WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

faculdade de ilheus policlinica itabuna

fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

:: 18/fev/2019 . 14:47

Teatro Popular de Ilhéus oferece curso de teatro e canto

A programação para crianças e adolescentes tem apoio do Fundo de Cultura da Bahia

Com o objetivo de ensinar a crianças e adolescentes a expressão através da arte, o Teatro Popular de Ilhéus (TPI), na região sul do estado, oferece, a partir de 11 de março, nas segundas e terças-feiras, sempre das 16h às 17h30, aulas de teatro e canto. As atividades são destinadas a crianças e adolescentes, de 8 a 14 anos, interessados na prática do teatro e do canto. As inscrições estão abertas até o dia 08 de março, diretamente no TPI, de segunda a sexta,das 14h às 18h. É necessário xerox do RG da criança e do RG do responsável.

O Curso de Teatro e Canto do TPI é ministrado por Tânia Barbosa (diretora teatral) e Antônio Melo (regente musical), e vai trabalhar com os alunos, de forma divertida e construtiva, práticasdramáticas, jogos teatrais, exercícios vocais e práticas musicais em grupo. A ideia é desenvolver e estimular as capacidades de expressão, socialização, espontaneidade, imaginação, observação e percepção.

A prática do teatro na infância é ideal para ajudar a criança a desenvolver a expressão verbal e corporal. A aula também contribui para o desenvolvimento mental e emocional, estimula a memória, a atenção e a concentração, melhora a dicção, a coordenação motora e a autoestima, combatendo a timidez. Além disso, a criança aprende a se relacionar melhor e a trabalhar em grupo, reforça o interesse pela leitura e literatura, controla suas emoções e estimula a capacidade criativa.

A iniciação musical feita desde criança também traz diversos benefícios de ordens física, mental e emocional. Além da aquisição de uma nova habilidade lúdica, os benefícios da prática do canto incluem melhoria da respiração e da dicção, estimula habilidades mentais como memória e raciocínio lógico, colabora na socialização e desenvolvimento de disciplina e concentração e ajuda na diminuição da ansiedade e do stress.

Serão apenas 20 vagas, e o investimento no curso é de R$ 120,00 mensais, podendo ainda ser pago em uma única parcela com 10% de desconto. Haverá ainda matrícula social de 20% das vagas com bolsa integral destinadas a crianças matriculadas na rede pública de ensino e cujo responsável seja portador de CadÚnico atualizado.

Teatro Popular de Ilhéus (TPI) – É uma instituição cultural mantida pelo programa de Ações Continuadas de Instituições Culturais – uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA) com recursos do Fundo de Cultura do Estado da Bahia.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Ex-garçom jequieense concorre ao cargo de Desembargador e recebe título de Cidadão Soteropolitano

O advogado Marcio Duarte de Miranda foi agraciado
na Câmara Municipal com o título de Cidadão Soteropolitano na última quinta-feira (14/2). A iniciativa foi do vereador Moisés Rocha (PT), em reconhecimento à trajetória e aos serviços prestados pelo jequieense à cidade de Salvador.

“Receber este título é motivo gigantesco de
orgulho, não apenas pelo reconhecimento aos 20 anos de serviços prestados a essa terra, mas também por saber que agora, mais do que nunca, posso chamar de minha essa cidade que tanto me acolheu e se fez solo de algumas das minhas principais conquistas”, declarou
o advogado durante a solenidade que contou com a apresentação da banda Didá, executando os hinos Nacional e o do Dois de Julho.

Filho de agricultor e professora, Marcio Duarte
começou a vida profissional trabalhando como garçom. Decidido a buscar seu sonho, veio para Salvador estudar em curso pré-vestibular, e para se sustentar trabalhou em diversas atividades.

Hoje é professor, escritor e advogado atuante
e bastante conhecido no meio jurídico. Sendo um dos favoritos, entre 20 nomes, que disputam integrar a lista sêxtupla de candidatos ao cargo de Desembargador – que será eleita pelos advogados baianos através do Quinto Constitucional, nos dias 20 e 21 de fevereiro.

A lista será apresentada ao TJ-BA e depois segue
para escolha final de um nome pelo Governador Rui Costa.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia