cacau; seapi; produção chocolate

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, Pesca e Interior (SEAPI), em convênio com o Centro de Inovação do Cacau (CIC) e o SEBRAE, lançou na  o Programa de Qualificação de Pequenos Produtores de Cacau de Ilhéus. O encontro aconteceu no auditório da Bahia Pesca e contou com a presença de líderes e presidentes de associações rurais.

Conforme a SEAPI, o objetivo do projeto é implementar um programa de inclusão da Agricultura Familiar (pequenos produtores de cacau), agregando valor e promovendo a diversificação do modelo de produção, inserindo a atividade no universo do cacau premium/especial e aumentado seu potencial de ganho pela comercialização desse tipo de produto.

Para os agricultores, os ganhos podem aumentar de 60 a 180% por cada saca de cacau vendida hoje no mercado. Desta forma, a iniciativa impulsiona o empreendedorismo nos segmentos de cacau especial, chocolate artesanal e derivados, consolidando o Brasil como uma das principais origens dentro desse novo mercado do cacau especial que está em plena expansão.

cacau; seapi; produção chocolate

A ação também visa diminuir a dependência do Brasil no mercado de commodities, a partir da diferenciação da produção do cacau, dentro de um esforço conjunto entre a SEAPI, CIC e o SEBRAE, capaz de transformar a realidade da comercialização das amêndoas de cacau do Brasil, com uma significativa agregação de valor e impactos positivos para a economia, a sociedade e o meio ambiente.

O programa é baseado em uma série de capacitações e treinamentos em campo, análises e avaliações para permitir a inserção do produtor no mercado de cacau de qualidade, sendo que cada pequeno produtor será acompanhado por técnicos do CIC e da SEAPI por um período de um ano.