Aconteceu na tarde desta quarta-feira (13), no escritório estadual da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) em Salvador, uma reunião entre representantes da Prefeitura de Ilhéus, Câmara de Vereadores, Codeba, Sindtáxi, Cabaneiros, Locadoras de veículos e motoristas de vans, para discutir as novas regras das operações de embarque e desembarque dos passageiros no Porto de Ilhéus.

Os vereadores Fabrício Nascimento, Ivo Evangelista, Nerival Reis e o presidente do Legislativo, César Porto acompanharam a reunião para apoiar as categorias. Na sessão do dia 06/11, Fabrício Nascimento solicitou providências para a situação dos taxistas e motoristas de vans, que foram tolhidas de participar do serviço de traslado de passageiros e tripulantes, que tem sido feito por eles há mais de 20 anos.

A Codeba expediu um documento, no dia 10 de outubro de 2019, sob o título “Cruzeiro Marítimo – Embarque/Desembarque/Receptivo no Porto de Ilhéus”, cujo item “Estacionamento e Controle de Veículo”, estabelece que “não será permitido o estacionamento de veículos que não estejam vinculados às operações portuárias em curso”.

Durante a reunião, que contou com a presença do prefeito Mário Alexandre, a categoria solicitou que a regulamentação emitida pela Codeba possa ser revista para que eles possam entrar no Porto. A companhia solicitou um documento oficial aos sindicatos para analisar o pedido e afirmou que fará uma reunião com a diretoria na próxima semana para emitir respostas.

Temporada de transatlânticos em Ilhéus

O receptivo turístico para a temporada 2019-2020 de navios no município começa no próximo sábado (16). O município receberá 20 escalas de transatlânticos, sendo aguardados aproximadamente 70 mil visitantes e 14 mil tripulantes, entre novembro de 2019 e abril de 2020, segundo informações da Codeba. Neste sábado, os taxistas e motoristas de vans ainda não terão acesso ao porto.