Festa do Divino. Tradição levou uma multidão á Olivença.
Festa do Divino. Tradição levou uma multidão á Olivença.
Festa do Divino. Tradição levou uma multidão á Olivença.
Festa do Divino. Tradição levou uma multidão á Olivença.

A Festa do Divino Espírito Santo, uma das mais tradicionais de Ilhéus, teve seu encerramento no domingo (8), em Olivença. O tradicional evento comunitário acontece 50 dias após a Páscoa, durante as comemorações de Pentecostes. A programação, que começou cedo, contou com alvorada e cortejo seguido de missa festiva celebrada pelo padre da diocese, Nuncio Figueiredo.

No início da manhã, um delicioso café foi distribuído aos fiéis. A saída do cortejo dos grupos folclóricos percorreu as principais ruas do distrito com os símbolos do Divino Espírito Santo, representados pela bandeira, a pomba, o fogo e a água. O momento maior ocorreu na praça central, em frente à Paróquia Nossa Senhora da Escada, organizadora da festa.

Presente, o prefeito Mário Alexandre ressaltou a importância da festa para Ilhéus. Para ele, o comprometimento da sua gestão tem fortalecido o apoio à cidade, e fundamental para a realização do tradicional festejo. “Um momento singular da nossa cultura e da nossa fé, e a oportunidade de receber uma mensagem especial da parte de Deus.

O tema escolhido neste ano se encontra no Novo Testamento da Bíblia, capítulo primeiro de Atos dos Apóstolos, que diz: “Mas descerá sobre vós o Espírito Santo”, que ressalta o poder da terceira pessoa da Trindade Santa, na vida do fiel que crê. No último dia de homenagens foi servido um almoço especial para os devotos da zona rural.