A Prefeitura avança com o remanescente da obra paralizada desde o governo passado.
A Prefeitura avança com o remanescente da obra paralizada desde o governo passado.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, acompanhado de secretários municipais, engenheiros e moradores visitou o Banco da Vitória, na manhã desta terça-feira (13). O motivo foram as obras de requalificação do ginásio de esportes e a implantação da Vila Gastronômica. Mário percorreu todo o canteiro de obras e trechos do bairro, e previu conclusão para dezembro deste ano, enquanto que o espaço gastronômico deve iniciar as obras na próxima semana.

Equipes da Prefeitura de Ilhéus já adiantou os serviços de conclusão do remanescente da obra iniciada na gestão passada. O equipamento esportivo possui infraestrutura completa de banheiros masculino, feminino, de acessibilidade com chuveiros elétricos, além de um amplo vestuário. A nova quadra poliesportiva atende a um antigo anseio da população, que há muitos anos aguarda pelo espaço.

As mudanças e melhorias no bairro Banco da Vitória recebe investimentos do Governo do Estado. O equipamento gastronômico conta ainda com recursos oriundos de uma emenda parlamentar da deputada federal, Lídice da Mata (PSB). Toda a mão-de-obra será local, graças a uma exigência do prefeito Mário Alexandre “Importante dar oportunidade às pessoas da própria comunidade, gerando renda e emprego entre os próprios moradores”, ressaltou o prefeito.

Vila – As obras da Vila Gastronômica preveem serviços de urbanização da área adjacente à rodovia, com calçamento, estacionamentos, arborização, paisagismo, iluminação especial com pórticos, sinalização e comunicação visual. O objetivo é garantir toda a infraestrutura para que os visitantes e moradores possam usufruir dos restaurantes com segurança e conforto. A obra está prevista para ser entregue dentro de oito meses.

Ainda no bairro, o prefeito municipal visitou a Creche-escola Dom Bosco e parabenizou professores, direção e funcionários da casa pelo brilhante trabalho desenvolvido com as crianças que cursam o ensino integral.