WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

camara de ilheus camara de ilheus prefeitura de ilheus prefeitura ilheus secom bahia

setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: ‘Polícia’

FRAUDES NA SAÚDE: POLICIA FEDERAL CUMPRE MANDADO EM ITABUNA E ILHÉUS

Uma operação deflagrada nesta quarta-feira (11) pela Polícia Federal (PF), em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), cumpre nove mandados de busca e apreensão em Ilhéus e Itabuna, no sul da Bahia. A Operação Nefanda visa combater crimes de fraude a licitação e desvios de recursos públicos federais que deveriam ser empregados no enfrentamento da pandemia de coronavírus.

De acordo com a PF, foi apurado que, em Ilhéus, uma empresa sem capacidade técnica e operacional foi contratada sem licitação, por R$ 1,2 milhão, para para gerir um brigo de campanha destinado ao acolhimento de pacientes infectados com a Covid-19. Ainda segundo a PF, o objeto social da empresa [o propósito e atividades da companhia] é “recreação e lazer”.

A PF destacou que as investigações se iniciaram em novembro de 2020 e revelaram fortes indícios de fraudes no procedimento de dispensa de licitação que culminou na contratação da empresa, dentre os quais: ausência de detalhamento do objeto licitado, cotação fraudulenta de preços, direcionamento e início da execução do serviço que seria contratado antes mesmo do encerramento do procedimento de dispensa de licitação.

Ainda segundo a PF, os investigados responderão pelos crimes de fraude a licitação, estelionato, peculato, corrupção passiva, falsidade ideológica e associação criminosa.

Ao todo, 36 policiais federais e nove servidores da CGU participam do cumprimento dos mandados, todos expedidos pelo Tribunal Regional Federal.

Em casos distintos, três vítimas de facadas dão entrada no Hospital de Base em Itabuna

 

Na noite de ontem (09), uma mulher identificada apenas pelo prenome Mariana foi vítima de golpe de arma branca, em crime ocorrido no Condomínio Jardim América, no bairro Nova Califórnia.

De acordo com informações do repórter Rai Nascimento, da Rádio Difusora, a agressora não gostou do fato de Mariana estar encarando-a, e partiu para o ataque com uma faca, golpeando a vítima.

Populares acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), que socorreu Mariana para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Ele foi atendida e, posteriormente, liberada.

Em Buerarema, João Pereira dos Santos desferiu uma facada contra o próprio o corpo, em tentativa de suicídio. O golpe atingiu o seu ombro esquerdo. Ele foi socorrido para o Hospital de Base em Itabuna, onde foi atendido e liberado.

Também vítima de facada, Rogério Soares dos Santos, 32 anos, foi atacado com um golpe nas costas, desferido pelo próprio irmão, após desentendimento e vias de fato entre ambos. Neste último caso, não foi informado o bairro de Itabuna onde aconteceu o crime. Rogério foi atendido pela equipe médica do HBLEM, e posteriormente liberado.

Caso Sáttia Lorena: Justiça recebe denúncia contra médico acusado de jogar ex do 5º andar de prédio durante briga

TJ-BA aceita denúncia contra médico suspeito de tentar matar a companheira em Salvador
TJ-BA aceita denúncia contra médico suspeito de tentar matar a companheira em Salvador

denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra o médico Rodolfo Cordeiro Lucas, investigado pela tentativa de homicídio da ex-companheira, a médica Sattia Lorena Patrocínio Aleixo, foi recebida pela Justiça da Bahia. A médica caiu do 5° andar do prédio em que morava com Rodolfo.

De acordo com o MP-BA, a denúncia foi recebida na sexta-feira (6), pelo juiz Vilebaldo José Pereira. Com isso, “Rodolfo Cordeiro Lucas passa da condição de suspeito a réu do processo em que é acusado de cometer o crime de feminicídio na modalidade tentada, em razão de ter praticado agressões físicas contra sua então companheira por razões de condições do sexo feminino, decorrente de violência doméstica e familiar”, diz nota do MP-BA.

O pedido de prisão preventiva apresentado pelo promotor de Justiça Davi Gallo ainda não foi avaliado pela Justiça.

Médica Sáttia Lorena caiu de 5 andar de prédio durante briga com Rodolfo Lucas — Foto: Redes Sociais / Reprodução

Médica Sáttia Lorena caiu de 5 andar de prédio durante briga com Rodolfo Lucas — Foto: Redes Sociais / Reprodução

Segundo a denúncia, no dia 20 de julho do ano passado, por volta das 0h30, Rodolfo Cordeiro, após agredir fisicamente Sattia Lorena, empurrou-a na direção da janela do quarto do casal do apartamento, situado no 5º andar do Edifício Serra do Mar, no bairro de Jardim Armação.

Conforme o documento, o suspeito teria forçado que as mãos da médica, que a mantinha dependurada na janela, se soltassem, o que provocou a queda de uma altura de 15,5 metros, causando-lhe graves ferimentos.

O promotor de Justiça Davi Gallo, responsável pelo caso, ressaltou que o motivo do crime foi torpe, pois a “ação criminosa foi precedida de ameaças pelo agressor em face da vítima, reiterados momentos antes do desfecho trágico, e as quais decorreram do sentimento de posse e da não aceitação da ruptura do relacionamento pelo agressor”.

Médico Rodolfo Cordeiro Lucas se tornou réu do processo — Foto: Reprodução / TV Bahia

Médico Rodolfo Cordeiro Lucas se tornou réu do processo — Foto: Reprodução / TV Bahia

Davi Gallo complementou que a vítima não teve qualquer chance de defesa, pois foi enforcada e agredida pelo denunciado, “desvencilhando-se em determinado momento” e permanecendo em pé em cima da cama do quarto do casal.

Nesse momento, de acordo com o promotor, Sáttia, acuada, teria sido empurrada pela janela e tido suas mãos desprendidas pelo denunciado do local que apoiava quando tentava se segurar, caindo em seguida.

No dia 15 de julho, o MP também pediu para a Polícia Civil fazer uma nova reconstituição do caso. De acordo com o órgão, a nova reconstituição pedida deve conter a versão dos fatos dada pela vítima. A primeira foi questionada pela defesa do investigado.

Após recebimento da denúncia pela Justiça, o advogado Maurício Vasconcelos, que representa Sáttia, falou que espera levar Rodolfo ao tribunal do júri.

“É o desfecho daquilo que nós já sabíamos. Que de fato houve uma tentativa de homicídio perpetrado contra a mesma [Sáttia], que quase a levou à morte e que ainda deixa sequelas terríveis, não só no campo físico, como emocional. E nós vamos aguardar a instrução, na certeza de que tudo isso será confirmado, e esperar que o denunciado seja levado a julgamento perante ao tribunal do júri. Essa é nossa expectativa”, falou.

Homem é preso em Itabela acusado de fraudar dados de agricultores de Itabuna e Ilhéus

A Polícia Civil prendeu em flagrante,  em Itabela, no extremo-sul da Bahia, um homem acusado de utilizar, indevidamente, nomes de produtores rurais de Itabuna, Ilhéus, Santa Luzia, no sul do estado; em Eunápolis, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, no extremo-sul, e Vitória da Conquista, no sudoeste, para ganhar licitações em municípios.

De acordo com as investigações da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior em Eunápolis ((Coorpin), o suspeito identificado com o Ubiratan Brito Rosa de Souza, o “Bira Rosa”, de 50 anos, que montou uma cooperativa que supostamente representaria estes produtores, aplicava o golpe desde 2013, mas as denúncias à Polícia Civil começaram a ser feitas há dois meses. As informações são do blog Pimenta.

A polícia informou que a cooperativa tinha sede em Eunápolis, mas tinha como falsos representados agricultores em três regiões do estado. Usando os dados das vítimas, o homem participava de processos licitatórios para o fornecimento de merenda escolar no interior da Bahia.

Segundo a polícia, como, em tese, eram os produtores que estavam fornecendo os alimentos aos municípios, eles ficavam impedidos de fornecer seus produtos para o programa. Além disso, tinham seus benefícios – a exemplo do Bolsa Família – bloqueados.

Qualificação: PM da Bahia visita São Paulo para conhecer câmaras ‘grava-tudo’

 

Membros da Polícia Militar da Bahia foram até São Paulo para conhecer as câmeras ‘grava-tudo’, que ficam acopladas nos uniformes da polícia paulista e registram intervenções em áudio e vídeo. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo.

Além dos baianos, militares do Distrito Federal e Paraná também visitaram o estado para obter informações da tecnologia. Para as próximas semanas, são esperados representantes do Rio de Janeiro e Alagoas.

Em maio, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) elaborou um Termo de Referência para o uso do equipamento em fardas de policiais militares, civis e bombeiros militares do estado. De acordo com a SSP, “a iniciativa visa resguardar e tornar transparente as ações dos integrantes da segurança pública no dia a dia com a sociedade”.

Ilhéus: Mataram desconhecido no Malhado

Até as primeiras horas da manhã de hoje (27), ainda não havia precisão na identificação do rapaz que foi morto ontem. A policia realizou o levantamento cadavérico de um homem, sem identificação, que foi morto a golpes de faca, na avenida Litorânea Norte, bairro do Malhado em Ilhéus, em frente a Sede do Samu. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Policia Técnica.

Atentado a tiros deixa um morto e três baleados na BR-101, dentre eles, duas garotas de programa

 

Na madrugada de hoje (24), um atentado ocorrido no estacionamento de uma transportadora localizada no KM 505 da BR-101, nas imediações do bairro Odilon, em Itabuna, resultou em um homem morto e outras três pessoas baleadas. A vítima fatal foi identificada como Rodrigo Silva dos Santos, 28 anos, natural de Itabuna e morador do bairro de Zizo.
O ataque a tiros aconteceu a cerca de 500m do posto da Polícia Rodoviária Federal, nas imediações do posto de combustíveis Atalaia. De acordo com informações policiais, Rodrigo e um amigo, natural do estado de Pernambuco, definiram um encontro com duas garotas de programa na região do Centro Comercial de Itabuna.
As duas entraram no veículo em que Rodrigo e o amigo estavam, uma pick-up Chevrolet S-10 de cor branca e placa Mercosul FFF-5D81, licenciada em Rafard-SP. Do Centro Comercial, os quatro seguiram para a BR-101, no local onde o ataque ocorreu.
Os quatro estavam dentro do veículo estacionado, quando o atirador, não identificado, aproximou-se e disparou diversas vezes contra o quarteto, em especial, contra Rodrigo, que morreu no local do ataque. O amigo dele e as duas garotas foram baleados e posteriormente socorridos por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Não há risco de morte para os feridos, embora os tiros tenham atingido regiões como clavícula e rosto.
Um fato curioso ocorreu no Hospital de Base, com uma das vítimas. Uma das garotas de programa, assim que recebeu atendimento, fugiu da unidade, sem maiores esclarecimentos. A polícia deve ouvir os relatos do pernambucano e da outra garota de programa, que seguem internados no HBLEM.
Diversas cápsulas de pistola de calibre .380 foram encontradas no local do crime, dentro e fora do veículo. O corpo de Rodrigo foi encontrado caído ao solo, ao lado da caminhonete. De acordo com os peritos, ele foi alvejado uma única vez, na testa.
As Polícias Militar e Civil foram acionadas, e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Itabuna removeu o corpo de Rodrigo, que já estava enrijecido, segundo os peritos, indicando que o crime tenha acontecido logo no início da madrugada.
As investigações da Polícia Civil já foram iniciadas e a hipótese de latrocínio é a menos provável, já que os pertences pessoais das vítimas, como dinheiro e aparelhos celulares, por exemplo, foram achados dentro do carro.
O pernambucano, baleado na clavícula, foi identificado como Carlos Antônio Alves Júnior. As duas mulheres foram identificadas como Andreza Bonfim Ferreira e Miriam da Silva Ricardo, sendo esta última ex-detenta do Conjunto Penal de Itabuna. Foi Miriam que deixou o Hospital de Base às pressas, ainda na manhã deste sábado.
De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, ela cumpriu pena por tráfico de drogas após ter tentado entrar no presídio de Itabuna com drogas.

Acusada de latrocínio em Camacan encontra-se foragida e polícia amplia buscas

O delegado da Polícia Civil de Canavieiras, Renato Fernandes, enviou , para a Vara Crime da Comarca de Canavieiras, o Inquérito Policial que investiga a morte do taxista Alex Cruz Pereira, de Camacan, que foi encontrado morto na cidade de Canavieiras na manhã do dia 15 de dezembro de 2017.

A polícia comprovou que no dia 14 de dezembro de 2017 o casal Alisson de Souza Vinhas e sua esposa Ina Rocha dos Santos, 21 anos à época do crime, saíram da cidade de Porto Seguro e contrataram em Camacan a corrida até a cidade de Canaveirias onde Ina, possui familiares na zona rural. Também ficou comprovado que o casal já conhecia o taxista e agiram premeditadamente. A intenção era roubar o veículo do taxista executando o mesmo.

Ao passarem pela zona rural de Canavieiras fizeram o taxista descer do carro e ele foi executado com vários tiros dentro de um matagal. Ocorreu que o caso ganhou repercussão e com filmagens do casal circulando na cidade de Camacan, e essas imagens foram amplamente divulgadas em aplicativos de redes sociais.

No dia seguinte, o casal abandonou o veículo que havia sido roubado no distrito de Arraial D´Ajuda em Porto Seguro, e seguiu para o povoado de Itabatan, município de Mucuri, na divisa com os estados do ES e MG.

Na época o casal foi localizado pela polícia e Alysson morreu em confronto e sua esposa chegou a ser presa. Ambos estavam com identidades falsas e vários pertences da vítima, bem como o revolver utilizado no crime, além de entorpecentes.

Antes de tudo isso, Alysson e Ina já haviam sido presos em Porto Seguro por tráfico de drogas, mas muito rapidamente, foram liberados pela justiça, e ganharam liberdade para continuar cometendo outros crimes e contravenções.

Em continuidade às investigações a Polícia comprovou que Ina apresentou inúmeras contradições nas declarações prestadas e que não somente tinha pleno conhecimento, como também participado da execução da vítima.

Após representação da autoridade policial a esposa de Alisson teve sua prisão preventiva decretada e encontra-se foragida. Quem tiver informações que levem ao paradeiro de Ina, deve denunciar através do número 73-99803-9200.

Mãe e filha suspeitas de matarem criança de 3 anos foram espancadas até a morte

A mãe e a filha suspeitas de envolvimento na morte de uma criança de 3 anos em Nova Brasília de Valéria foram achadas mortas com sinais de agressão em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, na manhã desta terça-feira (20), algumas horas após o primeiro crime. Mãe e filha eram vizinhas do pequeno Luiz Fernando, que foi achado morto dentro de um saco na casa delas.

Segundo a polícia, os corpos de Rosenilda de Cássia Gonçalves, de 61 anos, e Uelma Gonçalves da Cruz, 38, foram achados perto de uma fábrica no CIA. Uma equipe da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foi até o local após receber denúncia sobre corpos abandonados na Estrada Santo Antônio do Rio das Pedras. As mortes das duas serão investigadas pela 22ª Delegacia (Simões Filho). Já o assassinato do menino é investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios, em Salvador. Familiares e testemunhas são ouvidos e laudos periciais auxiliarão nas investigações, diz a Polícia Civil.

Menino achado morto

Um menino de 3 anos foi encontrado morto dentro de uma casa no bairro de Nova Brasília de Valéria, na madrugada desta terça-feira (20). Segundo informações da mãe da criança, Daniela Goés, Luiz Fernando foi encontrado na casa da vizinha dela. O caso ocorreu na Rua Manuel Quirino. Em entrevista à TV Bahia, ela contou que ele estava na frente de casa e ela o deixou brincando com outras crianças, na noite dessa segunda-feira (19). “Fui em casa e quando voltei, não encontrei mais”, relatou. A vizinha, identificada apenas como Cacau, inicialmente negou que a criança estivesse em sua casa. “Eu fui na casa de outra vizinha, mas ela disse que não estava lá também. Que ele tinha ficado no mesmo lugar que deixei. Ninguém viu ele entrando na casa dela”.   Daniela continuou procurando pelo filho e voltou à casa da moradora. Lá, encontrou um saco de linhagem embaixo de uma mesa. Ao carregar, encontrou o corpo do filho. “Eu perguntei por que ela fez isso com ele e ela ficou dizendo: ‘Ele não está morto, está desmaiado’. Eu trouxe ele pra UPA, e o médico disse que ele recebeu paulada e deve ter sido estrangulado. Ele estava cheio de hematomas no pescoço”, contou Daniela. Ela não sabia o que pode ter motivado o crime e diz que não tinha desavenças com a vizinha. Os filhos das duas costumavam brincar juntos. “Quando eu cheguei da UPA, para ver se ela estava lá para responder, os vizinhos disseram que ela havia fugido com a mãe e o filho. Mas não levou nada porque quando a perícia chegou lá, estava tudo no lugar”, comentou Daniela. // Correio 24hs.

Assassinato de Policiais: Três ciganos já foram mortos

Dos 6 ciganos que mataram  os polícias ainda estão foragidos  dois  deles:   Solon  Matos  e  Charlis Matos
Se vocês os reconhecer denunciem 190Um cigano suspeito de participar da morte do tenente e do soldado da Polícia Militar, Luciano Libarino Neves, 34 anos, e Robson Brito de Matos, 30, respectivamente, foi preso em flagrante, na terça-feira (13/07), após dar entrada no Hospital de Base de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. Outros três homens, que seriam da mesma família do preso, entraram em confronto com a polícia e morreram. Eles não teriam participação no caso.

Os ciganos mortos foram identificados como Ramon da Silva, Arlan da Silva Matos e Dalvan da Silva Matos.

Assim que o crime aconteceu, buscas foram iniciadas por equipes da PM e da Polícia Civil, em toda a região. A partir do levantamento de investigações e denúncias, policiais da 92ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Ronda Rural/Vitória da Conquista) chegaram no acampamento cigano e conduziram outros cinco integrantes da família que vivem no local para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) para prestarem depoimento.

DJ Ivis é preso no Ceará

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, foi preso, nesta quarta-feira (14/07), pela Polícia Civil do Ceará após sua prisão ser decretada pela Justiça. O homem foi flagrado em vídeos amplamente divulgados em veículos de comunicação e nas redes sociais agrendindo sua ex-mulher, Pamella Holanda, na frente de sua filha.

Policia Caça ciganos que mataram policiais

Começaram no final da noite da terça-feira (13) e se estendem até a manhã desta quarta-feira (14), no 9º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação, os velórios dos corpos dos dois militares lotados na 92ª Companhia Independente de Polícia Militar, a Companhia Rural. Eles morreram durante atividade no Distrito de José Gonçalvees, Zona Rural de Vitória da Conquista.  De acordo com a Assessoria de Comunicação do Comando de Policiamento da Região Sudoeste da Bahia, o corpo do soldado Robson Brito de Matos, de 30 anos, foi levado para Brumado e depois seguirá para o sepultamento em Ibiassucê. Já o do tenente Luciano Libarino Neves, 34 anos, sairá do 9º BEIC em cortejo para um Cemitério na Zona Rural de Vitória da Conquista, em local e horário a definir.

A  MORTE–  Os dois policiais faziam um trabalho investigativo  no distrito de José Gonçalves, zona rural de Vitória da Conquista. O cabo Robson Brito Matos e o  tenente, Luciano Libarino Neves,  estavam  à paisana  e foram  mortos durante um confronto com um grupo de ciganos, durante uma incursão na localidade.A  policia investiga os crimes e alguns ciganos já foram detidos e outros estão foragidos. Eles estavam em dois veículos e abandonaram os carros na entrada da cidade e outro em frente a rodoviária. Eles também roubaram um outro veículo em um lava jato. Há informações que alguns estão feridos. Foram cerca de seis ciganos.

CIGANO MORTO –  O primeiro dos envolvidos nas mortes de dois policiais em Vitória da Conquista acabou morrendo durante uma Ação Policial no final da tarde da tarde de ontem.  Ele foi identificado como Ramon da Silva, o Ramozinho Cigano. O corpo encontra-se no Hospital Geral e Vitória da Conquista e será levado para necropsia no Instituto Médico Legal.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia