O principal suspeito de matar o cabeleireiro José Raimundo Santana, mais conhecido como “Zé do Salão”, foi preso na tarde desta terça-feira (07) pela polícia Militar de Camacan. Luismar Menezes, de 24 anos, estava escondido em São João do Panelinha.

Com o acusado, os policiais apreenderam vários produtos e equipamentos de trabalho pertencentes à vítima. O homem confessou, inclusive, o bárbaro assassinato.

O corpo do cabeleireiro foi encontrado no último domingo (05), dentro da casa onde morava, no bairro Antônio Elias Ribeiro. No mesmo imóvel, o profissional mantinha seu salão de beleza. Tudo foi revirado pelo assassino, que deixou rastros de sangue espalhados pela residência.

A vítima, achada despida e com vários sinais de violência, foi espancada até a morte. Peritos acreditam que Zé Raimundo tenha lutado com o criminoso, antes de ser brutalmente assassinado.

A perícia também supõe que o cabeleireiro tenha sido morto entre a noite de sábado (04) e a madrugada de domingo. Durante o dia de sábado, testemunhas viram a vítima em companhia de dois rapazes. Ainda não se sabe, no entanto, se um desses jovens se trata do acusado, preso hoje.

A população chegou a aplaudir a ação da polícia, no momento em que o acusado era colocado dentro da viatura. Luismar foi levado, inicialmente, para a delegacia da Policia Civil de Camacan. De lá, ele será encaminhado para o Conjunto Penal de Itabuna.