, Romália Firmino, ressaltou a importância da iniciativa. “Traz felicidade para as crianças, principalmente porque a gente não tem área de lazer na nossa comunidade. Elas vivem na instituição quase que integralmente, porque a gente não tem condições de alugar um ônibus e fazer o transporte como aconteceu aqui. É só ver a alegria no sorriso deles pra saber a importância dessa ação”.

 

 Fotos: Carol Garcia/GOVBA

Ministério da Saúde vai distribuir teste rápido de Zika produzido pela Bahiafarma

 mosquito
O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (25), a compra de 3,5 milhões de testes rápidos para identificar o vírus Zika. Está prevista a distribuição de dois milhões de kits até o final deste ano e o restante até fevereiro de 2017. A tecnologia confirma, em 20 minutos, se o paciente está ou já foi infectado pelo vírus Zika em algum momento da vida. Ou seja, com a tecnologia será possível identificar o vírus no organismo, independente do tempo de infecção. A produção do insumo será feita pelo laboratório público Bahiafarma. Atualmente, o teste ofertado no Sistema Único de Saúde (SUS) é o PCR (biologia molecular), que só detecta a doença durante o período de viremia, quando o vírus está presente na corrente sanguínea. O Ministério da Saúde investiu R$ 119 milhões para a aquisição dos testes sorológicos, com projeção para garantir o abastecimento da rede por doze meses. A negociação com a Bahiafarma permitiu a compra no valor unitário de R$ 34,00, quase quatro vezes menor que o valor proposto por outra empresa do mercado, de R$ 131,75 por teste.
A compra foi feita por meio de licitação dispensável, quando é permitida à administração pública a contratação de produtos ou serviços em que a transferência de tecnologia é estratégica ao SUS. A medida está prevista na Lei nº 8.666/93.  O desenvolvimento do teste rápido de diagnóstico de infecção pelo vírus Zika é fruto da parceria entre o Governo da Bahia e a empresa sul-coreana Genbody Inc., que firmaram um acordo de transferência de tecnologia para a Bahiafarma.
O teste será realizado em pessoas com indicação médica, sendo que as gestantes e crianças terão preferência. “Além de ser rápido, este é o primeiro teste de Zika que permite a detecção pregressa da infecção pelo vírus. Isso é muito importante para cuidar da população que mais precisa por isso a prioridade são as gestantes e as crianças”, enfatizou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. O diagnóstico produzido pela Bahiafarma é composto por dois cassetes portáteis em que são depositadas as amostras de soro dos pacientes a serem analisadas. A primeira tira vai identificar infecções recentes, de até duas semanas. A segunda vai identificar se a pessoa foi infectada há mais tempo, tudo isso dentro de 20 minutos.
Com essa maior agilidade no resultado, o tratamento pode ser iniciado imediatamente, se tornando mais eficaz, já que o contágio pode ser confirmado assim que surgem os sintomas da doença. “Os parâmetros obtidos pelo teste da Bahiafarma na Anvisa e no Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde foram acima de 95%”, explicou o diretor-presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias. “Isso assegura a qualidade do teste, que traz um diagnóstico mais complexo já que é possível detectar tanto a infecção imediata quanto a passada.”
O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, destaca que, “com essa aquisição pelo Ministério da Saúde, confirmamos nosso compromisso de fornecer ao Sistema Único de Saúde (SUS) e à população produtos de primeira linha para a saúde pública brasileira”.
AÇÕES PERMANENTES
A compra do teste rápido faz parte da estratégia permanente do Ministério da Saúde de enfrentamento ao Aedes aegypti e chega antes do verão, período de maior circulação do vetor e, consequentemente das doenças transmitidas por ele, como Zika, dengue e chikungunya. Desde a identificação do vírus Zika no Brasil e sua associação com os casos de malformações neurológicas, que aconteceu no segundo semestre de 2015, o Ministério da Saúde tem tratado o tema como prioridade.
Os recursos federais destinados à Vigilância em Saúde, Piso Fixo de Vigilância em Saúde (PFVS), para a transferência aos estados, municípios e Distrito Federal que incluem as ações de combate ao Aedes aegypti cresceram 39% nos últimos anos (2010-2015), passando de R$ 924,1 milhões para R$ 1,29 bilhão em 2015. E, no ano de 2016, teve um incremento de R$ 580 milhões, chegando o valor a R$ 1,87 bilhão. Além disso, o Ministério da Saúde contou com apoio extra do Congresso Nacional, por meio de emenda parlamentar, no valor de R$ 500 milhões.
DADOS ZIKA
O Brasil registrou, até 17 de setembro, 200.465 casos prováveis de Zika, o que representa uma taxa de incidência de 98,1 casos a cada 100 mil habitantes. Foram confirmados laboratorialmente, em 2016, três óbitos por vírus Zika no país.  Em relação às gestantes, foram registrados 16.473 casos prováveis em todo o país.
A transmissão autóctone do vírus no país foi confirmada a partir de abril de 2015, com a confirmação laboratorial no município de Camaçari (BA). O Ministério da Saúde tornou compulsória a notificação dos casos de Zika em fevereiro deste ano. Desde então, estados e municípios vinham preparando seus sistemas de registros para encaminhar estas notificações ao Ministério da Saúde. Antes disso, o monitoramento do vírus Zika era realizado por meio de vigilância sentinela. A região Sudeste teve 83.151 casos prováveis da doença, seguida das regiões Nordeste (74.190); Centro-Oeste (29.875); Norte (11.928) e Sul (1.321). Considerando a proporção de casos por habitantes, a região Centro-Oeste fica à frente, com incidência de 193,5 casos/100 mil habitantes, seguida do Nordeste (131,2); Sudeste (97,0); Norte (68,3); Sul (4,5).

Teatro Municipal de Ilhéus sedia V Semana Tecnológica do CEEP

A abertura da V Semana Tecnológica, promovida pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Logística, Transporte e Produção Industrial (CEEP) com apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), aconteceu nesta terça-feira, 25, no Teatro Municipal de Ilhéus (TMI), e contou com a presença de estudantes e professores da instituição, palestrantes convidados e do secretário de cultura Paulo Atto.

O evento, aberto ao público, também faz parte do projeto “Viva o Teatro”, da Secult, que estimula a apresentação de espetáculos teatrais no TMI e segue com programação na quarta (26) e quinta (27), com seminários relacionados aos cursos técnicos oferecidos pela instituição — Teatro, Logística, Recursos Pesqueiros, Eletromecânica e Turismo –, além de minicursos, oficinas, palestras, mesas-redondas e apresentações culturais. Na a abertura do evento, os estudantes assistiram à palestra “Entendendo a interdisciplinaridade como ambiente de formação empreendedora” e prestigiaram colegas do curso de Teatro, que apresentaram uma adaptação teatral intitulada “Cordel dos Encantos”.

O secretário de cultura, Paulo Atto, foi homenageado pela instituição com o SEMIATTO, seminário destinado aos alunos do curso técnico de Teatro do CEEP, que leva seu nome. O titular da Secult também destacou a importância do incentivo à educação e à produção artística nas escolas e contou algumas experiências como diretor de teatro. “O futuro do país é a juventude brasileira. Estes jovens, que estão aqui, podem mudar a realidade da nossa sociedade”, enfatizou.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia