WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura ilheus secom bahia

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: ‘Polícia’

Polícia investiga se suspeito de manter companheira e filha em cárcere privado deixava vítimas passarem fome na Bahia

Mãe e filha foram encontradas em condições inapropriadas, na cidade de Iaçu — Foto: Divulgação/SSP

O homem que foi preso por manter a companheira e a filha em cárcere privado pode ter deixado as vítimas passarem fome durante o período em que ficaram presas, segundo informações do delegado Thiago Costa, que investiga o caso. Até essa quinta-feira (19), a polícia já ouviu cerca de 12 pessoas.

O crime aconteceu na cidade de Iaçu, cerca de 280 quilômetros distante de Salvador. As vítimas foram encontradas na terça-feira (17), após uma denúncia anônima, em um imóvel em péssimas condições localizado no mesmo terreno da casa da família. Os vizinhos disseram que há cerca de um ano não tinham informações sobre as duas mulhe

Conforme a SSP, o local onde mãe e filha foram encontradas tinha apenas um sofá, uma cama e poucos alimentos básicos guardados embaixo de uma lona.

Ainda segundo o delegado Thiago Costa, um dos familiares das vítimas que vive na mesma rua da família, contou que era impedido de visitá-las, o que também configura cárcere privado.

Mãe e filha foram encontradas em condições inapropriadas, na cidade de Iaçu — Foto: Divulgação/SSP

Mãe e filha foram encontradas em condições inapropriadas, na cidade de Iaçu — Foto: Divulgação/SSP

No momento em que a polícia chegou no local, a mulher não conseguiu responder as perguntas que foram feitas pela polícia. O delegado também afirmou que a jovem aparenta um tipo de doença mental e a mulher estava em estado de depressão.

Nesta quinta-feira, o suspeito segue preso em Iaçu e vai responder pelos crimes de maus tratos e cárcere privado. Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão no estabelecimento comercial do suspeito, onde foi encontrada uma arma.

A mulher e a filha foram levadas para o hospital de Iaçu, onde receberam atendimento médico e psicológico. Segundo a SSP, também foram acionados os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), para acompanhamento das vítimas.

Grávida, suspeita de matar companheiro relata agressões e diz que agiu em legítima defesa: ‘instinto de mãe’

Mulher que matou companheiro com golpe de faca na BA diz que agiu em legítima defesa

A mulher que matou o companheiro com um golpe de faca, ao se defender de agressões, no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, que agiu em legítima defesa para proteger o filho. A consultora de vendas Josicleia Fonseca está grávida de cinco meses.

O caso aconteceu na madrugada de segunda-feira (16) e a mulher foi solta na terça (17) após audiência de custódia. A mulher conta que o casal discutiu após chegar de uma festa, no bairro de Tancredo Neves.

“Eu falei que queria ir para casa. Ele acabou indo, aí no meio do caminho ele disse: ‘Não me fala nada não. Se você me falar alguma coisa, você vai ver”, já se transformando o comportamento, com bebida na mente”, disse.

Josicleia Fonseca contou que foi agredida, encurralada e ficou com vários hematomas depois que comentou com Lucas que ele estava com uma crise de abstinência.

“Por estar grávida do meu primeiro filho, eu só pensava em proteger minha barriga, me proteger. Foi em cima de mim, me machucou, me jogou no chão. Ele estava transtornado, estava outra pessoa”, relatou.

“Então poderia ter acontecido alguma coisa comigo. Eu poderia ter perdido meu filho, poderia ter morrido, porque ele foi muito violento. Eu não reconheci ele”, concluiu.

Grávida, suspeita de matar companheiro relata agressões e diz que agiu em legítima defesa  — Foto: Reprodução/TV Bahia

Grávida, suspeita de matar companheiro relata agressões e diz que agiu em legítima defesa — Foto: Reprodução/TV Bahia

A mulher afirma que não teve a intenção de atingir o companheiro e que ele foi esfaqueado quando ela tentou se defender uma agressão no rosto.

“O instituto de mãe para tentar se proteger. Eu ia fazer o que gente? Eu ia esperar ele me matar ou dar um jeito de bater nele ou fazer alguma coisa para ele sair de cima de mim? Poderia ser ao contrario e a minha família estar chorando agora”.

Depois de ser golpeado, ele foi socorrido para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.

O corpo dele foi sepultado no final de terça-feira, no Cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas. O caso segue sob investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Cerca de 400 delegados da Polícia Civil da Bahia entregam cargos comissionados

 

Cerca de 400 delegados da Polícia Civil da Bahia entregaram seus cargos comissionados . O anúncio foi realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado (Adbep), que emitiu uma nota detalhando a situação.

No comunicado, a entidade diz que a entrega dos cargos ocorreu por causa do tratamento que a categoria vem recebendo do governador Rui Costa (PT), “que com a sua absoluta intransigência se fecha para o diálogo aberto e franco com os servidores policiais civis deste estado”. De acordo com a representação sindical, também se comprometem a não assumir os que ficarem vagos.

Segundo a nota, todas as tratativas feitas com os interlocutores do governo estadual não foram suficientes para que os representantes admitissem a gravidade da situação, “o que deixa cristalino o fato de que a segurança pública em nosso estado nunca foi preocupação do governador Rui Costa”.

A Adpeb predidida pelo delegado Fábio Lordelo disse que a entrega dos cargos já era uma decisão que estava no radar dos delegados, mas foi adiada por diversas vezes na expectativa de que as reivindicações da categoria fossem atendidas. A entidade seguiu criticando o governo Rui e suas políticas de segurança pública ao afirmar que a Bahia vive “a pior gestão da segurança pública nos últimos 20 anos” e que o chefe do executivo estadual trata os servidores com “desprezo”.

Homem desrespeita ordem de parada, “fura” blitz e atropela policial militar

 

Nesta segunda-feira (16), a Polícia Militar realizava uma blitz em Itabuna, quando deu ordem de parada a um condutor de um automóvel.

O indivíduo, que não teve a identidade divulgada, no entanto, desobedeceu à ordem dos polícias, “furou” a blitz, e acelerou para fugir. Na fuga, ele acabou atropelando um policial militar.

Alguns metros à frente, o infrator foi alcançado e interceptado pelos policiais. Ele foi preso em flagrante e conduzido ao Complexo Policial de Itabuna. O veículo foi apreendido e levado para o pátio do Complexo Policial.

Blog O Verdinho

Idoso é preso suspeito de estuprar neta

Um idoso de 71 anos foi preso na segunda-feira (09), na zona rural de Ibirapuã, na microrregião sul baiana de Porto Seguro. Ele é suspeito de estuprar duas pessoas. Uma das vítimas seria a própria neta, uma criança de sete anos. A imagem acima é meramente ilustrativa, retirada da web.

A idade da outra vítima não foi divulgada. De acordo com a Polícia Civil, o homem foi denunciado pelo Conselho Tutelar da cidade.

Ainda segundo a polícia, as duas vítimas foram encaminhadas para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O caso é investigado pela Delegacia Territorial (DT) da cidade.

Tomou galha e ainda foi pro Xilindró

 

Em outra ocorrência de briga familiar, ocorrida na noite desta segunda-feira (10), um indivíduo cujo nome não foi divulgado, chegava em sua residência quando flagrou a companheira o traindo com outro homem, e ficou ensandecido.

Tomado pela ira, o homem traído expulsou a mulher de casa, e após a briga, ele decidiu sair de carro para comprar cigarros.

No entanto, embriagado e conduzindo o veiculo em alta velocidade, acabou sendo interceptado e detido por agentes da Romu, guarnição da Guarda Civil Municipal. Ele foi levado para o Complexo Policial de Itabuna, e responderá na justiça por dirigir veículo automotor sob estado de embriaguez.

Criminosos se passam por blogueiro de Ilhéus em golpe do WhatsApp

 

O servidor público e o blogueiro, Franklin Deluzio, registrou um boletim de ocorrência (Número de protocolo: 2022/0000244081-5) nesta quarta-feira (04) na Polícia Civil, após amigos e colegas serem vítimas de criminosos, que agem pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. A irmã do servidor foi uma das vítimas de um golpista que se passou por ele pedindo dinheiro por meio de transferências bancárias.

“Decidi por tomar a providência de trazer esse caso, para que a polícia possa apurar quantas e quais as pessoas que estão agindo dessa forma criminosa, pois fui mais uma pessoa que teve sua identidade usada para atrair vítimas. Confiamos no trabalho da Polícia Civil para que esse caso seja apurado e que essas pessoas sejam devidamente identificadas e punidas conforme a lei”, destacou Franklin Deluzio.

A ação criminosa tem um fator em comum: o golpista que se passa pelo servidor público, que é muito conhecido na cidade, e alega que está com um número novo de telefone e que precisa com urgência efetivar o pagamento de uma conta, que no aplicativo deu o excedente diário. Depois, pede uma ‘ajuda’ e diz que devolve o dinheiro solicitado assim que os problemas com o aplicativo BB dele forem resolvidos. Segundo a polícia, nesse tipo de prática criminosa o autor se aproveita da boa vontade e da relação de confiança da vítima para se beneficiar.

Atenção para o golpe: Senhora aposentada é vítima de roubo em Itabuna e tem prejuízo de R$ 9 mil

Em Itabuna, na manhã desta quarta-feira (04), uma senhora aposentada foi vítima de um roubo de R$ 9 mil reais, que estavam em sua conta corrente.

De acordo com informações policiais, a vítima tentava realizar um saque, mas teve dificuldades e pediu a ajuda a um estranho, que também estava na agência.

Ao invés de ajudar a senhora, o homem surrupiou o dinheiro da conta, e disse à vítima que o banco faria contato com ela dentro de instantes para resolver o problema. Em seguida, ele deixou o local.

Quando se deu conta de que havia sido roubada, a vítima foi até a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, no Complexo Policial de Itabuna, para prestar queixa. A Polícia Civil investiga o caso.

Policiais militares são presos durante operação contra sequestros na BA

 

Dois policiais militares e um outro homem foram presos, nesta terça-feira (3), durante uma operação para combater sequestros e outros crimes relacionados, como extorsão e homicídios. As prisões aconteceram em Salvador, nos bairros do São Caetano e no Bonfim.

Outros mandados são cumpridos em Camaçari, na região metropolitana. Batizada de “Operação Só Rasteira”, a ação também apreendeu uma pistola com munições e três carregadores, uma espingarda de ar comprimido, uniformes militares, um brasão falso da Justiça, uma balaclava – tipo de touca que cobre todo o rosto.

Além disso, maquinetas de cartão, aparelhos celulares e documentos com indicativos de fraude também foram encontrados. A Polícia Civil detalhou que sete mandados de prisão, busca e apreensão ainda são cumpridos.

A operação é parte de investigações da Coordenação de Repressão a Extorsão Mediante Sequestro, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), e conta com mais de 60 agentes .

Crimes Contra a Vida têm redução 21% em abril

Os Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte – tiveram uma redução 21% no mês de abril, quando comparado ao mesmo período de 2021. Cento e treze vidas foram preservadas este mês.

De 1º de janeiro a 30 de abril, período acumulado, o decréscimo foi de 12,5%, totalizando 250 ocorrências a menos que o mesmo período do ano anterior.

Em abril, o destaque ficou para a Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Atlântico, que alcançou uma queda de 43,3%, seguida pelas Risps Oeste (40,9%), Baía de Todos os Santos (28,3%) e Sudoeste (21,1%).

“Esse é um resultado dos esforços de todas as forças de segurança. Nosso objetivo é a preservação da vida dos baianos e ampliação, cada vez mais, da sensação de segurança para a população”, reafirmou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.  Com os índices de abril, a Bahia alcança o sétimo mês de redução nos registros de mortes violentas.

Pastor Tadeu já se encontra na casa dos Pais

Até o momento, sem maiores informações, só fomos informados através da família, que o Pastor Tadeu apareceu, há pouco instantes, na residência dos seus Pais. Desde inicio da manhã de hoje(14), a família do pastor Tadeu Sá Evangelista de Souza anunciou que ele havia desaparecido desde as 19 horas de ontem, causando um grande transtorno aos familiares.

No último dia 02 de abril, também no bairro Nossa Senhora da Vitória, o pastor Tadeu foi atropelado por um veículo que estava sendo conduzido por um homem supostamente embriagado identificado como Emerson. Na época, o motorista foi preso em flagrante pela PM e encaminhado para delegacia, ficando detido à disposição da justiça, enquanto o Pastor foi socorrido na ambulância do SAMU ferido, para emergência do Hospital Costa do Cacau.

 

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar líder indígena em Porto Seguro

O suspeito de ter matado o indígena Vitor Braz de Souza, de 22 anos, na noite de domingo (13), teve a prisão preventiva decretada pelo juiz André Strogenski, de Porto Seguro, nesta quarta-feira (16). Morador do distrito de Arraial d’Ajuda, Alef Porto Souza, 28 anos, já é considerado foragido e a polícia está fazendo diligências para tentar capturá-lo.

O crime aconteceu em uma casa alugada onde ocorria uma festa clandestina, na BR-367, na Ponta Grande, orla norte da cidade. O delegado Wendel Ferreira, que coordena a investigação, já ouviu diversas testemunhas, entre elas parentes do homem apontado como o assassino de Vítor.

O CRIME – Jovem liderança da aldeia Novos Guerreiros, onde residia, Vítor Pataxó, como era conhecido, morreu após ser baleado por um homem que frequentava o evento. A briga aconteceu depois que o indígena, acompanhado de outras lideranças, reclamou do som alto da festa, que estava atrapalhando os moradores da aldeia.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia