WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom bahia secom bahia

maio 2023
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: 28/maio/2023 . 13:32

Mais de 500 pessoas atendidas ontem no bairro Teotônio Vilela. Este é o Programa Saúde na Comunidade

Um programa que já vem marcado pela humanidade, atendimento de qualidade, participação de mais de 500 pessoas e com um dia diferenciado pela alegria da comunidade e satisfação da população. Este é o saldo que registramos no Programa Saúde da Comunidade, realizado ontem, no Bairro Teotônio Vilela pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Ilhéus e contou com o apoio da Associação do Bairro, igrejas, comunidade organizada e uma grande gama de voluntários.

De acordo Secretário de Saúde, André Cesário, que passou o dia junto àquela comunidade ” o resultado é muito satisfatório e a resposta vem do abraço e do sorriso de um povo que reconhece o trabalho deste Governo”, salientou. Lá foram oferecidos serviços de atendimento Cardiológico, dentistas, oftalmologista, preventivo, eletrocardiograma, exames laboratoriais, vacina e distribuição de medicamentos.

Ainda de acordo Dr. André, esse programa se estenderá por toda cidade e será feito mensalmente e, é uma demanda complementar , sendo que  os mesmo serviços já são oferecidos nos Postos de Saúde , inclusive em alguns deles, com atendimento aos sábados para aqueles que trabalham durante a semana, concluiu Secretário de Saúde de Ilhéus, André Cezário.

R$ 4,80! Lataria de onibus da São Miguel se solta durante percurso

Lataria comprometida, oferece perigo à população.

Um passageiro a bordo de um moderno ônibus da milionária empresa São Miguel tomou maior susto ao presenciar a lataria se soltando, durante trajeto para o bairro Nossa Senhora da Vitória.

Apesar do perigo, o motorista foi obrigado seguir viagem normalmente, debaixo de chuva forte, presenciado por vários passageiros, a maioria de variadas idades e em pé.

Antes mesmo do aumento no preço da tarifa do transporte público de Ilhéus, já era comum ônibus soltar os pedaços pelas ruas da cidade, sem qualquer fiscalização dos órgãos competentes, algo extremamente comum em Ilhéus.

Vai esperar morrer pessoas para tomar atitude? Pergunta não ofende.

Matéria Fábio Roberto

Tragédia: Morreu o PM Paulo Cesar durante partida de futebol na AABB

Uma triste tragédia, ceifou a vida do policial militar Paulo César Ramos de Souza, 52 anos, que mesmo sendo socorrido por seu amigos de futebol, de forma urgente, não resistiu e veio a óbito, horas após o trágico acidente ontem dia 27, Bastante feliz e participativo no baba que já jogava há anos na AABB/Ilhéus, ele , numa de suas defesas  bateu a cabeça no muro e caiu já desacordado.

Durante o socorro, estivemos presente, quando observamos que com muita urgência medida foram tomadas e  o PM recebeu os primeiros atendimentos ainda no local da tragédia por um policial, que também é enfermeiro, e, logo em seguida, foi levado para o PA da zona sul, mas, devido a gravidade, foi transferido em uma ambulância do corpo de bombeiros para Hospital Costa do Cacau, onde chegou inconsciente, com suspeita de traumatismo craniano, e sangramento pelos ouvidos.

O Cabo PM Paulo César estava lotado na 68ª CIPM e fazia parte do 2º Pelotão do bairro do Malhado.

Deixamos aqui a nossos sentimentos a toda corporação , familiares e amigos. Descana em paz guerreiro.

Jibóia é encontrada em aparelho de musculação de academia

Cobra foi encontrada dentro de academia — Foto: Guarda Civil Municipal de Salvador

Cobra foi encontrada dentro de academia — Foto: Guarda Civil Municipal de Salvador

Uma jibóia de 1,5 metro foi resgatada embaixo de um aparelho de musculação em uma academia de Salvador nesta sexta-feira (26). Ninguém ficou ferido.

O caso aconteceu no bairro do Saboeiro e o animal foi retirado do local pelo Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepa), da Guarda Civil Municipal da cidade.

A cobra de três quilos será levada para o Núcleo de Ofiologia e Animais Peçonhentos da Universidade Federal da Bahia (Noap/Ufba), onde será avaliada e, só depois, solta em um local apropriado e seguro.

STF mantém decreto de FHC que permite demissão sem justa causa

O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve um decreto do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), que liberou o Brasil, sem o aval do Congresso, da aplicação da convenção 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A decisão foi por 6 votos a 5.

Na prática, o decreto de FHC permitiu aos empregadores demitir um trabalhador sem justa causa, já que a convenção 158 da OIT obrigava o empregador a justificar a razão pela qual estava demitindo o trabalhador.

O decreto é de dezembro de 1996 e está em vigor desde então. Em fevereiro de 1997, a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) acionou o Supremo.

Para a Contag, o presidente não poderia tomar a decisão de deixar de cumprir o tratado sem que houvesse um aval do Congresso Nacional. Isso porque, pela Constituição, o processo de incorporação de uma convenção às leis do país é um rito com a participação tanto do Poder Executivo quanto do Poder Legislativo.

O caso acabou tramitando no STF por mais de 20 anos e só foi ter uma definição na sexta-feira (26), através de uma votação finalizada pelo plenário virtual — em que os ministros registram seus votos virtualmente.

Por maioria, os ministros decidiram que a saída do Brasil de tratados internacionais aprovados pelo Congresso Nacional exige o aval dos parlamentares. Porém, a regra só se aplicará daqui para frente, não afetando os decretos feitos anteriormente, mesmo que sem aval do Congresso.

“Com as mais respeitosas vênias aos entendimentos diversos, acompanho a divergência inaugurada pelo Ministro Teori Zavascki, na linha do quanto ponderado pelos Ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes, ou seja, de que a denúncia, pelo Presidente da República, de tratados internacionais aprovados pelo Congresso Nacional exige a sua aprovação para a produção de efeitos no ordenamento jurídico interno, possuindo efeitos prospectivos a partir da publicação da ata de julgamento desta ação, preservada a eficácia das denúncias em período anterior a tal data”, escreveu o ministro Kassio Nunes Marques, o último a votar.

Milhões de brasileiros têm dificuldades de pagar suas dívidas

A mercadoria que garante o ganha-pão de Guilherme Nogueira fica todos os dias, de segunda a sexta-feira, espalhada pelo chão de uma calçada na rua Uruguaiana, no centro da cidade do Rio de Janeiro. O jovem, de 28 anos, tinha um emprego formal, com carteira assinada até 2020. 

Com a chegada da pandemia de covid-19, ele foi demitido e, desde então, tem que se virar como pode, para garantir o seu sustento e o de seu filho. Atualmente, vende mochilas que ficam expostas em uma lona para pessoas que transitam pela movimentada rua carioca.

“Tem dia que vende, tem dia que não vende. Tem dia que vende cinco, oito mochilas. Em outros, vende duas. É difícil, os guardas [municipais] querem pegar [apreender] as mochilas”, lamenta Guilherme.

A perda do emprego também o envolveu em uma situação que atinge hoje 66 milhões de brasileiros, segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL): o jovem não consegue pagar suas contas.

Sem uma fonte de renda estável, Guilherme não consegue saldar suas dívidas com o cartão de crédito. “Eu não tinha condições de pagar o banco. Fiz um cartão de crédito e não tinha dinheiro na hora pra pagar. Tenho dívidas com cartão de dois bancos”, conta. “Não tenho nenhum plano para conseguir pagar isso. Está difícil”.

A inadimplência, ou seja, as contas ou dívidas em atraso, atinge, segundo o CNDL, quatro entre dez brasileiros adultos.

O número de dívidas em atraso no Brasil, em abril deste ano, cresceu 18,42% em relação ao mesmo período do ano passado. A dívida com os bancos é, segundo o CNDL, o principal motivo da inadimplência: 63,8% do total.

E, assim como Guilherme, em média os brasileiros inadimplentes devem a duas empresas. Quase metade dos brasileiros na faixa etária a qual pertence o vendedor ambulante (25 a 29 anos) estão na inadimplência.

Rio de Janeiro (RJ), 23/05/2023 – O engraxate José Raimundo em seu ponto de trabalho, na Rua Uruguaiana, no centro da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Rio de Janeiro (RJ), 23/05/2023 – O engraxate José Raimundo em seu ponto de trabalho, na Rua Uruguaiana, no centro da capital fluminense. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Mas não são apenas os jovens que enfrentam o problema, nem os bancos são a única fonte das dívidas difíceis de pagar. Seu José Raimundo, de 67 anos, também é autônomo. Trabalha há anos como engraxate, a poucos metros de onde Guilherme vende suas mochilas.

E assim como o colega vendedor, foi muito impactado pela pandemia. Ainda sem conseguir contar com uma aposentadoria – ele deu entrada no Benefício Assistencial ao Idoso, mas ainda não recebeu o aval da Previdência Social para receber o dinheiro – ele perdeu grande parte da clientela que usava seus serviços antes da covid-19.

“Só por causa da pandemia, fiquei quase dois anos em casa. Depois fiquei doente, sem poder fazer nada. Fiquei três anos e pouco sem trabalhar. E aí foi atrasando tudo. Minha mulher sozinha pagando tudo: água, luz, telefone. O que eu mais atrasei foi a conta de água. Na hora que sair o benefício [da Previdência], eu vou conversar com a concessionária e parcelar. Não quero ficar devendo nada a ninguém. Não tenho essa índole de mau pagador”, conta o engraxate que retomou recentemente seu ofício.

Três em quatro idosos com 65 a 84 anos estão com dívidas em atraso no país. Água e luz respondem por 11,1% das inadimplências, percentual parecido com o do comércio, que representa 11,6% das dívidas não pagas.

E a inadimplência não poupa nem quem tem emprego formal. Alessandro Gonçalves tem 30 anos e trabalha como porteiro em um prédio comercial no centro da cidade do Rio.

Todo mês, ele precisa fazer malabarismos para garantir que seu dinheiro supra suas necessidades diárias. E isso envolve atrasar o pagamento de algumas contas. “É aquela dificuldade rotineira. Você tem uma conta pra pagar e não consegue. Chega no final do mês, pega o dinheiro pra pagar a conta e não consegue. O salário nosso, a gente faz uma conta e, quando chega no final do mês, não dá pra pagar. E aí a gente tem que atrasar as contas”.

Máquina de cartão crédito e débito
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Renda

Segundo Merula Borges, especialista em finanças da CNDL, a perda de renda é um dos motivos que levam as pessoas à inadimplência.

“Na pesquisa, quando as pessoas foram perguntadas sobre o motivo de elas terem entrado na inadimplência, elas disseram que tiveram perda de renda ou de si próprios, ou de alguém da família”, afirma Merula. “Isso é natural já que, quando a renda é menor, o espaço que os itens básicos ocupam no orçamento familiar é maior e as pessoas têm menos possibilidade de lidar com algum imprevisto que aconteça”.

Segundo a especialista, quem tem renda menor também precisa de mais disciplina financeira para evitar a inadimplência.

“Existe, sim, uma possibilidade de as pessoas se manterem adimplentes, apesar da renda mais baixa, mas é muito mais difícil. Então, o foco daquele que tem uma renda menor precisa ser em melhorar a qualificação, procurar cursos gratuitos, possibilidades de melhorar a própria renda para entrar em uma situação um pouco mais confortável”.

Merula diz que são necessárias políticas públicas que ajudem os brasileiros a saírem dessa situação de inadimplência. O governo federal prepara um programa, chamado Desenrola, que pretende renegociar até R$ 50 bilhões em dívidas de 37 milhões de pessoas físicas.

A política está sendo preparada pelo Ministério da Fazenda, que, em resposta à Agência Brasil, afirmou que “não se manifesta sobre medidas em elaboração”.

Marina Silva diz que Lula vai vetar trecho da MP da Mata Atlântica

A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, disse neste sábado (27) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai vetar um dispositivo da Medida Provisória 1150/22, conhecida MP da Mata Atlântica, aprovada na última quarta-feira (24) pela Câmara dos Deputados.  

O texto aprovado pelos deputados federais altera a Lei da Mata Atlântica (Lei 11.428/06) para permitir o desmatamento de área onde haverá implantação de linhas de transmissão de energia elétrica, de gasoduto ou de sistemas de abastecimento público de água, sem necessidade de estudo prévio de impacto ambiental ou compensação de qualquer natureza. Dispensa ainda a captura, coleta e transporte de animais silvestres, garantida apenas sua afugentação. O texto prevê também, dentre outros pontos, que a vegetação secundária em estágio médio de regeneração poderá ser derrubada para fins de utilidade pública mesmo quando houver alternativa técnica ou de outro local para o empreendimento. A MP vai agora para sanção presidencial

Em vídeo postado nas redes sociais em razão do Dia Nacional da Mata Atlântica, celebrado hoje, Marina Silva destacou movimentos da sociedade que dão suporte à criação de medidas protetivas ao bioma. “Venho reforçar o compromisso que o presidente Lula tem assumido em vetar as emendas que atacam a Lei da Mata Atlântica”.

“Tivemos ontem uma notícia muito ruim: aquele dispositivo que dificulta sobremaneira a proteção da Mata Atlântica havia voltado. Mas, hoje, temos uma notícia boa: como da primeira vez em que esse dispositivo veio à cena, o presidente Lula novamente disse que irá vetar”, disse. “E é isso que nós precisamos: de leis que ajudem a proteger todos os biomas brasileiros. E a Mata Atlântica, que já foi tão castigada pela destruição, consegue agora se regenerar graças a leis protetivas”, completou.

Motoristas autônomos têm 40% de desconto no IR; prazo vai até quarta

Motoristas autônomos têm 40% de desconto no IR; prazo vai até quarta

Os motoristas de aplicativo e taxistas autônomos têm direito, pela legislação, a descontar 40% de seus rendimentos na hora de calcular os ganhos registrados como tributáveis no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O prazo final para enviar a declaração termina na próxima quarta-feira (31).  

A existência do benefício foi lembrada por José Carlos da Fonseca, supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda, ao responder dúvidas dos ouvintes do programa Voz do Brasil, produzido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

“Esses 40% são incluídos como se fossem as despesas que ele precisa ter”, disse o supervisor, ao destacar que o benefício foi inserido na legislação para compensar gastos dos motoristas com manutenção do veículo, gasolina, pneus, limpeza, entre outros. “Essa é uma fórmula para aqueles profissionais que não são empresa, nem MEI [Microempreendedor Individual]”, frisou Fonseca.

Ou seja, têm direito ao desconto somente os motoristas que não possuem Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e, portanto, recebem pelas corridas como pessoa física, como é o caso dos motoristas de aplicativos como Uber e 99, bem como de alguns taxistas.

Como funciona?

O motorista primeiro deve calcular se precisa apresentar declaração neste ano. Para isso, é necessário ter registrado todas as quantias recebidas em 2022. O desconto de 40% é aplicado sobre o total dessas receitas somadas. Se o valor restante (60% dos rendimentos) for maior do que R$ 28.559,70, o profissional é obrigado a declarar o IRPF.

Vale lembrar que se o motorista de aplicativo, por exemplo, tiver uma outra fonte de renda, ela entra integralmente na soma, sendo que o desconto de 40% deve ser aplicado somente sobre o valor recebido pelas corridas feitas.

Constatada a necessidade de declarar o IRPF 2023, o motorista deverá recorrer ao chamado carnê-leão. A ferramenta faz o cálculo automático do imposto a ser pago de acordo com o rendimento de cada mês.

Para isso, o profissional de transporte deve selecionar como ocupação a opção “Motorista e Condutor do Transporte de Passageiros”. Na hora de preencher os valores recebidos, o profissional deve lembrar de descontar os 40%, conforme autorizado pela legislação tributária.

Se o carnê não foi preenchido ao longo do ano passado e caso haja imposto a pagar, será necessário emitir e quitar o Documento de Arrecadação Federal (Darf). Para cada mês de atraso no pagamento é cobrado juros de 1%, além de multa de 0,33% ao dia, limitada a 20% do imposto devido.

O carnê-leão pode ser acessado na página Meu Imposto de Renda, da Receita Federal. O login pode ser feito por meio da plataforma Gov.Br. Uma vez logado, o motorista deve clicar na opção “acessar carnê-leão” e, em seguida, preencher as informações na tela.

É preciso ficar atento com o ano que consta no topo da página. O IRPF 2023 se refere aos rendimentos recebidos no ano passado, portanto deve ser escolhida a opção 2022 na hora de preencher o documento.

Declaração

Ao preencher a declaração do IRPF em si, deve constar como “Rendimento recebido de pessoa física” o valor equivalente a 60% das corridas do motorista autônomo. Nesse caso, as informações podem ser importadas do carnê-leão.

Os outros 40%, mesmo que isentos de imposto, também devem constar na declaração, sendo classificado como “Rendimento isento ou não tributável”. O motorista autônomo precisa ainda registrar qualquer outra fonte de renda, além dos bens e direitos que possui, assim como os demais contribuintes.

O prazo final para a entrega do IRPF 2023 é 31 de maio.

SEC arrecada 150 toneladas de alimentos para a campanha Bahia Sem Fome

A solidariedade da comunidade escolar está fazendo a diferença na Campanha Bahia Sem Fome do Governo do Estado. A cada semana chegam mais doações nas 1.064 unidades escolares, nos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e na própria sede da Secretaria da Educação do Estado (SEC).

“Estamos conseguindo ampliar a quantidade de arrecadações em todo o Estado. Já registramos a doação de 150 toneladas de alimentos, desde o mês de março, quando iniciamos a campanha, contribuindo para levar alimentos para quem mais precisa”, explica a diretora Administrativa da SEC, Aline Soares, referindo-se ao aumento do volume recebido e encaminhado para os postos de distribuição da campanha.

Todas as áreas do governo estadual estão contribuindo com a campanha, que conta com a parceria de uma rede de equipamentos públicos e integrados, envolvendo municípios, movimentos sociais e populares, iniciativa privada e organizações da sociedade civil, religiosas, sindicais, culturais e educacionais do campo e da cidade. Podem ser doados alimentos não perecíveis (exceto sal), como arroz, feijão, macarrão, café, leite em pó, floco de milho e tapioca.

Prefeito Mário Alexandre vistoria obras do Complexo de Saúde no Banco da Vitória

policlínica; construção

Garantir assistência de qualidade e acesso a procedimentos de média e alta complexidade são alguns dos compromissos assumidos pelo Governo da Bahia com a população do sul do estado. Nesta sexta-feira (26), o prefeito Mário Alexandre conferiu as obras do Complexo de Saúde, que englobam a construção da Policlínica Regional de Saúde e de uma Unidade Básica de Saúde Tipo III (UBS Tipo III), no entorno do Hospital Costa do Cacau, no Banco da Vitória. Os estabelecimentos de saúde somam recursos na ordem de R$ 21,5 milhões.

Acompanhado da equipe técnica e vereadores, o prefeito afirmou que os investimentos tornaram-se o grande diferencial para impulsionar o desenvolvimento do município.

 

policlínica

“Visitamos as obras da Policlínica, mais um grande sonho que estamos realizando. Aqui não tinha nada, mas com muito planejamento e dentro dessa parceria com o Governo do Estado vamos entregar um equipamento de saúde com investimentos de quase R$ 20 milhões. Também estamos construindo uma UBS ao lado da Policlínica para ampliar a cobertura da Atenção Básica no nosso município. A palavra é gratidão. Gratidão ao nosso ministro Rui Costa, ao nosso governador Jerônimo Rodrigues e à nossa deputada Soane Galvão, que trabalham em prol do nosso povo”, destacou o gestor.

Na semana passada, Mário Alexandre assinou o Protocolo de Intenções para Constituição do Consórcio Público de Saúde da Região de Ilhéus (relembre aqui). Com 90% de avanço físico e orçada em R$ 17 milhões, a unidade vai assegurar diversos serviços para aproximadamente 400 mil habitantes das cidades que integram o consórcio.

 

policlínica; construção

Foto: José Nazal

Serão ofertados os serviços de Ressonância, Raio-x, Tomografia, Mamografia, Eletrocardiograma, Ecocardiograma, Ultrassonografia e consultas médicas em especialidades variadas.

Já a UBS Tipo III possui 95% de avanço físico, e após ser entregue vai atender uma média de 12 mil pessoas, residentes no Banco da Vitória e áreas adjacentes. Entre os serviços estão atendimento médico clínico, Farmácia, Odontologia, sala de vacinação, entre outros.

policlínica; construção

Na ocasião, Mário Alexandre frisou as obras de iluminação de trecho da BA-649, rodovia que liga Ilhéus a Itabuna. O serviço compreende a instalação de 180 novos postes e luminárias com lâmpadas de LED, entre os bairros Teotônio Vilela e Banco da Vitória, em uma extensão de sete quilômetros. A verba é proveniente de emenda da ex-deputada estadual Ângela Sousa, cujos recursos somam R$ 1,3 milhão.

Hoje é o ultimo dia do Capital do Jazz, onde Ilhéus recebeu durante dois dias; gênero musical se consolida na cidade

Ilhéus in Jazz

Ilhéus já está nos preparativos para promover um dos maiores eventos da região. Sucesso de público, a segunda edição do ‘Ilhéus in Jazz’ traz grandes nomes do gênero musical e promete unir cultura e gastronomia no mesmo lugar. A entrada é gratuita e as apresentações acontecem na Praça Dom Eduardo (Praça da Catedral), nos dias 27 e 28 de maio, a partir das 18h.

O festival contará com um espaço gourmet, homenageando os Temperos e Sons de Jorge, com a participação do Projeto Ciranda na Praça. Os organizadores do projeto levarão gastronomia e arte para o evento.

Programação – Os shows ficarão sob o comando de Eric Assmar, que estará acompanhado do músico mineiro Gustavo Andrade, e promete uma viagem musical única.

A cantora Clariana também se apresentará com o show Amy Reggaehouse e Big Band, homenageando a cantora britânica Amy Winehouse. A banda foi eleita a melhor banda de tributo a Amy Winehouse do mundo.

A festa conta ainda com shows de Zemtriw, Javalis Blues Band e Carbono 14. O projeto é uma realização da Gamboa, A4 Comunicação e AMB Bussiness’n Fun, com patrocínio do Governo da Bahia e apoio da Prefeitura de Ilhéus e ITS Brasil.

“Quero agradecer ao Governo da Bahia e aos empresários do nosso estado, que estão realizando um grande evento em Ilhéus, a capital do Jazz. Um espaço para toda a família desfrutar de entretenimento e muita música boa”, disse o prefeito Mário Alexandre.

O festival integra o calendário cultural e turístico da cidade. O objetivo é que o evento cresça a cada edição, unindo os segmentos artísticos da região e de outras partes do país.

 

Ilhéus in Jazz

Inovação e sustentabilidade: Prefeito Mário Alexandre e a Deputada Soane Galvão prestigia comemoração dos 77 anos da Joanes

joanes; cacau;  77 anos

Sustentabilidade, geração de emprego e inclusão social são algumas das bandeiras defendidas pela Joanes, empresa de processamento de derivados do cacau instalada no Distrito Industrial de Ilhéus. Na última quinta-feira (25), acompanhado do vice-prefeito Bebeto, da deputada estadual Soane Galvão, diretores executivos e representantes de entidades ligadas ao setor, o prefeito Mário Alexandre participou da solenidade em comemoração aos 77 anos da fábrica.

A banda de música da Polícia Militar da Bahia deu início à solenidade com a execução do hino nacional e hasteamento às bandeiras.

Para o chefe do Executivo, o investimento feito pela Joanes em inovação tecnológica, modernização e ampliação da estrutura física é reflexo do trabalho tocado pela gestão municipal, que tem oportunizado a permanência e instalação de grandes empreendimentos na cidade.

 

Joanes; 77 anos; cacau

“Vivemos um novo ciclo. O meu sentimento é de gratidão a Deus, pois temos avançado de uma forma jamais vista. A Joanes investiu mais de R$ 200 milhões para modernização e inovação tecnológica da fábrica localizada em Ilhéus. Agradeço à nossa deputada Soane Galvão, que tem fortalecido esse diálogo para garantir o desenvolvimento da nossa cidade. Agradeço também ao Governo da Bahia e ao Governo Federal, que não têm medido esforços para melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, destacou.

Na oportunidade, a comitiva participou da reativação do projeto Fênix, que promove sustentabilidade em todos os processos desenvolvidos, com inclusão social e valorização do pequeno e médio produtor.

 

joanes; cacau;  77 anos

 

Conforme a direção, atualmente a empresa gera 253 empregos diretos e aproximadamente mil empregos indiretos.

“Ilhéus desponta como uma cidade do futuro, sustentável e inteligente. O trabalho chefiado pelo prefeito Mário Alexandre assegura a instalação de novas indústrias, somado aos investimentos realizados com apoio do governo estadual, que têm permitido a expansão desse setor”, ressaltou Soane Galvão.

 

joanes; cacau;  77 anos

 

A Joanes anunciou o aumento de 50% na produção de amêndoas, utilização de energia renovável em 50% de suas instalações e redução de 40% da emissão de carbono. “São investimentos que reafirmam a aposta do grupo no negócio cacau e na cidade de Ilhéus, contribuindo com o nosso crescimento econômico e social”, acrescentou Bebeto.

A empresa teve a primeira fábrica inaugurada em Salvador, em 1946.  Em maio de 1979, a fábrica foi transferida para Ilhéus, instalada mais próxima da fonte produtora de matéria-prima.

Em 2015, a Joanes Industrial foi adquirida pela Olam Cocoa, atual OFI, uma das maiores processadoras de cacau do mundo e atende aos mercados interno e externo, principalmente às indústrias de chocolates, achocolatados e biscoitos.

 

joanes; cacau;  77 anos

 

“Um momento gratificante, porque ele comprova que todos os esforços que estão sendo feitos pela cadeia e por todos os atores estão surtindo efeito. A ampliação da fábrica mostra que a Joanes acredita no Brasil e que em breve poderemos atender o mercado local de forma sustentável”, explicou Anna Paula Losi, presidente-executiva da Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau.

Ela frisou que as ações e projetos são desenvolvidos com foco em uma produção autossuficiente, que permitirá ao país atingir o status de principal produtor de cacau sustentável, que preserva a Mata Atlântica e a Floresta Amazônica.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia