A Prefeitura de Ilhéus, através do Gabinete de Crise, está com o serviço de aconselhamento psicológico gratuito para os pacientes, familiares e até mesmo aos afetados pela pandemia, por meio de uma escuta telefônica. O serviço foi criado em razão da reconhecida importância da saúde mental, relacionada à nova realidade social do Coronavírus. Não apenas o município, mas o país tomou medidas de restrições para conter a propagação do vírus.

O programa “Como vai você?”, oferece suporte de apoio emocional que será realizado por profissionais psicólogos, voluntários e inscritos no Conselho Regional de Psicologia da Bahia – 3ª Região, por meio dos números telefônicos: (73) 98856-9999(73) 98899-6439(73) 98836-6436 ou (73) 98837-8084. O tempo estimado é de 20 minutos para cada ligação, a fim de viabilizar que outras pessoas tenham a possibilidade de poderem ser acolhidas.

No entanto, a coordenação informa que o acolhimento não tem a finalidade de tratar problemas psicológicos, ou realizar psicoterapia. Na avaliação dos profissionais, os fatores que mais estressam as pessoas isoladas são não saber quanto tempo durará a quarentena, medo de serem infectados, frustração, tédio, questões sobre os suprimentos ou informações inadequadas, possíveis perdas financeiras e receio de que, ao sair, fiquem com o estigma da doença.

A quarentena, ou isolamento social é uma medida eficaz para conter o contágio, mas que tem consequências para a saúde mental da população. Em geral, gradualmente, as aulas foram suspensas, as empresas reduziram o horário de funcionamento ou fecharam, os sistemas de transporte público foram paralisados e até o movimento de pessoas nas ruas ficou praticamente proibido. Tudo isso gera um impacto econômico e social nas pessoas e nas comunidades