WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

bahiagas prefeitura de ilheus prefeitura ilheus secom bahia

dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Polícia’

Quem vai pagar o prejuízo moral e financeiro? Pedreiro está preso há 29 dias por ser confundido com traficante, diz família

 
Alison da Silva Correa é baterista e pedreiro e foi preso por engano

Alison da Silva Correa é baterista e pedreiro e foi preso por engano Foto: Reprodução
Baterista e coordenador do grupo jovem da Assembleia de Deus Ministério de Madureira, em Volta Redonda, no Sul Fluminense, o pedreiro Alison da Silva Correa, de 22 anos, está há 28 dias preso em uma cela de um presídio de Japeri, na Baixada Fluminense, por conta de um crime, que segundo sua família, jamais cometeu.
Alison enquanto trabalhava em uma obra

Alison enquanto trabalhava em uma obra Foto: Reprodução

Pai de um filho de um ano e sete meses, e sem qualquer antecedente criminal, Alison teria sido identificado pelo apelido de Zeca, em um inquérito da Polícia Civil que apura crime de associação para o tráfico de drogas.

Alison e Thayene durante casamento

Alison e Thayene durante casamento Foto: Reprodução/Álbum de família

Segundo a família do rapaz, Zeca, na verdade, é o apelido de Jarlan Davi da Silva Correa, irmão do baterista. Jarlan chegou a ficar preso , por três meses, e respondeu por crimes de porte ilegal de arma e associação para o tráfico. Por coincidência, e beneficiado por um habeas corpus, ele deixou o mesmo presídio para onde o pedreiro foi conduzido, no dia da prisão de Alison . O pedreiro foi localizado e detido, no dia 27 de outubro, após ter a prisão preventiva decretada pela Justiça, durante a Operação Alcateia, deflagrada para desbaratar o tráfico em Volta Redonda.

Cadeia neles: Homens são indiciados e presos por divulgar fotos íntimas de mulher por vingança; vítima é ex de um dos suspeitos

Dois homens foram presos por divulgar fotos intimas de mulher por vingança na Bahia — Foto: Divulgação / Polícia Civil

Dois homens foram indiciados e presos por divulgar fotos íntimas de uma mulher na cidade de Piraí do Norte, distante 320 quilômetros de Salvador. Conforme informou a Polícia Civil, a vítima é ex-companheira de um dos suspeitos.

O caso aconteceu na quarta-feira (27). Os policiais da Delegacia Territorial (DT) de Piraí do Norte identificaram, no computador e celular do ex-companheiro da vítima, as fotos da mulher que o homem enviou e distribuiu para terceiros.

De acordo com a polícia, a dupla responderá por pornografia de vingança, quando é divulgada, sem autorização, cenas de intimidade sexual de uma pessoa com o intuito de humilhá-la. A pena pode chegar a até oito anos de prisão.

“O inquérito policial foi remetido à Promotoria Criminal de Gandu, para que sejam adotadas as medidas judiciais contra os investigados. Alertamos que qualquer pessoa que compartilhar as imagens também poderá responder pelo mesmo crime”, ressaltou o titular da unidade policial, o delegado Thiago Campos.

Jovem acaba de ser assassinado a tiros

Um jovem identificado até o momento como Paulo César, foi assassinado a tiros por volta das 13:30 desta sexta-feira, no bairro Alto da Liberdade, também conhecido como Galo Morto, no município de Itajuípe, que fica a cerca de 20 km de Itabuna.

De acordo com informações preliminares, o jovem já conta com passagem pela polícia, e é suspeito de matar um jogador de futebol no ano de 2018, na mesma cidade.

A equipe do Departamento de Polícia Técnica de Itabuna já foi acionada para o levantamento.

Acusado de matar a mulher a pauladas em Eunápolis é preso no Espírito Santo

Acusado de matar a mulher no mês de julho deste ano, em Eunápolis, Gênesis da Silva Souza, 33 anos, foi preso na noite de terça-feira (26), depois de um minucioso trabalho de investigadores da Polícia Civil.

SUSPEITO DE MORTE DE EMPRESÁRIO SERÁ RECAMBIADO PARA ILHÉUS

O homem suspeito de envolvimento na morte do empresário itabunense Jefferson Souza dos Santos, preso em Ipiaú,   será transferido para Ilhéus . O crime ocorreu em dezembro de 2019, no Condomínio Leão Marinho, no litoral norte de Ilhéus.

Os suspeitos chegaram ao local em três veículos. Um dos ocupantes desceu de um Kia Cerato e chamou a vítima no portão. O homem, de 44 anos, foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser levado para uma unidade de saúde, onde morreu.

“Um inquérito foi instaurado no Núcleo de Homicídios para esclarecer a motivação do crime e identificar e localizar outros envolvidos na ação delituosa”, informou o delegado Helder Carvalhal de Almeida

O homem suspeito de envolvimento na morte do empresário itabunense Jefferson Souza dos Santos, preso em Ipiaú,   será transferido para Ilhéus . O crime ocorreu em dezembro de 2019, no Condomínio Leão Marinho, no litoral norte de Ilhéus.

Os suspeitos chegaram ao local em três veículos. Um dos ocupantes desceu de um Kia Cerato e chamou a vítima no portão. O homem, de 44 anos, foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser levado para uma unidade de saúde, onde morreu.

“Um inquérito foi instaurado no Núcleo de Homicídios para esclarecer a motivação do crime e identificar e localizar outros envolvidos na ação delituosa”, informou o delegado Helder Carvalhal de Almeida

Desembargadora investigada na Operação Faroeste tem prisão revogada pelo STJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Og Fernandes, revogou a prisão domiciliar da desembargadora Sandra Inês Rusciolelli, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), e do filho dela, o advogado Vasco Rusciolelli, denunciados no âmbito da 5ª fase da Operação Faroeste, que apura esquema de venda de decisões judiciais para grilagem de terras no interior do estado.

Apesar da revogação de prisão, ambos devem continuar com o uso da tornozeleira eletrônica. Conforme consta na decisão, de sexta-feira (22), a revogação ocorreu após pedido da defesa dos investigados.

No entanto, sobre a tornozeleira eletrônica, o ministro aponta que esse monitoramento é “medida necessária e adequada às circunstâncias do caso e representa, inclusive, tratamento isonômico com outros investigados da Operação Faroeste, que similarmente tiveram a custódia preventiva revogada”.

Ilhéus: Come água termina em confusão em Posto de combustível durante a madrugada

Uma discussão terminou em uma briga generalizada entre os frequentadores no badalado posto Renascer, situado próximo da Praça Cairú, em pleno centro de Ilhéus. A confusão aconteceu na madrugada de ontem (25) e deixou os moradores da redondeza assustados. 

Vídeos obtidos mostram cenas de violência e agressões físicas entre homens e mulheres. Minutos depois uma guarnição da 68ª CIPM chegou ao local, porém a briga já havia terminado e ninguém foi preso.

Moradores e comerciantes da localidade pediram sigilo e relatam que o local tem servido como uso de drogas, som alto por toda a madrugada e até tiroteios. “Eu e a minha família passamos praticamente a noite inteira em claro sem conseguir dormir, por conta da baderna nesse lugar. Apelamos às autoridades e ao poder público providências urgentes”, clamou um morador.

Matéria o Vermelhinho

DUAS MULHERES ASSASSINADAS EM MENOS DE 24 HORAS

Duas mulheres foram assassinadas em menos de 24 horas, em Barra do Choça, no sudoeste baiano. As duas vítimas tinham 24 anos e receberam vários tiros.

O primeiro caso, aconteceu na noite desta segunda-feira (18/10), na Rua Bela Vista, no Centro do município. A vítima foi identificada como Fernanda Monteiro.

A segunda morte foi na manhã de terça-feira (19/10) e trata-se de Jéssica Nunes Santos .  O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista e retorna nesta quarta-feira (20/10) para a Terra do Café, onde será realizado o funeral.

ADVOGADO QUE MATOU A NAMORADA CONDENADO A PRISÃO DOMICILIAR

O advogado criminalista José Luiz de Britto Meira Júnior, acusado de matar a namorada em um apartamento no bairro do Rio Vermelho, vai para prisão domiciliar, após audiência de custódia realizada na tarde desta segunda-feira (18). A informação foi confirmada pelo advogado Domingos Arjones.

Feminicídios: Bahia registra mais de 65 casos em 2021

O homicídio de mulheres é qualificado como feminicídio quando as vítimas são mortas por causas relacionadas a seu gênero, geralmente em decorrência de violência doméstica e/ou familiar. Só neste ano, entre janeiro e setembro, a Bahia registrou 66 casos de feminicídios.

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), que aponta que houve uma diminuição de 13% nos registros com relação ao mesmo período de 2020, no estado baiano.

Apesar disso, essa redução nos registros não significa, necessariamente, uma queda nos casos de mortes de mulheres, já que há uma subnotificação e casos que são enquadrados como apenas como homicídio, sem a qualificadora.

Polícia Civil cumpre mandados no HRCC e no presídio de Ilhéus

Na manhã desta quinta-feira (14) Policiais Civis do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin cumpriram dois mandados de prisão preventiva, expedidos pelo juiz Gustavo Lyra, da 1ª Vara do Júri da Comarca de Ilhéus, em desfavor de Felipe Santana do Nascimento (Boladão), e do comparsa Júnior de Jesus Silva (Juninho ou Japa), ambos integrantes de facção criminosa vinculada ao tráfico de drogas na região.

De acordo com a polícia civil, a dupla é autora do homicídio qualificado tentado, ocorrido no dia 14/07/2021, na Rua Graviola, Bairro Nossa Senhora da Vitória, quando na ocasião se aproximaram da vítima M.S.S., e enquanto um apontou para esta, o outro sacou uma arma de fogo e passou a efetuar disparos contra a mesma que correu se abrigando em uma residência, sendo, contudo, perseguida e alvejada por pelo menos 03 vezes, sendo encaminhada para o hospital Costa do Cacau, onde passou por cirurgia. Além deste crime, os presos são investigados como autores de outros homicídios, consumados e tentados, ocorridos na cidade de Ilhéus.

No momento do cumprimento do mandado, Felipe Santana do Nascimento se encontrava internado no Hospital Regional Costa do Cacau, vítima de tentativa de homicídio no último dia 11 de outubro, no Residencial Vitória II, no Bairro Nossa Senhora da Vitória.

O investigado Júnior de Jesus Silva teve o mandado cumprido no Presídio Ariston Cardoso, onde está preso preventivamente desde o dia 22 de setembro, acusado de ser um dos autores do homicídio ocorrido no dia 09 de novembro de 2020, no Caminho 27, Bairro Ilhéus II, tendo como vítima C.S.M., executado a sangue frio por diversos disparos de arma de fogo, tendo como comparsa Rodrigo Garcia dos Santos, vulgo Lobão, preso preventivamente por este crime no dia 23 de setembro.

Matéria: O Verdinho

POLICIA AINDA NÃO SABE QUEM MATOU CATRINE E TAÍSA

A policia civil continua batendo cabeça e ainda não tem informações sobre o duplo assassinato das  garotas Catrine Rocha Costa,15 anos e Taísa Barbosa dos Santos,22.   Os corpos das duas garotas foram encontrados as margens da BR 101 em Eunápolis crivados de balas, fato ocorrido na última sexta feira.   Catrine foi atingida por cinco tiros na cabeça, peito e pescoço. Já Taísa  sofreu sete disparos de arma de fogo em regiões como maxilar, nariz, boca e cabeça. Elas apresentavam ainda lesões de defesa.“Havia ferimentos nas mãos,  o que indica que tentaram se proteger dos tiros”, afirmou o delegado.   A reportagem apurou que Catrine e Taísa eram amigas e moravam juntas em uma casa na Rua Nossa Senhora Aparecida, no bairro Moisés, em Eunápolis . Catrine era órfã de mãe e optou por ficar sozinha na cidade depois que os familiares mais próximos se mudaram para a zona rural.  A Polícia Civil já abriu inquérito para apurar o duplo homicídio.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia