WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de ilheus prefeitura ilheus secom bahia

setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: 20/set/2021 . 13:25

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

Vulcão Calbuco no Chile entra em erupção

Nós, brasileiros, aprendemos que fenômenos naturais como terremotos e vulcões não são motivo de preocupação. Mas esta semana trouxe uma notícia diferente. A atividade de um vulcão próximo à África teria capacidade de provocar efeitos na costa brasileira. O vulcão Cumbre Vieja, em La Palma – ilha que compõe o conjunto das Ilhas Canárias espanholas – têm o potencial de provocar um tsunami na costa brasileira.

O vulcão vinha aumentando sua atividade sísmica ao longo dos últimos dias e entrou em erupção ontem (19). Fontes de lava e nuvens de fumaça foram registradas no local. As Ilhas Canárias ficam localizadas a noroeste da África, próximas à costa do Marrocos e do Saara Ocidental.

Chances remotas

Para as atividades vulcânicas do Cumbre Vieja causarem impacto na costa brasileira seria necessário um grande colapso do vulcão. Se isso ocorresse, atingiria toda a costa brasileira, de norte a sul, bem como de outros países banhados pelo Oceano Atlântico. Essa possibilidade, no entanto, é considerada remota por especialistas.

Um estudo do pesquisador norte-americano George Pararas-Carayannis, presidente da Tsunami Society International, afirmou que esse tipo de colapso é “extremamente raro e nunca ocorreu na história registrada”. Além disso, ele afirmou que estudos recentes prevendo a geração de tsunamis a partir da erupção do Cumbre Vieja foram baseados em suposições incorretas.

Pararas-Carayannis acrescentou em seu estudo que uma “atenção e publicidade inapropriadas da mídia a tais resultados probabilísticos têm criado uma ansiedade desnecessária de que megatsunamis poderiam ser iminentes e devastar populações costeiras em localidades distantes da origem – nos oceanos Atlântico e Pacífico”.

Já o geólogo Mauro Gustavo Reese Filho, da Universidade Federal do Paraná, afirma em estudo que, ainda que as chances sejam remotas, a população costeira do Brasil deveria ser conscientizada. “Estudos mais recentes dizem que as chances de ocorrência são remotas e longínquas, no entanto, o estabelecimento de sistemas de alarme que possibilitam a evacuação de áreas é justificável quando se trata de vidas humanas”, afirmou Reese em seu trabalho, também citado pela Metsul Meteorologia.

O pesquisador brasileiro apontou a falta de cuidados preventivos na costa brasileira. Ele parte do princípio de que uma mera possibilidade de desastre já indica a necessidade de ações preliminares. “A possibilidade de ocorrência deste evento por si só deveria ser razão para a prevenção de todos os tipos de danos na costa brasileira, porém até o momento nada foi feito. A falta de informação é a principal causadora deste problema, pois inclusive no meio geológico muitas pessoas não sabem sobre tal fato”.

Vulcões

Um vulcão é uma estrutura geológica, em terra firme ou em alto-mar. Eles se formam a partir do choque de duas placas tectônicas, massas rochosas rígidas que formam a crosta terrestre e que deslizam sobre o manto – material subjacente de consistência plástica. Quando essas placas se chocam, uma mergulha sobre a outra, elas se fundem parcialmente e as rochas esquentam a mais de 1000 graus Celsius. Há o aumento de pressão e a crosta terrestre derretida sobe à superfície, formando vulcões e ilhas.

Os vulcões típicos têm formato cônico e montanhoso, mas de proporções variáveis. Essa estrutura cônica, como uma chaminé, comunica uma câmara subterrânea profunda com a superfície. Nessa câmara fica armazenado o magma, uma massa de rocha fundida de alta temperatura, constituída em grande parte de silicatos (tipos de minerais), misturados com vapor de água e gás.

A erupção começa com uma instabilidade no solo, acompanhada por tremores de terra. Formam-se fendas na região instável e consequente saída explosiva de gases, ejeção de água subterrânea e terra. A seguir, verifica-se a abertura e limpeza da chaminé e a expulsão de cinzas, blocos e bombas vulcânicas. Finalmente ocorre o derramamento de lava, que nada mais é do que o magma expelido à superfície e ainda em estado líquido.

Governo propõe PL que limita remoção de conteúdos em redes sociais

 

O governo federal enviou ao Congresso um Projeto de Lei (PL) que limita a remoção de conteúdos em redes sociais com mais de 10 milhões de usuários. De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, a medida altera o Marco Civil da Internet (Lei nº 12.965/2014) e a Lei nº 9.610/1998, que trata de direitos autorais, “de forma a explicitar os direitos e as garantias dos usuários de redes sociais e prever regras relacionadas à moderação de conteúdo pelos respectivos provedores”.

No último dia 6 de setembro, o presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória (MP) semelhante, que mudava essas regras, criando obstáculos para os moderadores de tais ferramentas excluírem os conteúdos que julgassem falsos, por exemplo. O ato, entretanto, foi suspenso pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 14 e, no mesmo dia, foi devolvido ao governo pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Segundo Pacheco, a MP tratava de assuntos que, por previsão constitucional, não poderiam ser tratados por tal instrumento legal. Atos adotados em media provisória entram em vigor imediatamente e têm 120 dias para serem aprovados no Congresso para não perderem a validade.

Assim, com o novo PL, o tema poderá ser debatido pelos parlamentares antes de entrar em vigor. Também está em tramitação no Congresso o PL 2.630/20, que visa combater a disseminação de notícias falsas em redes sociais. O texto foi aprovado no Senado e está em debate na Câmara.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, o PL encaminhado pelo governo observa os princípios da liberdade de expressão, de comunicação e manifestação de pensamento, previstos na Constituição Federal, “de forma a garantir que as relações entre usuários e provedores de redes sociais ocorram em um contexto marcado pela segurança jurídica e pelo respeito aos direitos fundamentais”.

Mudanças

Em nota, a pasta destacou que, atualmente, há cerca de 150 milhões usuários de redes sociais no Brasil, o que corresponde a mais de 70% da população. “A medida busca estabelecer balizas para que os provedores de redes sociais de amplo alcance, com mais de 10 milhões de usuários no Brasil, possam realizar a moderação do conteúdo de suas redes sociais de modo que não implique em indevido cerceamento dos direitos e garantias fundamentais dos cidadãos brasileiros”, diz.

Ainda segundo a secretaria, o PL acrescenta dispositivos que “garantem o direito a informações claras, públicas e objetivas sobre quaisquer políticas, procedimentos, medidas e instrumentos utilizados para efeito de eventual moderação de conteúdo, bem como o direito ao exercício do contraditório, ampla defesa e recurso nas hipóteses de moderação de conteúdo pelo provedor de rede social”.

Além disso, o projeto prevê o direito de restituição do conteúdo publlicado pelo usuário na rede social, em caso de remoção, e a “exigência de justa causa e de motivação nos casos de cancelamento ou suspensão de funcionalidades de contas ou perfis mantidos pelos usuários de redes sociais, bem como nos casos de exclusão de conteúdo gerado por eles”.

Finalmente, o provedor de redes sociais será obrigado a notificar o usuário, identificando a medida adotada, apresentando a motivação da decisão de moderação, as informações sobre prazos, canais eletrônicos de comunicação e procedimentos para a contestação, bem como a eventual revisão da decisão.

Mulher é libertada após ser feita refém por cantor sertanejo , em Salvador

Mulher é liberada após ter sido feita refém pelo ex-companheiro em Salvador

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atenderam a vítima logo após ela sair do imóvel, e constataram que ela teve apenas ferimentos leves. O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Ele chegou a exigir o pagamento de R$ 8 mil e a presença de um advogado para que pudesse libertar a mulher, e fez ameaças pedindo que policiais não se envolvessem na negociação. A mãe da vítima, inclusive, informou que ele tinha dívida com agiotas e costumava extrair dinheiro da família.

Mulher é feita refém por ex-companheiro no bairro de Sussuarana, em Salvador
Policiais da 49ª CIPM, que atende o bairro de Sussuarana, e agentes do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) conseguiram convencer o suspeito a se entregar e a mulher foi libertada sem gravidade.

O major Luciano Jorge, responsável pelo policiamento da área, informou que houve uma briga entre os dois durante a madrugada e o conflito no relacionamento evoluiu para a situação de cárcere privado.

“Eles brigaram durante a madrugada, entraram em vias de fato, a casa estava desarrumada. E essa lesão que restou foi justamente das vias de fato deles dois”, disse o oficial.

Policial Militar que ajudou na negociação para liberar refém comenta o crime em Salvador
 Policial Militar que ajudou na negociação para liberar refém comenta o crime em Salvador

João Lima vai responder inicialmente pelo crime de cárcere privado e a Polícia Civil vai prosseguir as investigações.

Brigas constantes

Sobrinha da mulher feita refém pelo ex-companheiro fala que havia constantes brigas entre

Familiares da mulher disseram que havia um histórico de brigas entre o casal. Segundo a sobrinha da vítima, os dois estavam separados há cerca de seis meses. A jovem confirmou que o o suspeito estava em São Paulo, mas chegou na madrugada desta segunda a Salvador.

A garota disse que os dois filhos do casal, que presenciaram toda a ocorrência, estão com uma vizinha e não ficaram feridos.

“As crianças estão bem. Estão com uma vizinha”, informou.

Invasão e cárcere privado

De acordo com testemunhas, o caso teve início durante a madrugada desta segunda-feira (20), quando João Lima invadiu a casa da ex-companheira. Segundo a SSP, a mãe da mulher foi até a sede da 48ª Companha Independente da Polícia Militar, responsável pela segurança no bairro, e informou a ocorrência, no início da manhã.

Conforme Maria Ilza, mãe da vítima, o homem estava em São Paulo e deixou a mulher em Salvador com dois filhos. De volta à capital baiana, a encontrou com um novo companheiro e não aceitou.

Mulher é liberada após ter sido feita refém pelo ex-companheiro em Salvador

Mulher é liberada após ter sido feita refém pelo ex-companheiro em Salvador

Suspeito é um músico, identificado como João Lima — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Suspeito é um músico, identificado como João Lima — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Maria Ilza, mãe da vítima, disse que o suspeito costumava extrair dinheiro da família, além de ter dívidas com agiota. Segundo ela, o homem pede o pagamento da quantia e um advogado para que a mulher seja liberada.

“Estou muito nervosa! Está querendo que eu dê R$ 8 mil e um advogado. Onde que eu vou arrumar R$ 8 mil e advogado? Ele já levou dinheiro de agiota, já levou muito dinheiro da minha mãe, eu não tenho mais de onde tirar. Onde é que eu vou conseguir mais R$ 8 mil agora?”, disse.

Ainda segundo informações de testemunhas, João Lima já havia agredido a vítima anteriormente, furando a mulher com uma garrafa de vidro. A mãe também acrescentou que a filha era agredida e ameaçada constantemente pelo ex.

Caso acontece no bairro de Sussuarana — Foto: Rildo de Jesus/TV Bahia

Caso acontece no bairro de Sussuarana — Foto: Rildo de Jesus/TV Bahia

Homem é preso após agredir e golpear ex-companheira com garrafa de vidro; vítima ficou cega

Homem é preso após agredir e golpear ex-companheira com garrafa de vidro na Bahia; vítima ficou cega — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem foi preso por agredir e golpear a ex-companheira usando uma garrafa de vidro. O suspeito foi detido na manhã desta segunda-feira (20), em Salvador, no bairro de Plataforma. Segundo a Polícia Civil, a vítima ficou cega.

O crime aconteceu em Santo Amaro, no Recôncavo Baiano, no mês de agosto. Por causa das agressões, a mulher ficou com diversas marcas de cortes. A polícia detalhou que ela teve lesões no olho esquerdo, cabeça, seios, pescoço, colo e rosto.

Na época do crime, a vítima foi levada para um matagal e mantida em cárcere privado, enquanto ainda estava ferida. Ela só foi encontrada dois dias após a agressão. Os pais do agressor também foram presos, porque colaboraram com o cárcere da mulher.

Ainda de acordo com a polícia, os dois medicaram a vítima por conta própria, o que fez com que ela perdesse a visão. O agressor está à disposição da Justiça em Salvador e os pais dele estão detidos em Santo Amaro.

Governador Rui Costa lamenta morte do professor Adeum Sauer

39FAFA90-3FC5-40AB-98F7-71263BEC3F9D

O governador Rui Costa lamentou, por meio das redes sociais, a morte de Adeum Hilário Sauer. Professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adeum Sauer foi secretário da Educação do Estado entre os anos de 2007 e 2009.

Na publicação, Rui destacou que “sua trajetória foi marcada pelo empenho em transformar a vida de baianos e baianas pela educação. Que Deus conforte seus familiares e amigos neste momento de dor”.

Comunicado- Coleta de Lixo em Ilhéus

CENTRO ADMINISTRATIVO

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), iniciou o processo de transição no serviço de coleta de resíduos sólidos domiciliares e comercias de pequeno porte. Neste período que compreende o encerramento do antigo contrato emergencial e a conclusão da licitação definitiva, a Secsurb está realizando a coleta com sua equipe de servidores e sua frota de veículos e equipamentos.

“Apesar de todos os esforços de nossa equipe, sabemos que a eficácia não corresponde a de uma empresa especializada e, por esse motivo, pedimos a compreensão da população para colaborar conosco reduzindo a frequência em que coloca seus resíduos em sua porta. Apesar de não podermos afirmar com precisão a data de encerramento do certame licitatório, acreditamos que dentro de mais ou menos uma semana já estaremos sob a vigência de um contrato regular, com novas rotas e horários buscando uma coleta mais eficiente, pontual e que corresponda às expectativas da população ilheense. Nos desculpamos pelos transtornos momentâneos e agradecemos a cooperação da nossa população”, informou, em nota, a Secsurb.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia