saude itabuna

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, inspecionou hoje (10) as obras da Policlínica Regional de Saúde de Itabuna, acompanhado do prefeito do município, Fernando Gomes.
“A parte fundamental da obra que era elevar o nível do terreno e terraplanagem já foram concluídas. Agora está começando as fundações e no ritmo que as outras policlínicas estão sendo conduzidas em todo o estado, nós acreditamos que em dez meses a obra seja entregue a população”, explicou Fábio Vilas-Boas.

O Estado está investindo mais de R$ 27 milhões entre obras, equipamentos e a aquisição de 16 micro ônibus para atender 31 municípios. “Temos o compromisso de ampliar e descentralizar o acesso aos serviços de saúde em toda a Bahia e as policlínicas regionais contribuem para reduzir o vazio assistencial de média complexidade, ampliar o diagnóstico das doenças crônicas e degenerativas, tornando-os mais precoces, além de melhorar a resolutividade da saúde pública”, afirma o secretário.

Entre as novidades, está a forma de gestão compartilhada entre o governo estadual, que financia 40% dos custos mensais, enquanto os municípios consorciados vão cobrir os 60% restantes proporcionalmente à população. Os municípios participantes do consórcio são Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, Uruçuca e Aurelino Leal.

A população terá acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Diversos exames também serão oferecidos, com destaque para os seguintes: ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia. Também serão realizados vasectomia, cauterização, pequenas cirurgias e cuidados com o pé diabético, além de biopsias de mama, tireoide, próstata, dérmica, gastroenteral, dentre outras.

Atualmente oito policlínicas estão em funcionamento nas cidades de Teixeira de Freitas, Irecê, Guanambi, Jequié, Feira de Santana, Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus e Valença, sendo referência para aproximadamente 4 milhões de baianos. Além de Itabuna, outras nove policlínicas estão em construção nos municípios de Simões, Salvador, Juazeiro, Vitória da Conquista, Jacobina, Paulo Afonso, Barreiras, Senhor do Bonfim e São Francisco do Conde.