WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

american park embasa

dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 15/dez/2021 . 12:30

Hospital Materno-Infantil já recebe pacientes regulados e UTI Neonatal abriga o seu primeiro bebê prematuro

WhatsApp Image 2021-12-06 at 16.24.22

Fernando nasceu prematuro. Duas semanas atrás, antes da inauguração do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus, para ter os cuidados especiais que necessita, ele precisaria passar pelo sistema de regulação do município e aguardar um leito disponível em outro município do estado. Hoje isso não acontece mais. Fernando está internado na UTI Neonatal do Hospital Materno-Infantil, recebendo todos os cuidados médicos e acompanhado de perto pela mãe, Fabrícia de Jesus. É o primeiro bebê a ocupar a UTI Neonatal da nova unidade hospitalar inaugurada no último dia 6 pelo governador Rui Costa.

O Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio é da Secretaria Estadual de Saúde (SESAB), administrado pela Fundação Estadual Saúde da Família (FESF/SUS). Tem abrangência regional, para parto, nascimento e pediatria em casos de alto risco. O atendimento ao parto é de porta aberta, mas, diferente de outras instituições hospitalares existentes na cidade, o acesso à pediatria só ocorre sob regulação.

Se por um lado o atendimento da maternidade no Dr. Joaquim Sampaio está aberto, por outro, o atendimento de pediatria foi pactuado com o município de Ilhéus que a porta de entrada dos pacientes deverá ser nas unidades já existentes (UPAS e hospitais credenciados). “Sendo a nossa pediatria regulada, significa dizer que vamos receber pacientes via Central Estadual de Regulação ou Samu”, explica a diretora Aline Costa. No entanto, todas as pessoas que procuraram a unidade foram acolhidas pela equipe, tiveram o seu risco classificado, e foram esclarecidas da função do hospital e direcionadas para o serviço de atendimento às urgências.

Regulação

Eliza Conceição, de seis meses, é a primeira criança a ser regulada para o Hospital. Veio transferida do município de Una, através da Central de Regulação de Leitos do Estado. Durante todo o tempo ela está em companhia da mãe, Leidiane Conceição, de 25 anos.

Semana passada, a direção do hospital recebeu técnicos e secretários municipais de Saúde da região de Ilhéus, também composta pelos municípios de Uruçuca, Itacaré, Una, Arataca, Mascote, Canavieiras e Santa Luzia. E, na modalidade virtual, dialogou com representantes de 14 municípios que compõem a região de Valença, que também será atendida pela unidade inaugurada em Ilhéus.

A proposta – afirma a diretora Aline Costa – é estabelecer este trabalho de parceria, troca de conhecimento e de informações. “A ideia é que o hospital e seus serviços estejam mais próximos dos gestores e, consequentemente, mais perto da população”. O desejo, segundo afirmou Aline, é que, mesmo estando situado em Ilhéus, o hospital seja para atender a região. “Todos os movimentos que estão sendo feitos visam fortalecer o Sistema Único de Saúde”, destacou a diretora-geral.

A enfermeira Domilene Borges, coordenadora do Núcleo Regional de Saúde/Sul, da Secretaria Estadual de Saúde, que participou dos encontros, lembrou que havia uma imensa lacuna na Assistência Materno-Infantil da região. “Com a inauguração do Hospital Materno-Infantil, a SESAB começou a trabalhar o fluxo de encaminhamento das gestantes para a unidade. Mas é necessário fazer com que os municípios tenham conhecimento de como funciona o hospital”, destacou. Por isso, foi proposto pela secretaria estadual trazer os gestores até o hospital para ter conhecimento, ajudar no processo, conhecer equipamentos e saber que serviços serão ofertados e repassados aos municípios.

Todo este minucioso trabalho tem o objetivo de reverter uma estatística nacional, que se repete aqui na região. Cerca de 60 por cento dos partos são cesarianos. A proposta é trabalhar para ofertar às mulheres o estímulo ao parto normal e humanizado, cientificamente melhor para mãe e crianças, e construir uma nova forma de atenção, um novo jeito de nascer no Brasil e nesta região, onde as mulheres e as crianças que forem recebidas, além de contar com uma estrutura de primeira ponta, vão ter equipes especializadas no atendimento.

O Hospital Materno-Infantil é um serviço de ponta, com os melhores e mais modernos equipamentos, estrutura organizada nas normativas da lei da vigilância e estruturado para atender a população gestante do sul da Bahia. Acolher a gestante e a criança é contribuir para que a família se sinta pertencente ao espaço. No Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio a meta é garantir o direito à assistência integral. O que a região buscava há muitos anos, agora é realidade.

Em 15.12.2021
Jornalista Resp. : MM – MTb 3935

IBGE abre seleções para o Censo Demográfico 2022 com mais de 14 mil vagas na Bahia; veja editais

IBGE abre seleções para o Censo Demográfico 2022 com mais de 14 mil vagas temporárias na Bahia — Foto: IBGE

Segundo informações do IBGE, do total de vagas no estado, 1.805 são para agentes censitários. Elas exigem ensino médio completo, têm jornada de 40 horas semanais e remuneração mensal entre R$ 1.700 e R$ 2.100.

As demais 12.485 vagas são para recenseadores, e há oportunidades em todos os 417 municípios baianos, sendo 2.936 em Salvador e 11.354 fora da capital. Elas exigem apenas ensino fundamental completo; têm horário flexível, e a remuneração é por produção.

Para a quase totalidade das vagas no estado (14.173 das 14.290), as inscrições começam nesta quarta, às 16 h, e vão até o dia 29 de dezembro deste ano, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Mais informações e os editais completos com os quadros de vagas detalhados por município estão disponíveis também no portal do IBGE.

Desde o dia 3 de dezembro, o IBGE está em processo de devolução das taxas de inscrição pagas nos processos seletivos para o Censo 2021, que foram cancelados. A solicitação de ressarcimento deve ser feita no site.

As inscrições para os processos seletivos de 2021 não serão válidas para estas seleções do Censo 2022.

Vagas

Das vagas oferecidas na Bahia, 1.805 são de agentes censitários, sendo 1.202 para agentes censitários supervisores (ACS), 486 para agentes censitários municipais (ACM) e 117 para agentes censitários de administração e informática (ACAI).

Todas elas exigem ensino médio completo e têm uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A remuneração mensal para os agentes censitários supervisores (ACS) e agentes censitários de administração e informática (ACAI) é de R$ 1.700. Os agentes censitários municipais (ACM) receberão R$ 2.100 por mês.

Agentes municipais e supervisores (ACM e ACS) devem começar a trabalhar no final de maio, por um período de cinco meses. Já os agentes de administração e informática (ACAI) devem ser contratados no final de março também por um período de cinco meses.

Em todos os casos, pode haver prorrogação dos prazos se houver necessidade e recursos orçamentários para tanto.

Além dos agentes censitários, serão selecionados 12.485 recenseadores no estado: 2.627 para atuar em Salvador e os demais 9.858 distribuídos por todos os outros 416 municípios baianos.

Inscrições

As inscrições para as vagas de agentes censitários municipais e supervisores (ACM e ACS) estão no mesmo processo seletivo e têm inscrição única, no valor de R$ 60,50. Todos os candidatos fazem a mesma prova, e os mais bem colocados em cada município ocuparão as vagas de ACM.

As inscrições para concorrer às posições de recenseador (a) também podem ser feitas no mesmo período das dos agentes censitários e custam R$ 57,50.

Para as vagas de ACM, ACS e recenseador (a), as inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa organizadora da seleção.

Já as inscrições para concorrer a uma das vagas de agente censitário de administração e informática (ACAI) já começaram na terça-feira (14) e vão até 10 de janeiro. A taxa custa R$ 44.

Elas devem ser feitas pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), que organiza especificamente essa seleção.

Será possível pagar as inscrições para os três processos seletivos em toda a rede bancária (inclusive pela Internet) e em casas lotéricas.

Inscrições em Salvador

Como tradicionalmente ocorre nos Censos Demográficos, nos maiores municípios e em algumas áreas remotas, as inscrições para concorrer às vagas de agentes censitários municipais, supervisores e recenseadores são realizadas por área de trabalho.

Na Bahia, Salvador será o único município com inscrições por área de trabalho: são 17 ao todo. Entretanto, ser morador (a) de uma determinada área não é de forma nenhuma exigência para se inscrever nela.

Quadro de vagas por área de trabalho na capital baiana. — Foto: Divulgação / IBGE

Quadro de vagas por área de trabalho na capital baiana. — Foto: Divulgação / IBGE

Provas entre fevereiro e março

Os processos seletivos simplificados para os três cargos de agentes censitários (ACM, ACS e ACAI) serão uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Para a função de ACAI, ela será realizado dia 20 de fevereiro de 2022, para as funções de ACM e ACS, em 27 de março do ano que vem.

De acordo com o IBGE, haverá provas em todos os municípios com vagas disponíveis para cada função.

Os aprovados para a função de ACAI devem ser contratados a partir do final de março/início de abril. Os aprovados nas funções de ACM e ACS devem ser contratados a partir do final de maio/início de junho.

De acordo com sua classificação e o número de vagas disponíveis, os candidatos a recenseador (a) passarão, em seguida, por um treinamento, que será eliminatório e classificatório. Somente será contratado (a) quem for aprovado (a) nessa etapa.

Inovação: Espaço Colaborar de Ilhéus será apresentado nesta quinta-feira, 15, no CEPEDI

..

Ambiente de fomento ao empreendedorismo, inovação e tecnologia para apoiar e reunir empresas e empreendedores, com a estrutura necessária, para cidadãos e iniciativas desenvolverem seus negócios. Assim é o Espaço Colaborar, em Ilhéus, a ser apresentado nesta quinta-feira, 16, na sede do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus (CEPEDI), às 15h30. Um coworking criado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI), em parceira com o CEPEDI, a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e a Prefeitura de Ilhéus. Autoridades locais e estaduais, e todo o ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação da região são convidados para a apresentação do novo espaço.

O Espaço Colaborar oferece estruturas como mesas e computadores disponíveis, sala de audiovisual para a demanda de marketing e mídia digital, além de serviços de mentoria e consultoria do Sebrae e da Incubadora de Base Tecnológica (INETI).

A Secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Soane Galvão e o Gerente de Inovação, Lucas Mota, informam que o Município de Ilhéus disponibilizará atendimento às empresas através do Balcão do Empreendedor, suporte de equipe técnica para assuntos tecnológicos, além de estagiários. Por sua vez, o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da UESC prestará consultoria especializada para registros de marca, patente e software.

Após entrega do equipamento pelo governador Rui Costa no último dia 6 de dezembro, Ilhéus é mais uma cidade baiana a contar com uma unidade do Espaço Colaborar.

SERVIÇO 

O que: Apresentação do Espaço Colaborar de Ilhéus

Quando: 16.12.2021, quinta-feira, às 15h30.

Onde: Cepedi Ilhéus – Avenida Professor Milton Santos, nº 597, bairro Tapera, Ilhéus.

Atualização Alerta de Chuva

alerta defesa civil

A Defesa Civil emitiu mais um alerta de chuvas para Ilhéus nesta quarta- feira (15). De acordo com as informações do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), a previsão é de chuvas com volume total de 48 milímetros até sexta- feira.

As atenções devem ser redobradas quanto a alagamentos e deslizamentos de terra, principalmente em áreas de riscos como altos, morros e terrenos de encostas.
Contatos da Defesa Civil de Ilhéus: (73) 98178-2255 e (73) 98836-2753.

Prefeitura de Ilhéus presta assistência às famílias atingidas pelas chuvas

Assistência às famílias - chuvas

O acumulado de chuva em Ilhéus atingiu 257 milímetros, entre a quarta-feira (8) até a manhã do último sábado (11). De acordo com a Defesa Civil do Município, a média histórica foi registrada em 2013, quando o índice pluviométrico alcançou 192 milímetros em 24 horas. Devido às fortes chuvas, muitas famílias precisaram sair de suas casas, por questões de segurança e recomendações dos órgãos competentes, e procurar abrigo nas unidades escolares, que funcionam como pontos de apoio para as pessoas afetadas pelos temporais.

Conforme a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, até o momento, Ilhéus tem 116 pessoas desabrigadas, acolhidas em sete escolas onde estão recebendo todo tipo de assistência. A saída dos imóveis é uma solicitação da Defesa Civil, diante do risco de desabamento das casas ou deslizamento e escoamento de terras.

A Secretaria de Educação (Seduc) destaca que na noite de sexta-feira (10) a Prefeitura disponibilizou 40 escolas para abrigar as famílias, todavia, com o objetivo de atender às necessidades e oferecer conforto, a assistência foi centralizada nas seguintes unidades: IME Eusínio Lavigne; Escola Municipal Nova Jerusalém; Escola Municipal Herval Soledade; Escola Municipal Vila Cachoeira; Escola Municipal Fé e Alegria; Escola Municipal Themístocles Andrade e Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães. Mesmo com o fornecimento de quentinhas, as refeições também estão sendo preparadas nas escolas.

Assistência às famílias - chuvas

A força-tarefa que envolve diversas secretarias e instituições segue atuando nas áreas de risco, mediante chamados e de forma preventiva, com colocação de lona de proteção nas encostas, vistoria e isolamento dos locais. As equipes continuam de prontidão para minimizar os danos causados pelas chuvas e garantir proteção à população. A Defesa Civil comunica que não houve notificação de caso grave com óbitos.

O órgão informa que a retirada do barro não deve ser feita sem orientação técnica. O solo ainda encontra-se bastante encharcado e a remoção do material sem a devida autorização pode causar novos deslizamentos.

Em caso de emergência, as pessoas devem ligar para os números: (73) 98836-2753 ou (73) 99907-2418.

Doações – Para dar assistência às famílias, todos podem realizar doações de roupas, colchões, cobertores, alimentos, produtos de higiene e limpeza, água potável, entre outros itens. O Município agradece às pessoas e empresas que abraçaram essa causa nobre.

Atendendo a pedidos da população, a Prefeitura disponibilizou uma conta bancária em nome do Município de Ilhéus para recebimento de doações.

Os dados bancários são os seguintes:

Banco do Brasil
Agência: 19-1
Conta: 81998-0
CNPJ: 13.672.597/0001-62

Assistência às famílias - chuvas

Locais para entrega das doações:

– IME Eusínio Lavigne

Endereço: Avenida Canavieiras, s/n – Centro

– CRAS Norte

Endereço: Avenida Raimundo Sá Barreto, 539 – Jardim Savóia

– CRAS Sul

Endereço: Avenida Dr Arnoldo Neves – Nossa Senhora da Vitória

– CRAS Vilela

Endereço: Avenida Governador Paulo Souto (perto da Associação de Moradores), 625 – Teotônio Vilela

– CRAS Oeste

Endereço: Rua Duque de Caxias, 154 – Banco da Vitória

– CRAS Olivença

Endereço: Rua Almerindo Sarmento, 8 – Olivença

Balanço das doações – Até o domingo, 12 de dezembro, foi arrecadado o quantitativo abaixo:

– 15 toneladas de roupas;

– 5 toneladas de alimentos;

– 70 colchões;

– 30 colchonetes;

– 500 peças de enxoval, compreendendo lençóis, toalhas de banho, toalhas de rosto, fronhas e travesseiros;

– 150 litros de álcool 70% (líquido e gel);

– 350 sabonetes;

– 100 unidades de escova dental;

– 30 fardos de papel higiênico;

– 250 unidades de creme dental;

– 200 unidades de absorvente;

– 500 quentinhas



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia