WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

faculdade de ilheus policlinica itabuna

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Polícia’

Ilhéus: Polícia Civil prende homem que agrediu a própria mãe

A Polícia Civil de Ilhéus prendeu  Alexandre Galvão Ferreira, conhecido como “Catende”.
O homem possuía uma medida protetiva para não se aproximar da mãe, Gilda Lopes Galvão, e acabou descumprindo a mesma. “Catende” agrediu a própria mãe, e por isso recebeu voz de prisão pelos policiais da Delegacia da Mulher de Ilhéus. Alexandre ficará a disposição da justiça. Matéria: Blog O Verdinho

Adolescente de 15 anos é morta a tiros

Na noite desta quinta-feira (17) uma adolescente de 15 morreu após ser atingida por disparos de arma de fogo em Medeiros Neto. De acordo com informações da polícia, Sthefanie Porto de Souza teria sido atraída para o local, que oferece diversas direções de fuga. O fato aconteceu na Rua Clidenor de Oliveira, por volta das 21h30.
Conforme pessoas que estavam próximas ao local, um farol de moto se aproximou e, em seguida, ouviram pelo menos seis disparos de arma de fogo. A vítima foi atingida no pescoço, no ouvido, no rosto, e no tórax. Após a ação, os atiradores fugiram sem deixar rastros. Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. Sthefanie chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos.
O corpo da adolescente foi removido para o Instituto Médico Legal em Teixeira de Freitas, onde passou por necrópsia e foi liberado para o sepultamento. Não há informações sobre sepultamento e enterro. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade.

Dupla detida suspeita de assaltos a ônibus

Um policial militar,do 15ª BPM,  que trafegava em um ônibus que fazia a linha Itajuipe/Itabuna na noite de ontem, abardou dois elementos suspeitos no interior do veículo. Com eles, o policial encontrou um simulacro de arma de fogo. Os dois e foram encaminhados para o Complexo Policial de Itabuna.

Delegada e agentes presos acusados de tortura

A titular da delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), Carla Santos Ramos, e os investigadores Agnaldo Ferreira de Jesus, Carlos Antônio Santos da Cruz e Iraci Santos Leal foram presos na segunda-feira (7) acusados de “cometerem excessos” na unidade policial.

Em nota, a Polícia Civil informou que os mandados de prisão foram cumpridos pela sua Corregedoria, que investiga uma denúncia de excessos que teriam sido praticados por equipes da DRFR. Os policiais foram ouvidos na Corregedoria, que segue apurando o fato. De acordo com informações extraoficiais, eles são acusados de praticarem tortura para obter confissões dos presos.  Procurado pelo CORREIO, o Sindicato da Polícia Civil (Sindpoc) ainda não se posicionou. Blog O Vermelhinho

Homem é preso suspeito de estuprar garota de 11 anos

Um homem de 26 anos foi preso em Amargosa, cidade do recôncavo da Bahia, suspeito de estuprar uma menina de 11 anos. Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu na segunda-feira (7). De acordo com a polícia, o homem foi identificado como Cláudio Silva dos Santos, conhecido como Claudinho. Ainda não há informações sobre detalhes do crime. Além do estupro, o homem é suspeito de envolvimento em assaltos ocorridos na zona rural de Amargosa e também em Muritiba, cidade da mesma região. O homem foi conduzido para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), pelo crime de estupro de vulneráveis. O caso é acompanhado pela Polícia Civil da cidade.

Ilhéus: Corpo de mulher é encontrado em praia do malhado

 O corpo de uma mulher foi encontrado boiando na manhã deste sábado (28), em uma das praias da cidade de Ilhéus. O local fica em frente ao posto Temático, na Avenida ACM, no bairro do Malhado.

A mulher até o momento não foi identificada. A mulher está sem a parte de baixo do biquíni, o que leva a crer que a vítima tenha sido violentada sexualmente. O corpo será encaminhado para o Departamento de Policia Técnica (DPT), de Ilhéus.

Itabuna: Homem assassinado no bairro da Mangabinha

Um homem identificado como Gilmar Brandão de 32 anos, conhecido como “Mazinho” foi alvejado com vários disparos de arma de fogo, próximo a praça do bairro Mangabinha. A vítima ainda teria tentado correr, mas não conseguiu e foi alvejado na barriga.

Mazinho não resistiu aos ferimento e foi a óbito. Outro homem identificado como Carlos Júnior, 35 anos foi baleado e caiu dentro de um bar. Carlos Junior foi socorrido para o Hospital de Base

Segundo informações, dois elementos saíram de um carro modelo Prisma de cor branca, e efetuou cerca de 20 disparos contra Mazinho. Carlos estava entrando no estabelecimento quando também foi atingindo.

Matéria: Leandro Palma

Policia prende mulheres acusadas de tráfico de drogas

Duas mulheres foram presas na manhã deste sábado (28), no Centro de Abastecimento de Coaraci. De acordo com informações passadas pela policia, Vanessa Santana dos Santos e Gleicia Bispo de Santana foram presas em flagrante por Policiais civis e militares.

Com as mulheres a policia encontrou 7 papelotes de cocaína, dois aparelhos Smartphone e a quantia de R$11,00 (Onze Reais). A dupla já vinha sendo investigadas por policiais civis, depois de várias denúncias anônimas de populares e comerciantes da localidade, que sofrem com a presença de traficantes e adolescentes infratores no local.

Vanessa e Gleice foram encaminhadas para o Complexo de Itabuna, onde já estão a disposição da justiça.

Matéria: Leandro Palma

STF começa a julgar caso dos R$ 51 milhões atribuídos a Geddel

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar hoje (24) a ação penal na qual o ex-ministro Geddel Vieira Lima, e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima são acusados de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

O caso está relacionado aos R$ 51 milhões em espécie encontrados no apartamento de um amigo de Geddel em Salvador, em 2017. Pelos fatos, Geddel está preso há dois anos.

Na sessão desta tarde, que durou cerca de cinco horas, foram ouvidos somente os advogados dos réus e os argumentos da Procuradoria-Geral da República (PGR). Os votos do relator, Edson Fachin, e dos demais ministros do colegiado serão proferidos na próxima terça-feira (1º). Ao final do julgamento, poderão ser condenados ou absolvidos Geddel e Lúcio Vieira, além de Job Brandão, ex-assessor parlamentar de Lúcio, e o empresário Luiz Fernando Machado, administrador da construtora Cosbat, que teria sido usada pela família Vieira Lima para lavar dinheiro.

Denúncia
A denúncia foi apresentada ao STF pela ex-procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Na acusação, Dodge sustentou que o dinheiro apreendido seria proveniente de esquemas de corrupção na Caixa Econômica Federal investigados em outras ações penais. Geddel foi vice-presidente do banco. Outra parte teria sido acumulada por Lúcio Vieira Lima por meio do crime de peculato, em que o parlamentar se apropriou de parte do salário do ex-assessor parlamentar Job Brandão.

Além do dinheiro encontrado, outros R$ 12 milhões teriam sido lavados por Geddel e Lúcio por meio de investimentos em imóveis de alto padrão em Salvador, em empreendimentos da empresa Cosbat, administrada por Luiz Fernando Machado.

Defesas
Durante o julgamento, o advogado Gamil Föppel, representante da família, disse que Geddel está preso há dois anos e o Ministério Público Federal nunca se conformou com a liberdade do ex-ministro. O advogado também criticou a perícia feita pela Polícia Federal (PF), que não teria seguido os trâmites legais ao encontrar fragmentos de digitais de Geddel em um saco de plástico que continha dinheiro.

“Tenho absoluta certeza que se respeitadas as regras processuais não há outra alternativa senão absolver todos os réus de todas as imputações que foram são feitas”,afirmou.

A defesa de Job Brandão disse que ele não tinha consciência da ilicitude do dinheiro movimentado pela família de Geddel. Segundo o advogado, Brandão era somente um cumpridor de ordens ao receber recursos em dinheiro ou guardá-los.

A defesa do empresário Luiz Fernando Machado da Costa Filho afirmou que ele não tinha ciência da procedência ilícita dos recursos que foram aplicados pela família na empresa. Segundo o advogado César Faria, quando recebeu dinheiro em espécie, Costa Filho registrou os valores na contabilidade da empresa e depositou no banco, não tendo intenção de ocultá-los.

Pai é preso por afogar filho de 2 anos em bacia para fazer ex ‘sofrer’

Um pai foi preso na noite de quinta-feira (19) acusado de matar o filho, de apenas 2 anos, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Evaldo Christyan Dias Zenteno, 21 anos, confessou que afogou a criança em uma bacia dentro de casa porque “queria fazer ela sofrer”, em referência à mãe do menino. De acordo com o G1, Evaldo disse aos policiais que cometeu o crime porque foi traído pela ex-mulher quando estavam juntos. Ele “relatou com frieza” o assassinato do filho, Miguel Henrique dos Reis Zenteno. Miguel ainda foi levado para a Santa Casa da cidade, mas os médicos desconfiaram que ele tinha sofrido alguma violência doméstica e acionaram a polícia. Evaldo foi questionado e se contradisse. Chegou a inventar uma história de assalto, seguida por uma de sequestro, e depois confessou. Ele foi preso ainda na unidade médica.
Evaldo contou que ligou para um amigo e contou que tinha sido traído pela mãe de Miguel, uma jovem também de 21 anos. Ele disse que foi o amigo quem sugeriu que ele matasse a criança como maneira de se vingar. Ele alegou que respondeu que não tinha coragem de matar o filho. O amigo sugeriu que ele cometesse o crime com outra pessoa. Mas Evaldo foi para casa e, sozinho, afogou Miguel em uma bacia. Depois, levou o filho de carro até o hospital e disse que o garoto havia sido sequestrado. Como não tinha dinheiro para pagar o resgate, os bandidos teriam jogado o garoto no rio Anhanduí, onde a criança teria se afogado. Ele repetiu essa versão inicialmente para a polícia. Miguel morreu uma hora depois de entrar no hospital. A polícia recolheu a roupa que ele usava, a bacia usada no crime e a toalha com a qual Evaldo secou a criança.

Com apenas 12 anos, foi preso armado e praticando crime. Erro Social?

Apenas 12 anos de idade, mas essa criança já anda muito bem armada e praticando crimes. Segundo informações de populares, os familiares são do bem e eles residem em Buerarema. O menor foi apreendido ontem e já está nas ruas.

Motorista de Uber evangeliza assaltantes e escapa da morte; carro foi encontrado minutos depois sem gasolina

Um motorista de Uber de Itabuna passou por maus bocados na noite de ontem (18), quando foi rendido por dois bandidos armados próximo a TEL Telemática, na J.S.Pinheiro. Os assaltantes, se passando por clientes, haviam solicitado o Uber, via aplicativo, por volta das 22 horas.
Ao chegar no local, o motorista não viu ninguém e, após alguns segundos, quando se preparava para dar partida, foi interceptado pelos criminosos, que anunciaram o assalto e o mandaram seguir para Buerarema.
No entanto, o rumo dessa história, que poderia terminar de forma trágica, foi mudado por duas simples frases, ditas pela vítima aos seus algozes: “Deus tem um plano na vida de vocês. Bota Jesus no coração”. Um dos assaltantes perguntou se o motorista era crente e este respondeu que sim.

Os bandidos, então, falaram para a vítima ficar tranquila que eles não iam mais atentar contra sua vida, só queriam mesmo o carro. Na BR-101, há cerca de cinco quilômetros de Itabuna, próximo a uma pedreira, os assaltantes mandaram o motorista descer. Um deles assumiu o volante, fez o contorno e a dupla voltou, deixando a vítima sozinha na beira da estrada.
O homem, que pediu para não ser identificado, contou, em entrevista ao Verdinho, que pediu socorro a uma pessoa que passava pelo local, naquele momento.
Para a surpresa do motorista de Uber, ele viu, quando voltava para Itabuna, os bandidos abandonarem seu carro na pista e fugirem. O veículo estava sem gasolina. Mas a vítima, que prestou queixa na delegacia, não tem dúvidas: Deus agiu em seu favor. “Vale a pena ser fiel a Deus”, disse.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia