Em uma ação cinematográfica, cerca de 40 bandidos armados com metralhadoras e fuzis aterrorizam Eunápolis no fim da noite desta segunda-feira (05).
Usando explosivos, como granadas e dinamites, eles destruíram a sede da empresa de valores Prossegur, no centro da cidade.
O grupo fechou as principais entradas e saídas da cidade. Em um trecho da BR-101, a quadrilha atravessou uma carreta. Os tiros e explosões puderam ser ouvidos de diversas partes da cidade.
Os quarteis da Polícia Militar, no centro, das companhias especiais Rondesp e Caema, no Centauro, também foram bloqueados. Eles tocaram fogo em carros em frente a essas unidades. Os assaltantes fecharam ainda as ruas de acesso à delegacia da Polícia Civil, no bairro Santa Lúcia.

Um grupo de trabalhadores de uma empresa que esperava o transporte foi feito refém. “Duarante mais de meia hora nos usaram como parede humana”, afirmou uma das vítimas.
Os policiais – em menor número e com armas de menor alcance, tiveram que se abrigar.
Na sede da empresa de segurança, cinco funcionários ficaram feridos e um morreu, atingidos por escombros, estilhaços ou tiros. Os disparos e explosões duraram quase 40 minutos.
Nas redes sociais, a população demonstrou muito medo. Muitas pessoas se deitavam no chão, buscando se proteger de alguma bala perdida. Nenhum policial ficou ferido.
As informações são do Radar64