No final da tarde desta quinta-feira (30) a Justiça decretou a prisão preventiva de três presos na operação Citrus. Continuarão presos o vereador Jamil Ocké, o empresário Enoch Andrade e o ex – secretário Kácio Brandão.

Mais cedo divulgamos que existia uma grande probabilidade de a prisão preventiva ser decretada para os três.  Segundo informações, Thayane Santos Lopes, esposa de empresário Enoch, foi liberada no final da tarde do presídio de Itabuna.

Há a informação de que Wellington Andrade, preso na operação, também teve o alvará de soltura expedido, mas até agora não foi confirmada oficialmente.

Informações Blog Agravo